O que é Deságio?

Deságio é o nome dado à diferença entre o valor de um ativo e o preço de sua aquisição.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Exemplo: uma ação da empresa XXX vale no mercado R$ 10,00, mas você comprou por R$ 9,00. Você comprou a ação XX X com um deságio de R$ 1,00.

Não é só no mercado financeiro que existe o Deságio.

Aliás, o Deságio é algo muito comum. Ao negociar um veículo, por exemplo, nem sempre conseguimos vender um carro usado no preço de tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), mas sim, com um desconto, esse desconto é o Deságio.

Vale destacar que o contrário tem o nome de ágio. Ou seja, se ação XXX que tem o valor de R$ 10,00 no mercado for adquirida por R$ 11,00, haverá um ágio de R$ 1,00.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Deságio na Prática

Vamos supor que você tem um CDB (Certificado de depósito Bancário). Esse CDB vai vencer só lá em 2030. Falta muito tempo para vencer e você precisa dos recursos.

O banco está disposto a comprar o seu CDB, porém, ele não quer pagar os R$ 1.100,00 que o título vale.

Na verdade ele quer pagar somente os R$ 1 mil que você investiu. Isso significa que se vender a R$ 1 mil, o banco vai adquirir o título com um deságio de R$ 100,00.

Outro bom exemplo de deságio é na venda imobiliária. Vamos supor que uma região de São Paulo tem o valor do metro quadrado de R$ 1.000,00.

Desse modo, um terreno com 1 mil metros quadrados tem o valor de R$ 1 milhão. O investidor tem a intenção de comprar, mas não quer pagar o valor cheio.

O investidor pede um desconto no valor do imóvel e faz a proposta para adquirir por R$ 800 mil.

O dono da propriedade aceita, e o investidor consegue um Deságio de R$ 200 mil na negociação.

Benefícios do Deságio

Comprar um ativo a um preço menor do que realmente vale é um ótimo benefício. Em momentos de crise, quando o dinheiro para todos está curto, os ativos geralmente ficam mais baratos.

Pelo fato de todos quererem vender seus ativos e investimentos menos líquidos, aqueles que possuem recursos, conseguem comprar ativos a preços baixos.

Isso mostra que o Deságio é algo muito bom, ainda mais quando você está na ponta que está adquirindo o bem por um preço menor.

Depois com uma retomada econômica, ou com uma valorização geral de ativos, aquele investimento adquirido com deságio pode lhe render um ótimo ágio.

Desvantagens do Deságio

O Deságio não é algo certo. Por se tratar de métricas que podem ser equivocadas, ao comprar um ativo com deságio, às vezes, você pode estar enganado.

Por exemplo: no mercado de fundos imobiliários é comum avaliar o preço patrimonial do fundo e comparar ao preço de mercado.

Ao identificar que o fundo possui um deságio entre o seu valor patrimonial e de mercado, o investidor pode decidir comprar.

Então se o valor patrimonial é de R$ 50,00 e o valor de mercado é de R$ 40,00, o deságio é de R$ 10,00.

Mas, ao analisar outros empreendimentos próximos, o investidor repara que o valor do metro quadrado é inferior.

Fazendo os cálculos dá para determinar que o valor patrimonial de verdade seja de uns R$ 30,00, ou até menos.

Ao identificar essa realidade, o investidor percebe que no papel até pode ter adquirido o fundo com Deságio, mas, na realidade, o investimento não foi dos mais interessantes.

Por isso o deságio pode ser um risco se considerado somente uma forma de avaliação