O que é Desdobramento?

O Desdobramento é um fato que ocorre com ações ou diferentes tipos de ativos, onde a unidade é dividida e assim, o valor da unidade também é dividido.

Exemplo: uma ação da empresa XXX tem o valor de R$ 100,00, aí a companhia passa pelo desdobramento.

O desdobramento é de 1 para 5, isso significa que cada ação se tornará 5 ações e o valor que antes era de R$ 100,00 por ação, agora será de R$ 20,00 por ação.

Como mencionado, não é só em ações que o desdobramento ocorre, fundos imobiliários, fundo de índices e demais ativos negociados em bolsa podem passar por tal processo.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Desdobramento na Prática

A empresa que tem a intenção de realizar um desdobramento de ações precisa primeiramente avaliar se existe a possibilidade.

Se a empresa possui ações sendo negociadas a valores baixos, como R$ 10,00 ou menores, dificilmente um desdobramento é permitido.

Até porque não é do interesse das empresas ter ações negociadas próximas do R$ 1,00 ou abaixo disso.

Para entrar no Ibovespa, por exemplo, um dos critérios é não ser uma Penny stock, ou seja uma ação que vale centavos.

Mas, ações que são negociadas acima dos R$ 50,00, já conseguem a permissão com mais facilidade.

Reconhecendo que o valor da ação está alto e que existe a possibilidade para o desdobramento, a empresa ou instituição administradora faz um comunicado ao mercado mencionando a intenção de realizar o desdobramento de ações ou do ativo em questão.

Os acionistas são convocados para votar e decidir se a empresa vai ou não fazer o desdobramento das ações.

Se ficar claro que as ações serão desdobradas, os dias para tal procedimento serão divulgados e como será a divisão.

Por exemplo: a ação será dividida por 2, 3, 4 ou qualquer outro número. Vale destacar que o desdobramento em si não influencia no valor da ação, ou seja, o valor da companhia permanece o mesmo, a única coisa que vai mudar é a quantidade de ações.

Benefícios do Desdobramento

Um dos maiores benefícios está relacionado à acessibilidade do ativo em questão. Vamos supor que a ação da empresa YYY chegou ao valor de R$ 1.000,00 cada.

Isso significa que mesmo recorrendo ao mercado fracionário, que costuma ser bem volátil, o investimento será de no mínimo R$ 1.000,00.

Quantia que já é elevada para muitos investidores. Mas com o desdobramento a empresa pode optar por dividir cada ação em 20, por exemplo.

Desse modo, os R$ 1.000,00 por ação podem se tornar R$ 50,00 por ação, algo muito mais acessível.

Outra vantagem está baseada na liquidez do ativo. Se por um lado o valor da ação é uma barreira de entrada no investimento, com o desdobramento, é bem provável que a ação se torne ainda mais líquida devido à facilidade de investimento.

Investidores com menor patrimônio terão a oportunidade de investir na determinada ação, agora que vale R$ 50,00 e não mais os R$ 1 mil cada.

Influências do Desdobramento

Com o desdobramento, questões como liquidez e facilidade na negociação da ação são pontos que provavelmente vão ocorrer.

Mas, além disso, há a possibilidade de valorização da ação. Empresas que fazem o desdobramento, aparentemente estão com ações a um valor elevado na bolsa.

Valor que muitas vezes não eram antigos e vinham crescendo devido a valorização do ativo em si.

Quanto mais se valoriza a ação no mercado, maior fica o valor. Com o desdobramento daqueles investidores que não possuem a ação, provavelmente vão enxergar uma oportunidade de entrada e vão buscar comprar as ações da empresa.

Isso vai gerar uma procura maior e o aumento do preço novamente.