Day Trade Vale a Pena? As verdades dessa operação
|

Day Trade Vale a Pena? Veja as Verdades Por Trás dessa Operação

Operar Day Trade não é a melhor estratégia para construir patrimônio.

Por
Atualizado em 13/08/2020
Avalie esse texto

Operar day trade vale a pena? Embora surja como uma promessa milagrosa de ganhar dinheiro rápido e fácil na Bolsa de Valores, a realidade não é bem essa.

Possivelmente você já se deparou com o termo “trading” associado a uma fórmula mágica de ganhar muito dinheiro em pouco tempo.

Pena que isso não existe!

A operação de day trade está cada vez mais popular. Teoricamente, qualquer um pode ser um trader e “ficar rico”.

As falsas promessas de que day trade vale a pena e gera ganhos fáceis estão por todos os lugares.

Recentemente a influenciadora digital Gabriela Pugliesi reacendeu a discussão sobre a prática do day trade ao revelar que, segundo ela, teria “descoberto um novo talento”.

Em um vídeo publicado em sua conta oficial no Instagram ela afirma que está operando na Bolsa e “compra e vende todo dia”.

Mas essa modalidade de operação traz uma série de riscos, principalmente para os investidores iniciantes.

Possivelmente você quer acumular patrimônio e conquistar a independência financeira.

Para isso, o mercado de ações é uma excelente alternativa. Porém, o day trade pode não ser o melhor caminho.

Mais 90% de quem tenta viver de day trade têm prejuízo!

É o que revela a pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Uma das lições de Warren Buffett para o investidor é “Nunca perca dinheiro”!

Então, será que operar day trade vale a pena?

Este artigo é para te mostrar as verdades sobre essa modalidade de operação da Bolsa de Valores e evitar que você caia em uma série de promessas de ganhos rápidos.

Conheça os riscos do day trade e tire suas conclusões.

O que é day trade?

Day trade é uma operação de compra e venda na bolsa de valores realizada no mesmo dia, na qual o especulador busca o lucro na diferença de preço.

Utilizando ações, opções ou contratos, o day trader pode ganhar em dois cenários, seja vendendo o ativo mais caro do que pagou ou ao operar vendido recomprando o ativo mais barato.

Independente da estratégia, o trader busca ganhar dinheiro com volatilidade do mercado no curtíssimo prazo.

Na teoria, o day trading parece fácil, mas na prática, exige muito conhecimento, experiência e controle emocional.

Um trader profissional faz toda uma análise de mercado avaliando a variação das ações pretendidas, seu potencial de investimento e tendências do mercado.

Porém, mesmo com toda essa pesquisa, as operações são especulativas e acabam sofrendo ainda mais com as interferências do mercado.

Isso aumenta muito o risco do investimento.

Banner will be placed here

Por que o day trade atrai tantas pessoas?

A procura pelo termo “day trade” no Google cresceu desde início de março. O mesmo pode ser observado com palavras-chave semelhantes, por exemplo, “como fazer day trade”.

Muito disso pode estar relacionado com a volatilidade enfrentada pela Bolsa de Valores no início da pandemia de coronavírus e a redução de renda de parte da população nesse período de isolamento.

Day Trade no Google
Busca pela palavra “Day Trade” no Google

Mas, o que fez as pessoas se interessarem por esta modalidade?

O principal atrativo do day trade é a esperança de lucros altos em pouco tempo.

Muitas pessoas são atraídas pela promessa de riqueza rápida e fácil e entram com uma expectativa totalmente errada de que o ganho é quase “certo”.

Quando na verdade, são pouquíssimos os que realmente ganham dinheiro com trade.

Até perceberem que day trade é furada, já perderam muito dinheiro.

A democratização da Bolsa de Valores e a facilidade da operação através dos dispositivos móveis fez a prática do day trading crescer no Brasil e no mundo.

Essa facilidade de acesso juntamente com o alto risco da operação já causou tragédias.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Os perigos das operações de day trade

O Day Trade é uma operação extremamente especulativa e requer muita cautela.

A bolsa de valores oscila muito no curto prazo.

Se por um lado isso abre uma oportunidade de lucro, por outro pode ser uma armadilha.

Por esse motivo essa estratégia de curto prazo é muito comparada a um cassino.

Você pode, de fato, obter uma elevada rentabilidade em determinado dia, do mesmo modo que pode perder.

A volatilidade do mercado pode fazer com que a operação não saia conforme planejado.

Imagine que você compre uma ação da empresa X, às 10h, por R$ 10.

Analisando a oscilação percebe que ela valorizou no curto prazo e resolveu vendê-la às 12h, por R$ 40.

Com isso, obteve um lucro de R$ 30, no período de 2 horas.

Se você tivesse comprado 100 ações, seu lucro seria de R$ 3 mil em apenas 2 horas!

Maravilhosos, não é mesmo?

É isso exatamente isso que leva as pessoas para o day trade. Os exemplos de altos ganhos em pouco tempo.

Agora, imagine que, às 11h, algo impactou o mercado e aquela ação que você comprou por R$ 10 passou a valer R$ 2.

Você perdeu R$ 8. Parece pouco, mas, se tivesse comprado 100 ações seu prejuízo seria de R$ 800.

Na melhor das hipóteses você só vai perder dinheiro, tentar recuperar a quantia perdida e perder um pouco mais.

Porém, perdas profundas e inesperadas tendem a abalar emocionalmente o especulador. 

Afinal, ninguém gosta de perder dinheiro.

Há um mês o suicídio de um jovem investidor alertou para os riscos do day trade.

O americano de 20 anos, desesperado ao ver o saldo negativo em sua conta na plataforma de investimentos Robinhood, cometeu suicídio.

Esse é um caso extremo, mas não é uma exceção.

Segundo o Financial Times, o trading não impacta só o patrimônio.

A rotina frenética de negociações e o estresse emocional causado pelo trade estão associados à “piora da saúde mental, alcoolismo e até mais acidentes de carro”.

Se avaliarmos friamente, será que o day trade vale o risco?

Dá para viver de day trade?

Viver de day trade é um mito. Menos de 1% consegue lucrar com essa operação e quanto mais tentam, mas prejuízo têm.

Os dados são do estudo divulgado em 2019 pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os pesquisadores analisaram dados de 2012 até 2017 de 19.696 pessoas que começaram a operar com day trade. 

Mais de 90% perderam dinheiro com as operações de compra e venda no mesmo dia.

No total, as perdas acumularam R$ 68,4 milhões. Uma média de R$ 35,90 por dia por investidor, com picos de mais de R$ 1 mil.

O cálculo desconsidera o custo de corretagem e despesas com plataformas de negociação. Foram contabilizados apenas os emolumentos e taxa de registro variável cobrada pela B3.

Apenas 13 pessoas (0,8%) tiveram um lucro médio diário acima de R$ 300.

Conforme os pesquisadores, o rendimento não recompensa o risco.

A pesquisa também acabou com o mito de que o desempenho do trader melhora com o tempo, pois ele supostamente aprenderia a lucrar em operações de day trade.

Ao excluir da análise os primeiros 250 pregões dos investidores, os resultados não tiveram grandes alterações.

Cerca de 88% dos operadores continuaram tendo prejuízo.

Na verdade, o estudo mostra que o desempenho do day trader pode piorar com o tempo.

Uma possível explicação para isso é que à medida as perdas vão se acumulando o day trader vai tomando decisões cada vez mais equivocadas na busca de recuperar o prejuízo.

Você pode argumentar que a pesquisa olhou apenas para as operações feitas entre 2012 a 2017, período muito ruim para a bolsa brasileira.

E se fizesse o mesmo levantamento nos anos mais recentes onde a bolsa subiu?

Não mudaria nada. Até porque o trader pode ganhar tanto na alta quanto na baixa. A única coisa necessária é a volatilidade e esta não faltou.

Não são só as pesquisas brasileiras que apontam que não dá para viver de day trade.

Artigo da Forbes com o título “Day Trading: inteligente ou estúpido?”  aponta que a taxa de sucesso para day traders é estimada em apenas 10%.

Ou seja, 90% estão perdendo dinheiro.

Day Trade vale a pena? Funciona?

O day trade não funciona para iniciantes que buscam ganhar muito dinheiro de forma rápida.

Ele é mais indicado para profissionais do mercado e investidores institucionais com muitos recursos e tecnologia.

Para o investidor pessoa física ele é meramente especulativo, sendo quase impossível para pequeno investidor ganhar dinheiro.

Nem mesmo os sistemas automatizados como o stop loss e o stop gain eliminam os riscos.

O mercado de day trade envolve uma pequena parcela que ganha dinheiro.

Esta é composta por profissionais ultra capacitados que dispõem dos chamados High Frequency Traders (HTF), algoritmos programados para realizar operações em tempo recorde.

Sendo assim, é praticamente impossível para um humano competir com as ferramentas usadas por traders profissionais e grandes corporações.

Sem contar que o day trade é uma estratégia muito arriscada e incerta.

Por mais que você tenha experiência e conhecimento, não é possível ter certeza quanto ao futuro.

Mesmo que isso também se aplique aos investimentos de médio e longo prazo, estes podem ser analisados com muito mais profundidade.

Portanto, com as devidas precauções, são seguros.

Agora, suponha que você efetue uma operação de Day Trade e lucre muito, qual seria o seu próximo passo?

Arriscar novamente no curto prazo, ou destinar esse lucro para os investimentos de médio de longo prazo na mesma bolsa de valores a fim de construir um patrimônio sólido?

Quando focamos no longo prazo, as coisas mudam completamente de cenário. 

Investir em ações pensando na independência financeira, na aposentadoria, vale muito a pena.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Qual a melhor maneira de investir na Bolsa de Valores?

Para obter melhores rendimentos com um maior nível de segurança, a melhor estratégia é investir com foco no longo prazo.

Ao comprar ações pensando no longo prazo, está considerando o crescimento das empresas e do país. Não em um jogo onde um ganha e o outro perde.

O investimento no longo prazo em ações já mostrou ser o melhor para viver de renda.

Os ganhos compensam e os riscos deixam de existir no longo prazo.

Veja os maiores investidores do mundo. Warren Buffett, Charlie Munger, Joel Greenblatt, entre outros, construíram suas fortunas com base no value investing e no buy and hold.

Estamos apenas caminhando para uma cultura de investimentos no Brasil.

Quanto mais o investidor conhecer sobre o funcionamento do mercado, mais terá a prova concreta de uma boa alocação de ativos é o melhor caminho para a independência financeira.

Para isso, é muito importante que você conheça o seu perfil de investidor. Só assim, será capaz de determinar qual a melhor composição da sua carteira de investimentos.

Faça aqui o teste de perfil online.

Agora, você já que o Day Trade não vale a pena, pelo menos para a grande maioria, que tal aprender mais sobre como investir na bolsa de forma segura

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.


Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais