O diretor de Transição Energética e Sustentabilidade da Petrobras (PETR4), Maurício Tolmasquim, afirmou em evento promovido pela agência de inovação Finep que a transição energética tem potencial para ajudar na reindustrialização do País.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Ele disse que a Petrobras pode liderar esse movimento com seus projetos de eólicas offshore, captura de carbono, hidrogênio verde, entre outras inovações. Segundo o diretor, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) terá também um papel fundamental nesse cenário.

Responsável por impulsionar a energia eólica em terra no Brasil na década passada, quando era presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Tolmasquim lembrou que hoje 80% dos aerogeradores usados no País são produzidos no Brasil.

“E isso tem a ver com a política do BNDES, nós fomos parceiros, dando financiamento só para os parques que comprassem geradores credenciados pelo BNDES. Quem quiser importar 100% pode, mas não tem BNDES. Só essa medida simples fez com que todas as industriais viessem pra cá”, ressaltou.

De acordo com Tolmasquim, a energia solar não seguiu o mesmo caminho por causa dos preços favoráveis da China.

Mas ele convocou a diretora do BNDES presente no evento, Carla Primavera, “a não abandonar essa luta.”

Na Petrobras, Tolmasquim vem buscando oportunidades em energias eólica e solar em terra já em operação ou para serem implantadas, enquanto aguarda o leilão das eólicas offshore previsto para o segundo semestre deste ano.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja a Melhor Empresa para Receber Dividendos.

O executivo também apontou para as oportunidades da estatal em ajudar a descarbonizar a produção de outras empresas por meio de hidrogênio verde ou mesmo na captura de carbono.

Ele confirmou que um dos próximos passos da estatal é a instalação de um hub de captura de carbono em Barra do Furado, no Rio de Janeiro, um projeto piloto que visa capturar 100 mil toneladas por ano, ou 30% das emissões do Estado.

Resultado da Petrobras no Terceiro Trimestre de 2023 

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do terceiro trimestre de 2023, foram divulgados no dia 09 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 26,8 bilhões no 3T23, baixa de -42,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 66,2 bilhões no 3T23, apresentando retração de -27,6% na comparação com o 3T22.

A margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 53,0% no 3T23, apresentando retração de -0,7 ponto percentual na comparação com o 3T22.

A margem líquida da Petrobras atingiu 21,4% no 3T23, apresentando retração de -5,8 pontos percentuais na comparação com o 3T22.

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam queda de 0,65% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 98,68% nos últimos 12 meses.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.