O que são Despesas Operacionais?

As Despesas Operacionais são aquelas que fazem parte da operação da empresa. Exemplo: as despesas vinculadas ao consumo são tratadas como Despesas Operacionais.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Quando lançados na contabilidade, tais despesas permanecem próximas das demais Despesas Operacionais e distantes do grupo financeiro.

É como que as Despesas Financeiras sejam consideradas  Despesas Não Operacionais, devido pouca relação ou nenhuma com a operação da empresa.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Despesas Operacionais na Prática

Despesas administrativas ou comerciais podem ser consideradas Despesas Operacionais. Querendo ou não, as despesas administrativas comerciais têm influência sobre o resultado operacional da companhia.

Sem os departamentos administrativos e comerciais, a empresa terá dificuldades de conseguir efetuar suas vendas e compras e dificilmente conseguirá condenar suas atividades com precisão.

Manter um administrativo e uma área comercial é fundamental para a firma e suas atividades. A produção, caso exista, é muito importante também.

Agora, as despesas financeiras, já são consideradas Despesas Não Operacionais, devido ao vínculo financeiro e recorrência que pode ser baixa.

Despesas relacionadas a multas de trânsito, perdas financeiras e juros sobre pagamentos, são consideradas Despesas Financeiras e vinculadas fora da operação, por isso, essas despesas geralmente são consideradas não operacionais.

Despesas Operacionais e seus Impactos

Uma firma que possui Despesas Operacionais elevadas possui muitos gastos e isso pode influenciar em uma margem pequena, ou até no prejuízo da companhia.

Por exemplo: uma empresa que já possui uma margem estreita em seu faturamento, quando chega na hora das despesas operacionais pode sofrer bastante para conseguir registrar lucro.

Dentro das Despesas Operacionais nós temos diversos gastos que podem acabar entrando, dentre eles nós temos o aluguel, despesas com luz, telefone e água, salários, despesas com terceiros, e assim por diante.

Registrando algum valor maior, ou mais elevado em comparação com outros meses, essas Despesas Operacionais podem acabar levando a empresa a registrar prejuízo.

Vamos supor que dentro do DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício) da empresa, o Lucro Bruto esteja em R$ 10.000,00.

Agora vamos supor que a firma registrou alta em algumas despesas, com o aluguel, que subiu R$ 2.000,00, honorários contábeis houve alta de R$ 1.500,00, luz mais R$ 2.000,00 e serviços com terceiros registrou alta de R$ 5.000,00.

Ao levantar os aumentos em Despesas Operacionais, a empresa que antes tinha um Lucro Bruto de R$ 10.000,00, agora passa a registrar Prejuízo Bruto de R$ 500,00.

Essa reversão aconteceu simplesmente porque houve aumento em uma série de despesas que já faziam parte da operação da firma anteriormente.

É claro que a necessidade por mais serviços, ou uma atenção maior podem desencadear o aumento e isso pode acabar influenciando também o faturamento.

De qualquer forma, por contar com a necessidade de Despesas que vão além dos custos, as Despesas Operacionais têm seu impacto dentro do resultado da companhia.

Análise das Despesas Operacionais

As Despesas Operacionais têm uma probabilidade de recorrência elevada em comparação com as Despesas Não Operacionais e por isso devem ser bem analisadas.

O reconhecimento do aumento em algumas dessas despesas pode gerar perdas nos lucros ou prejuízo.

Por isso, acompanhar as Despesas Operacionais é algo importante. Vamos supor que a contabilidade que antes cobrava mensalmente um valor de R$ 2.000,00, agora está cobrando R$ 3.000,00.

Esse aumento já coloca em dúvida a continuidade dos serviços. A opção na mesa, como a troca da contabilidade e até a contratação direta de um contador que possa executar as rotinas contábeis.

Rotinas que incluem desde os lançamentos, confecções de relatórios e envios de declarações junto à Receita Federal.

Mesma coisa pode ser avaliada com demais despesas que compõem as Despesas Operacionais.

Por isso, a análise é algo importante e pode influenciar no resultado final da empresa.