O que é Downsizing?

Downsizing é um termo inglês utilizado para denominar o momento onde uma empresa está reestruturando o seu quadro de colaboradores, sendo que o objetivo é a redução.

Um dos motivos que as empresas têm para colocar em prática uma movimentação de downsizing é a redução dos custos.

Como a folha de salário costuma ser um dos maiores valores dentro do orçamento de uma empresa, quando a firma precisa cortar custos, tem na folha um dos focos de atuação.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Downsizing na Prática

Reduzir custos é um dos principais motivos para colocar em prática o Downsizing, mas existem outros também.

Uma firma que possui mão de obra ociosa terá que aderir ao Downsizing a fim de melhorar o resultado.

A companhia até pode estar registrando bons lucros, mas com uma reestruturação no quadro de funcionários a firma pode gerar mais lucros e até investir mais em outras áreas do negócio.

Firmas que estão fechando setores também passam por Downsizing.

Se o setor for fechado ou transferido, aqueles que ali trabalham provavelmente serão demitidos.

Assim, colocar o Downsizing em prática em uma situação assim é necessário.

Benefícios do Downsizing

Um dos maiores benefícios está relacionado a redução de custos com aqueles que serão desligados da empresa.

O fato de não contar mais com as despesas do salário e dos encargos pode ajudar muito no orçamento da empresa.

Outro benefício está na adequação do negócio. A redução de custos pode ajudar no enxugamento de valores e consequentemente melhores os valores praticados de venda ou prestação de serviço.

Por fim, o Downsizing pode aproximar mais os setores e estreitar a tomada de decisão.

Se antes havia mais setores e mais burocracia, com uma boa reestruturação o Downsizing pode gerar resultados excelentes no médio a longo prazo.

Ao aproximar mais aqueles que tomam as decisões na empresa, junto da produção, por exemplo, os administradores vão conhecer melhor quais são as verdadeiras necessidades da empresa.

Sem falar que os próprios colaboradores da produção poderão solicitar diretamente dos administradores eventuais melhorias que podem aperfeiçoar a produção e consequentemente gerar mais ganhos à companhia.

Riscos do Downsizing

Realizar o enxugamento de pessoas pode gerar bons resultados sob a ótica financeira, mas se o downsizing não for feito com precisão e planejamento, pessoas importantes podem ser perdidas no processo.

O downsizing precisa ser feito com bastante análise e cautela por aqueles que conhecem a empresa e sobretudo os colaboradores.

Perder um colaborador relevante pode exigir um custo muito maior do que os benefícios conquistados com os ganhos financeiros. Outra desvantagem está associada aos custos relacionados às demissões.

No momento em que planejamos o Downsizing, nós planejamos a redução de custos no futuro, mas no momento das demissões haverá um incremento nas despesas em decorrência dos encargos trabalhistas.

Tudo isso quando não colocado no planejamento, pode provocar surpresa aos gestores da empresa.

Um risco referente ao Downsizing que muitos empresários desconsideram é a moral dos colaboradores.

Uma empresa que está demitindo e enxugando a quantidade de colaboradores pode provocar medo e receio a aqueles que permaneceram na firma.

Inclusive o medo por novas demissões e até corte ou atraso de salários pode levar a saída de colaboradores importantes da empresa.