O que é Dividendo e Como Investir Para Recebê-los

Dividendo

O que é Dividendo. Significado, como investir para receber dividendo e como é feito o seu pagamento.

O que é Dividendo?

Um dividendo é parte do lucro líquido distribuído por uma empresa aos seus acionistas. Os ganhos são divididos periodicamente entre seus sócios cotistas e podem ser pagos de diferentes formas.

O valor não é distribuído igualmente para cada acionista e, sim, para cada ação. Portanto, o dividendo que cada sócio recebe depende apenas do total de cotas adquiridas pelo mesmo.

Com um sistema de distribuição justo, esse é um dos investimentos mais atrativos. Além disso, qualquer pessoa pode ganhar dividendos, basta comprar cotas de empresas com capital aberto disponíveis na B3.

Os dividendos são uma espécie de recompensa paga por um negócio aos seus cotistas investidores. Isso cria um ciclo onde tanto a empresa quanto seus acionistas se beneficiam mutuamente.

É importante destacar ainda que toda empresa listada na B3 (Bolsa de Valores) deve distribuir parte dos seus lucros líquidos entre acionistas, conforme determina a Lei n°6.404.

Ainda nesta lei, em seu artigo 202, fica determinado que não existe uma porcentagem mínima para distribuição de dividendo. Fica então, a cargo do estatuto social da empresa indicá-lo.

Mas, se a empresa não deixar esse percentual claro, a lei obriga que 50% do lucro líquido após os ajustes sejam distribuídos entre acionistas. O que estimula a transparência no mercado financeiro.

No Brasil, é costume que as organizações distribuam cerca de 25% de seus ganhos líquidos já ajustados. O padrão adotado torna além do sistema em si, seus retornos mais atrativos.

Banner will be placed here

É Possível Viver de Dividendo?

Depende. Pois, o quanto você lucra depende prioritariamente de quanto investiu e em quais tipos de ações você escolheu.

A princípio investindo pequenos valores não é possível viver de dividendo. Mas, com o tempo, quanto mais você investe e reinveste com seus próprios dividendos, é possível gerar retornos consideráveis.

Inclusive, esse tipo de aplicação é estimulada por grandes investidores do mercado financeiro, tal como Warren Buffett. Para que suas estratégias deem certo, é preciso focar na diversificação.

Na hora de montar sua carteira de dividendos é importante escolher diferentes empresas para investir. Assim como, diferentes setores da economia para mitigar riscos e aumentar seus ganhos.

Devido ao reinvestimento ser algo muito comum, existem empresas que possuem Planos de Reinvestimento de Dividendos (PRD). No qual, são oferecidos descontos nos valores de compra, taxa de corretagem, etc.

Ao participar desses programas, a empresa faz o investimento em novas ações de forma automática para seus investidores. Dependendo da organização, o cliente tem acesso a ações de ambos os tipos:

Como Investir para Receber Dividendos?

É possível investir em dividendos através de instituições financeiras como, por exemplo, as corretoras de valores. O investidor deve considerar diversos aspectos ao escolher suas ações, como:

Mas, para receber dividendo é preciso conhecer certas datas relacionadas a sua distribuição. Pois, não é toda ação que oferece esse tipo de rendimento, portanto é preciso analisar bem.

Existem empresas que pagam dividendo mensalmente, enquanto em outras você pode demorar muito para recebê-los. Por isso, fique atento às datas mencionadas a seguir.

Data de Declaração

Essa data é marcada pelo anúncio do Conselho de Administração da empresa sobre seus dividendos. Nela são passadas as seguintes informações: 

  • Valor da distribuição;
  • Data de pagamento;
  • Data de registro. 

Após essa declaração, a organização passa a ser legalmente obrigada a distribuir seu lucro líquido entre todos os cotistas elegíveis.

Data Ex-dividendo (Data-Ex)

É a data em que são anunciados quais acionistas receberão parte dos lucros, sendo normalmente 2 dias antes da data de registro. Para recebê-los, o investidor deve comprar ações antes dela. 

Pois, quem compra ações após esse período perde o direito de receber dividendo. O valor costuma então ser recebido pelo investidor que fez a venda da ação ao outro. 

Data de Registro

Se na data anterior os acionistas que vão receber dividendo são anunciados, essa é aquela onde seu registro em lista é feito. Também é determinado quais deles receberão informações financeiras sobre a distribuição.

Como Funciona o Pagamento de Dividendo?

Além de os lucros recebidos com dividendo variarem de acordo com a quantidade de cotas de cada acionista, esses podem receber seus ganhos de diferentes formas, tais como:

  • Ações adicionais: de acordo com a quantidade de cotas que o acionista já possui, ele irá receber mais papéis da empresa diretamente;
  • Dinheiro: o acionista pode receber o lucro total para cada ação ou uma porcentagem desse valor que pode ser usado inclusive, para adquirir ações da mesma empresa ou de outras;
  • Direitos de subscrição: é quando uma organização vai emitir mais ações e oferece a oportunidade de seus acionistas adquirirem novos papéis antes delas entrarem no mercado, podendo até pagar menos;
  • Dividendo especial extraordinário: esse tipo de pagamento incomum ocorre quando a organização tem grande aumento em seu caixa após sofrer mudanças na regulamentação ou com a venda de parte dela.

Alguns investidores escolhem receber seus lucros através de JCP (Juros sobre Capital Próprio). Esse é um tipo de provento semelhante ao dividendo, usado por empresas com isenção fiscal.

Desse modo, elas conseguem oferecer maiores lucros aos seus investidores. Para eles é preciso considerar suas vantagens e desvantagens, pois isso significa ter 15% do Imposto de Renda retido na fonte.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o que é dividendo, consulte o artigo completo sobre Dividendos.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE
[Nova]
[Nova]