O que é crédito direcionado?

Crédito Direcionado é o financiamento oferecido por bancos públicos para empreendimentos com finalidades específicas.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O diferencial dessa modalidade de crédito é que nela as taxas de juros são subsidiadas.

Ou seja, é um crédito com taxa de juros baixas, em comparação com as do mercado, e com melhores condições de pagamento, como prazos maiores.

O crédito direcionado é um mecanismo do Estado para incentivar o investimento em áreas consideradas estratégicas e prioritárias para o desenvolvimento do país.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Tipos de crédito direcionado

O crédito direcionado financia uma série de empreendimentos em diversos setores diferentes.

Os tipos de crédito direcionado mais utilizados no Brasil são:

  • Financiamento Imobiliário ou crédito habitacional;
  • Créditos Rurais;
  • Crédito para desenvolvimento empresarial.

Vejamos um pouco sobre cada um.

Crédito habitacional

O crédito direcionado para o setor imobiliário pode ser utilizado para construção, aquisição ou reforma de imóveis. 

Os financiamentos habitacionais são concedidos, principalmente, a partir do Sistema Financeiro da Habitação (SFH). 

A Caixa Econômica Federal (CEF) é a principal credora neste tipo de empréstimo.

Hoje, no Brasil, um dos principais programas para financiamento de moradias é o Minha Casa Minha Vida.

Créditos Rurais

Existem várias linhas de crédito direcionado utilizados por ruralistas para financiar atividades agropecuárias em sua região.

A concessão é especialidade do Sistema Nacional de Crédito Rural, sendo o Banco do Brasil a principal instituição financiadora.

Esse crédito também é muito presente em cooperativas de crédito, como o Sicoob.

Crédito empresarial

O crédito direcionado para desenvolvimento de atividades empresariais é realizado através de operações diretas e repasses do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Os principais beneficiários desta linha de crédito geralmente são os setor industrial e de infraestrutura.

Vantagens do crédito direcionado

A vantagem principal para o tomador do crédito direcionado é que os juros podem ser menores até mesmo que a Taxa Selic, uma vez que são subsidiados.

Com isso, a taxa de juros do crédito direcionado é significativamente mais baixa do que as de outras linhas de crédito.

Outra vantagem importante desta modalidade de crédito é que ela é mais fácil de ser habilitada do que as outras linhas de crédito tradicionais.

A facilidade se deve às poucas exigências em termos de comprovação de renda, patrimônio e demais garantias.

Desde que as condições do tomador do empréstimo estejam em conformidade com as propostas do crédito direcionado, a operação tenderá a ser realizada de maneira fácil e rápida. 

Como já dito, os créditos direcionados também apresentam vantagem por terem melhores condições de carência e prazos de pagamento da dívida.

Vale lembrar que a carência é o tempo dado pelo órgão financiador, após a assinatura do contrato, para que o tomador comece a pagar as prestações. 

Tendo em vista o objetivo de fomentar o desenvolvimento de setores estratégicos, o crédito direcionado apresenta prazo de carência elevado.

Essas condições devem ser facilitadas pois os setores beneficiados costumam ter, naturalmente, dificuldades na execução de suas atividades.

Além disso, são também setores em que os resultados demoram a aparecer, devido à natureza de suas atividades.

Uma indústria, por exemplo, leva anos para ser construída, e mais alguns anos para começar a gerar lucros.

Apesar de serem setores com elevados custos, baixas margens e difícil execução, são atividades econômicas desejáveis pela sociedade.

Por fim, o crédito direcionado exige, obrigatoriamente, que os recursos de financiamento sejam aplicados exclusivamente na atividade acordada.

Essa regra é necessária para evitar que o dinheiro seja desviado para outros fins, cujos quais são menos prioritários e, portanto, não seria desejável a aplicação de crédito subsidiado.