Com a pandemia do novo coronavírus impactando as bolsas de valores do mundo todo, as pessoas que desejam rentabilizar seu patrimônio devem estar atentas às oportunidades.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Quem busca alcançar a independência financeira por meio de investimentos sentiu a instabilidade dos mercados globais alcançar sua carteira de ações

Para combater o desespero, o site CNBC revelou como investidores têm aproveitado a queda da bolsa de valores para investir em ações de preços abaixo do seu valor justo.

Então, você está pronto para conhecer as  dicas de como investir em ações durante períodos de baixa do mercado financeiro?

Leia até o final e descubra como começar a investir em ações e aproveitar a queda da bolsa de valores.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Queda das bolsas de valores

Enquanto os mercados globais registram algumas das quedas da bolsa de valores mais acentuadas da história, alguns investidores têm aproveitado os preços baixíssimos para comprar as melhores ações.

Os principais mercados de ações apresentam instabilidade desde março, à medida que os participantes do mercado compram e vendem no fluxo de notícias, que indicam constante mudança.

As quedas das bolsas de valores estimularam alguns investidores a comprar as ações mais baratas.

No mercado financeiro americano, que tem um volume negociado muito maior que o brasileiro, esse fato ficou muito evidente.

Os dados da plataforma britânica AJ Bell mostraram que o volume de compra de títulos em março é três vezes maior do que as vendas.

Entre as ações mais compradas na plataforma estão as gigantes do petróleo Shell e BP entre as ações. Ambas as ações caíram drasticamente com a queda do preço do petróleo.

A plataforma rival Interactive Investor disse que mais de 40% de seus usuários estão aumentando a exposição a riscos no mercado de ações.

Os dados foram extraídos a partir de uma pesquisa com 2.295 usuários, que foi realizada de 11 a 16 de março.

No entanto, os especialistas recomendam ter em mente estas dicas ao embarcar em sua própria caça por ações baratas.

Um fator importante para quem pretende começar a expor mais seus investimentos, é conhecer o seu Perfil de Investidor.

Realizando o teste de perfil online você saberá onde investir sem correr riscos desnecessários.

Invista no que você conhece

Rebecca O’Keeffe, chefe de investimentos da Interactive Investor, aponta que os mesmos fundamentos de investimento ainda se aplicam “mesmo em mercados inconstantes”.

Ela aconselha investir apenas no que você conhece, além de tentar manter um portfólio diversificado.

O’Keeffe disse que, embora uma ação possa parecer atraente depois de cair 20%, os investidores devem acompanhar as notícias relevantes sobre a companhia em que pretende investir.

Assim, ela alerta que é possível obter uma “imagem mais ampla” da empresa, podendo se certificar de que está confortável ​​com o investimento.

“Pode ser fácil investir simplesmente porque os preços estão muito mais baratos do que na semana passada, mas você ainda precisa estar confiante em possuir qualquer coisa que comprar”.

Laura Suter, analista de finanças pessoais da AJ Bell, sugere monitorar comunicados da empresa e do mercado de ações, incluindo atualizações ou resultados trimestrais.

Estes anúncios importantes geralmente são encontrados na seção de relações com investidores do site de uma empresa.

Ela também recomenda ficar acompanhar entrevistas com pessoas importantes na condução no negócio, você pode acompanhar as análises gratuitas das empresas pelo TheCap.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Diferencie as oportunidades

“É importante diferenciar as empresas que tiveram o preço de suas ações em queda por resultado do pânico do mercado, e aquelas que caíram por enfrentaram problemas reais com a pandemia”, alerta Suter.

John Stoltzfus, estrategista-chefe de investimentos da Oppenheimer Asset Management, disse que os investidores deveriam procurar oportunidades financeiras não tão evidentes.

Ele destacou o velho ditado de investimento “compre na baixa e venda na alta”, explicando que “tempos como este muitas vezes mostraram, em retrospectiva, grandes oportunidades para os investidores”.

Para identificar ações subvalorizadas, Suter disse que os investidores devem considerar o quanto a crise do coronavírus afetará a empresa agora e no futuro, bem como sua estabilidade financeira.

Suter também pede que analisem se o modelo de negócios da empresa a deixa em posição para enfrentar a crise, ou se suas “perspectivas estão substancialmente comprometidas por uma recessão”.

As “bandeiras vermelhas” incluem empresas com muitas dívidas ou aquelas que são consideradas “negócio que é altamente afetado pela condição da economia”.

“Há muitos rumores sobre o mercado financeiro, e a pior coisa a se fazer agora é apostar em uma ação que um amigo disse que era uma coisa certa sem fazer sua própria pesquisa”.

Evite comprar e vender muito

Suter alerta os investidores também para evitarem o “overtrading” - a compra ou venda excessiva de ações - dado que a incerteza continua.

Ela alerta que pode ficar caro movimentar uma grande parte da carteira de investimentos, porque cada vez que você faz uma negociação, normalmente são cobradas taxas.

Laura Suter acrescentou que os investidores devem, portanto, certificar-se de que as mudanças em sua carteira de investimentos sejam de longo prazo e não por alguns dias.

“Cortar e mudar pode significar que você acumula rapidamente muitos custos comerciais, o que prejudica qualquer retorno, disse Suter.

Para ajudar você a investir aproveitando essas oportunidades, baixe aqui uma cópia gratuita do livro digital "3 Ações para Ter pelos Próximos 10 anos" e comece a rentabilizar seu patrimônio você também.