O que é cotação e como funciona

Cotação

O que é cotação. Significado, conceito, para que serve e como funciona.

O que é cotação?

Cotação é o ato de estabelecer um preço para determinado bem ou serviço. Diz-se que algo está cotado quando se estabelece o preço para ele. 

Dessa forma, temos que o termo cotação aparece como sinônimo do próprio preço de uma mercadoria ou ativo. 

A cotação de qualquer ativo é estabelecido levando em conta todo o mercado, e não apenas por um único indivíduo.

A cotação é muito utilizada no contexto dos ativos de investimentos.

Neste grupo, inclui-se o valor de negociação dos títulos de dívida, ações, cotas de fundos, contratos de commodities, derivativos, entre outros.

Banner will be placed here

Como funciona a cotação?

A cotação de um determinado ativo pode se alterar a cada intervalo de tempo.

Sua validade depende do item cotado

Por exemplo, a cotação do valor de venda de um imóvel pode durar por 30 dias ou mais. 

Já a cotação de alguma ação ou fundo de investimento imobiliário pode se alterar em questão de segundos.

O preço da cotação é definido pela quantidade de oferta e procura do ativo no mercado

Assim, temos que o preço sobe quando a procura aumenta ou é maior que a oferta.

Por outro lado, o preço cai quando a oferta cai ou é maior que a demanda.

Cotação no mercado de ações

Para investir no mercado de ações é necessário o investidor ficar atento à cotação das ações que interessam, bem como suas oscilações ao longo do tempo.

A cotação pode ser acompanhada pelo home broker das corretoras.

Essa ferramenta fornece informações importantes quanto às negociações dos ativos.

No home broker consta a quantidade de ofertas de compra e venda de cada ativo para cada preço específico.

O preço de um determinado momento é definido pela igualdade de oferta e demanda em um determinado preço.

Se um ativo X está cotado a R$ 10,00 significa que há uma quantidade tal de pessoas querendo comprar e vender o mesmo ativo a esse preço.

Caso houvesse, no mercado, apenas pessoas querendo vender o ativo X por R$ 11,00 e outras querendo comprar o mesmo por R$ 9,00, então não haveria negociação.

Neste caso, a cotação atual estará zerada.

Neste cenário, para haver negócio deverá aparecer algum vendedor que esteja disposto a vender o ativo X por R$ 9,00, ou um comprador do mesmo que aceite pagar R$ 11,00.

Assim, o preço de cotação atual será aquele em que o negócio será realizado.

Ou seja, a cotação significa o preço de uma transação efetiva, quando um vendedor e um comprador chegaram a um preço comum para realizar a transação. 

O que impacta uma cotação?

Entendido isso, o investidor que queira operar no mercado de ações deverá entender quais os fatores afetam os movimentos de oferta e demanda dos ativos.

No geral, podemos dizer que são as expectativas o principal fator de definição do preço de um ativo.

Quem compra uma ação está fazendo pois tem expectativa de que sua cotação irá aumentar no futuro.

Por outro lado, quem vende uma ação o faz por esperar que a cotação irá cair.

Assim, quando percebemos que o mercado, como um todo, têm expectativas otimistas quando a cotação de uma ação está subindo em um determinado dia.

Isso significa que há mais pessoas querendo comprar uma ação do que querendo vender.

As expectativas são afetadas por uma infinidade de coisas. Podemos elencar algumas:

  • Fatores políticos;
  • Política monetária;
  • Política fiscal;
  • Demanda da economia;
  • Cenário internacional;
  • Fatores microeconômicos, que afetam determinado setor em específico;
  • Inovações tecnológicas;
  • Divulgação de resultados
  • Entre outras coisas.

Ficou interessado em ações e gostaria de começar a investir neste ramo? Temos um artigo explicando passo a passo para quem quer iniciar no mercado de ações.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE