A terça-feira (28) ficou marcada pelo retorno do dólar ao patamar de 5 reais, em mais uma sessão de fortes ganhos da moeda norte-americana que exigiram nova intervenção do Banco Central, o que ajudou a aplacar a alta e levar a moeda a 4,9899 reais no fechamento.

Ainda assim, o dólar à vista saltou 2,32% e terminou no maior valor desde 18 de março (5,017 reais), última vez que encerrou acima de 5 reais.

Na cotação máxima, foi a 5,0003 reais, valorização intradiária de 2,53%.

Na mínima, ficou praticamente estável, com variação positiva de 0,05%, a 4,8794 reais.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

O Banco Central vendeu todos os 500 milhões de dólares ofertados em leilão extraordinário de 10 mil contratos de swap cambial tradicional realizado nesta terça-feira, em operação anunciada depois de o dólar superar 5 reais pela primeira vez em mais de um mês.

Fonte: Reuters.