O que são Contas a Receber?

Contas a receber são todos os direitos que uma empresa possui em relação a vendas de seus produtos com prazo para recebimento.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Esses valores representam parte importante da renda da empresa e são de responsabilidade do departamento financeiro.

A partir desse controle surgem outros dados essenciais para o negócio e seus investidores, como a taxa de inadimplência que ela enfrenta. 

O controle de contas a receber influencia diretamente a projeção do fluxo de caixa da empresa. Para ele, são consideradas também as contas a pagar. 

Esse conceito é essencial para quem planeja investir em empresas através de ações e debêntures, por exemplo, uma vez que o fluxo de caixa impacta diretamente nos resultados do negócio.

As contas a receber estão ligadas ao crédito e prazos concedidos aos clientes. 

É comum que as empresas concedam prazos entre 15 e 30 dias sem juros para o comprador, e apliquem taxas para períodos mais longos, 60 ou 90 dias. 

No entanto, grande parte das empresas trabalha contas a receber no curto prazo. 

O que se busca em uma empresa para investimento é um resultado positivo entre o que se recebe e o que se paga. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Contas a Receber e Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta de gerenciamento que permite controlar as movimentações financeiras da empresa durante um determinado período. 

Como explica o Sebrae, seu cálculo é composto pelos valores obtidos no controle de contas a receber e pagar e qualquer outra movimentação de recursos financeiros da empresa. 

O fluxo de caixa de uma empresa é responsabilidade de um segmento do departamento financeiro e engloba valores tanto de contas a receber como das que devem ser pagas. 

Existem softwares preparados para facilitar esse controle, e as empresas entendem esse custo como investimento. Alguns são bastante avançados e oferecem dados ainda mais apurados para a gestão. 

As informações do fluxo de caixa de uma empresa permitem identificar a falta ou sobra de recursos. 

Para a empresa, o fluxo de caixa é o ponto base de um planejamento estratégico, visando o crescimento e desenvolvimento do negócio. 

No entanto,o fluxo de caixa de uma empresa deve ser compreendido de forma global, pois não se trata de mera matemática. O mercado enfrenta variáveis. 

Um bom exemplo disso é a sazonalidade. Uma empresa que comercializa sorvetes vende mais no verão, e a Páscoa é um período de alta nas vendas de chocolates. 

Há outros fatores influenciadores de mercado, como foi a pandemia da COVID 19, que afetou praticamente todos os segmentos, não apenas de maneira negativa. 

Contas a receber e Investimento

O fluxo de caixa de uma empresa O mercado entende que uma empresa com equilíbrio entre as contas que paga e as que recebe tem maior chance de proporcionar lucros. 

Trata-se de um dado importante para a análise fundamentalista do investimento, uma vez que esta se baseia na saúde financeira da empresa e sua gestão. 

Para saber como é a estrutura das contas a receber de uma organização, o acionista precisa avaliar o Balanço Patrimonial da empresa.

Trata-se do mais importante relatório financeiro de uma empresa,onde é apresentada sua situação contábil e econômica. 

Embora o dado sobre as contas a receber apareçam no documento (no item “ativos”), esse dado por si só não diz muita coisa.

Ao avaliar uma empresa para investimento, sua situação precisa ser vista como um todo. 

Assim, é preciso avaliar todo o conjunto do balanço, identificando o patrimônio líquido e o lucro operacional gerado no Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE).