Como Viver de Dividendos em 4 Simples Passos
|

Como Viver de Dividendos em 4 Simples Passos

Veja como viver de dividendos e renda através dos rendimentos gerados pelas melhores ações pagadoras de dividendos.

Por
Atualizado em 16/02/2021

Viver de dividendos significa que os proventos dos seus investimentos em ações geram uma renda passiva capaz de cobrir seus gastos mensais mínimos.

Dividendos são parte do lucro das empresas distribuído em dinheiro para as pessoas que possuem suas ações na Bolsa de Valores.

Mas será que é possível viver da renda de dividendos?

Sim, é possível viver de dividendos desde que tenha a quantia certa de dinheiro investido. Saiba como calcular quanto precisa para viver de renda.

A teoria para viver de dividendos é simples:

Comprar ações de boas empresas, ganhar dinheiro com a valorização dos papéis e com a participação nos lucros.

No entanto, não são todas as empresas que pagam dividendos e nem todas são boas pagadoras de dividendos.

Cada empresa tem a sua própria política de pagamento de dividendos. Algumas distribuem a porcentagem mínima, enquanto outras pagam mais.

Os dividendos são uma forma de turbinar sua renda e chegar a sua independência financeira.

Saiba como escolher as melhores ações pagadoras de dividendos e se planejar para viver de renda.

Como Viver de Dividendos

Para viver de renda com dividendos é preciso de tempo, paciência e planejamento.

A liberdade financeira não é algo que se conquista da noite para o dia. Existem várias etapas que devem ser conquistadas até conseguir viver inteiramente de renda passiva.

Para viver de dividendos o investidor deve ter uma visão de longo prazo e não se deixar levar pela emoção ou pela ganância e demais vieses comportamentais.

Para alcançar esse objetivo, escolher as melhores empresas que pagam dividendos e montar uma carteira diversificada também é fundamental.

Veja o passo a passo para viver de renda com dividendos:

Banner will be placed here

1- Faça o seu planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro pessoal e segui-lo é fundamental para o seu sucesso.

Você precisa entender seus números, quanto do seu salário vai para as contas importantes e onde pode economizar para investir mensalmente.

2- Trace seu objetivo financeiro

Aonde quer chegar? No seu primeiro milhão? Na liberdade financeira total?

Saiba quanto precisa para viver de renda e se planeje para fazer investimentos regulares e reinvestir os dividendos para aumentar o patrimônio ao longo do tempo.

Sim, se seu objetivo é viver de dividendos, nos primeiros anos você deve reinvestir os dividendos comprando mais ações e verá seu dinheiro trabalhando para você.

Assim, quando alcançar um bom patrimônio poderá viver dos rendimentos das aplicações.

Não tente pular etapas. Primeiro aumente seus aportes e o rendimento de seus investimentos para depois ser recompensado com os juros.

3- Escolha boas empresas que pagam dividendos

Ações de boas empresas fazem toda diferença na formação do seu patrimônio.

Como o objetivo é viver de renda de dividendos, dê atenção especial aos seguintes indicadores fundamentalistas:

Dividend Yield

O dividend yield é o indicador mais usado para avaliar montar uma carteira de ações com foco nos dividendos pagos.

Ele mostra a relação entre os dividendos pagos e o preço da ação.

Quanto maior o dividend yield, maior o percentual de retorno que cada ação proporcionou ao investidor.

Payout

Payout é o resultado dos proventos pagos sobre o lucro da empresa.

No Brasil, as empresas devem distribuir no mínimo 25% do lucro líquido para os acionistas. Mas muitas companhias distribuem mais do que o mínimo estabelecido.

Em teoria, quanto maior esse indicador melhor. Porém, pode ser que a empresa deixe de investir em melhorias e em seu crescimento, o que pode ser prejudicial.

Endividamento

Os indicadores de endividamento mostram quanto uma empresa possui de dívida em relação ao seu patrimônio ou sua geração de caixa.

É interessante que a empresa mantenha as dívidas em patamares saudáveis, que não ultrapassem sua capacidade de pagamento.

4-  Monte uma carteira de dividendos diversificada

A diversificação da carteira, além de reduzir os riscos do investimento, também ajuda a proporcionar uma rentabilidade melhor.

Uma alocação de ativos ideal traz o equilíbrio financeiro da sua carteira 

Como Escolher as Melhores Ações Pagadoras de Dividendos

Escolher as melhores ações pagadoras de dividendos é fundamental para viver do lucro de grandes empresas.

Mais do escolher ações de boas empresas, você precisa construir uma carteira adequada para viver de renda com dividendos.

Para isso, estude a análise fundamentalista e utilize os passos abaixo para escolher ações para ter renda passiva com dividendos:

Filtre as empresas pela liquidez diária

O primeiro passo para construir uma carteira com ações boas pagadoras de dividendos é filtrar as ações com maior liquidez.

Para isso, eliminar todas as empresas que têm volume médio diário inferior a 100 mil reais.

Dessa forma excluirá empresas pequenas e que geralmente distribuem poucos dividendos.

Busque as empresas com lucros constantes nos últimos 5 anos

Para pagar bons dividendos, o pré requisito básico é ter lucro.

Por isso, busque por empresas que venham apresentado lucro nos últimos 5 anos.

Olhar apenas para o lucro dos últimos 12 meses é muito arriscado.

Filtre as empresas que distribuíram lucros constantes nos últimos anos

Agora você já tem uma lista de empresas com liquidez mínima de negociação de 100 mil por dia e que tiveram lucros positivos nos últimos 5 anos.

A próxima etapa é filtrar apenas aquelas que distribuíram dividendos pelo menos nos últimos 5 anos.

Isso é um excelente indício de que ela continuará pagando dividendos.

Busque o payout médio correto

Em teoria, quanto maior o payout melhor. Porém, na prática não é bem assim.

Empresas com payout muito elevado, seja próximo ou superior a 100%, pagam quase a totalidade de seus lucros em dividendos.

Embora isso pareça tentador, essas empresas podem ter problemas em manter esse pagamento em momentos de dificuldades financeiras.

Por isso, não conte com essa distribuição sempre.

Busque por empresas que apresentam payout médio de 3 anos menor ou igual a 90%.

Ordene pelo maior dividend yield

Agora que você está com uma lista segura de empresas, basta ordenar pela empresa que mais paga dividendo.

Esses passos tornam a sua escolha muito mais fácil e segura, porém não são infalíveis. Não abra mão da diversificação para se proteger de empresas que podem não corresponder com suas expectativas.

→ Você Conhece as Ações que Pagam Dividendos Mensais? Clique Aqui e Baixe Grátis o Calendário de Dividendos.

Conclusão

Como o objetivo é ter uma renda passiva com os dividendos, não precisa se preocupar com a volatilidade do mercado no curto prazo.

Pois, como já selecionou as melhores ações pagadoras de dividendos, o foco está no longo prazo.

Quando a bolsa está em alta, ganha com a valorização dos seus ativos e a distribuição de dividendos.

Quando está em baixa, continuará recebendo os dividendos desde que a empresa continue tendo lucro.

Veja as 40 ações que mais pagaram dividendos após o impacto do coronavírus.

Agora que você já sabe que é possível viver de dividendos, trace seu plano financeiro e o siga com disciplina.

Nesse momento a independência financeira pode parecer uma realidade distante, mas se começar hoje, amanhã já estará mais perto.

Use a Calculadora Viver de Renda e descubra quanto você receberá de renda com os seus investimentos atuais.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital “Como Começar a Investir do Zero”.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE