O mercado fio da Copel Distribuição apresentou crescimento de 5,6% no consumo de energia elétrica em 2021 e 0,5% no 4T21 em relação ao mesmo período do ano anterior.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Esses resultados decorrem, principalmente, do crescimento no mercado livre, impactado pelo bom desempenho da produção industrial do Paraná, que registrou um crescimento de 10,6% no consumo de energia elétrica.

No quarto trimestre de 2021, houve desaceleração no percentual de crescimento do mercado fio da Copel.

Essa desaceleração deve-se em grande parte ao bônus criado pelo Governo Federal por meio do Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica.

O propósito do programa é incentivar os consumidores a reduzirem o seu consumo de energia, o que afetou praticamente todas as classes de consumo, culminando na redução de 2,2% no consumo de energia do mercado cativo quando comparado ao mesmo período de 2020.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Mercado Cativo

A venda de energia para o mercado cativo da Copel Distribuição totalizou 4.892 GWh no 4T21, redução de 2,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os motivos que contribuíram para essa redução, além do já citado Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica.

A classe residencial apresentou redução de 3,3%, reflexo, também, do relaxamento das medidas de isolamento social implementadas devido à pandemia do Covid-19, e consequente retomada de atividades presencias, culminando na redução do consumo médio do trimestre em 5,6%.

No acumulado do ano, a classe residencial registrou um crescimento de 2,0%.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

A classe industrial registrou queda de 6,6% no período de outubro a dezembro de 2021 dada a migração de clientes para o mercado livre, em especial a de fabricação de produtos alimentícios.

A classe comercial consumiu 1.094 GWh no 4T21, com destaque para o crescimento do consumo de atividades relacionadas à educação, de 41,1%, e a organizações associativas, de 12%, parcialmente compensado pela migração ao mercado livre de clientes do comércio por atacado e a redução em 9,1% do consumo de energia elétrica em atividades de serviços financeiros.

A classe rural registrou queda de 4,5% no consumo de energia no 4T21, dada a migração de grandes clientes para o mercado livre.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Geração

O volume de energia vendida da Copel Geração e Transmissão (incluindo a energia oriunda de FDA e BVE, mas excluindo UTE Araucária) atingiu 4.358 GWh no 4T21, um aumento de 5,4% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

No acumulado de 2021, o volume de energia vendida foi de 17.328 GWh, um crescimento de 9%.

O total de energia vendida pelos parques eólicos no 4T21 foi de 633 GWh, um aumento de 3,8% e, no acumulado do ano, o total de energia vendida foi de 1.991 GWh, um aumento de 2,4%.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Comercialização

No quarto trimestre de 2021, o volume de energia vendida pela Copel Mercado Livre apresentou um aumento de 85,3% em relação ao 4T20, devido ao crescimento de 55,4% nos consumidores livres e de 88,0% nos contratos bilaterais.

No acumulado do ano a Copel Mercado Livre cresceu 44,5% no volume de energia vendida.

O total de energia vendida pela Copel, atingiu 16.799 GWh no 4T21, representando um crescimento de 16,6%, e 60.677 GWh no acumulado de 2021, um crescimento de 12,8%.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Copel no Terceiro Trimestre de 2021

O resultado da Copel (CPLE6) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 10 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 2,8 bilhões no 3t21, uma alta de 319,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Copel atingiu R$ 4,5 bilhões no 3t21, apresentando crescimento de 274,8% na comparação com o 3t20.

A margem Ebitda da Copel totalizou 64,4% no 3t21, apresentando crescimento de 36,7 ponto percentual na comparação com o 3t20. 

A Margem líquida da Copel atingiu 40,9% no 3t21, apresentando crescimento de 25,2 ponto percentual na comparação com o 3t20.

As ações da Copel (CPLE6) acumulam alta de 1,41% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 30,06% nos últimos 12 meses.