O que é DOGE?

DOGE é a sigla para Dogecoin. DOGE é uma criptomoeda criada em 2013 e que possui base similar a criptomoeda Litecoin.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O Litecoin por sua vez é considerado como a “prata” das criptomoedas, uma vez que possui estrutura similar ao Bitcoin.

O DOGE não possui liquidez similar ao Litecoin e Bitcoin, sendo que no início, o DOGE era considerado como uma piada.

A criptomoeda DOGE é associada a imagem do  cão da raça Shiba, sendo a própria imagem retirada de um memeda internet.

Observando todo o contexto, o DOGE tinha um caráter mais cômico do que sério, porém, já no início as coisas tomaram certa proporção e hoje o mercado da criptomoeda supera os R$ 43 milhões.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Início do DOGE

O DOGE teve sua criação na Austrália, sendo que o responsável pela criptomoeda foi Jackson Palmer.

Jackson Palmer na época, o profissional trabalhava em um dos escritórios da empresa Adobe em Sidney.

Ainda no meio da criação do Dogecoin, Billy Markus se juntou a Jackson Palmer para desenvolver o software por trás da criptomoeda e assim concluir a produção e lançar o DOGE em seis de dezembro de 2013.

Logo no início o DOGE registrou certo sucesso e obteve forte valorização.

Como conseguir DOGE?

Você pode comprar DOGE por meio de corretoras de criptomoedas ou através da mineração. A mineração do DOGE.

Na mineração do DOGE é utilizada a tecnologia Scrypt, desse modo há certas diferenças entre a mineração do Bitcoin e do DOGE, não sendo similares ou iguais.

Atualmente, aqueles que pensam em minerar DOGE podem alternar pela mineração do Litecoin também, uma vez que ambas as minerações são similares e compartilham de tecnologias parecidas.

Diferente do que acontece com o Bitcoin e o Litecoin, o DOGE pode ser produzido de forma ilimitada.

Ou seja, não há limite para a produção de DOGE e toda vez que pessoas fazem a mineração, essas pessoas vão ampliar ainda mais a quantidade de DOGE no mercado.

Desvantagens de investir em DOGE

Por se tratar de uma criptomoeda que possui pouca liquidez e baixa procura, o DOGE aparenta ser um investimento arriscado.

Além disso, as características da criptomoeda, como a própria imagem dela não colaboram para aceitação da mesma no mercado (ao menos até o presente momento).

O DOGE pode ser fabricado de forma ilimitada, fato que reduz as chances de uma limitação “natural” e o aumento do valor sobre a criptomoeda. Outro ponto é o contexto cômico do DOGE. 

Como a criptomoeda foi criada sobre um contexto de “brincadeira” onde não havia uma expectativa que a criptomoeda poderia se tornar algo, até o presente momento às negociações do DOGE não ganharam tração similar a outras criptomoedas.

Vantagens de investir em DOGE

Pouca liquidez e baixa procura são pontos preocupantes, mas ao mesmo tempo, interessantes.

O DOGE pode ser adquirido por centavos de real e caso a criptomoeda se torne mais volátil, com valorização elevada e preço similar ao do Bitcoin, com pouco menos de um real daria para comprar ao menos três DOGE.

Hoje, três Bitcoins valem, praticamente, um milhão de reais. Se as métricas se replicarem, o investimento em DOGE pode gerar retornos similares.

Mesmo o caráter cômico do DOGE, com a imagem do cão Shiba pode ser um fato preponderante para a aderência dos investimentos à criptomoeda.

Todas as desvantagens da criptomoeda podem sim se tornar eventuais vantagens, caso o público e os investidores se interessem e comprem a mesma.