O tempo está fechando no mercado financeiro e muitos analistas já alertam que uma recessão é inevitável. Então, qual a melhor maneira de se preparar para uma crise mundial econômica?

Temos visto sinais claros de que a economia de boa parte do mundo poderá entrar em colapso

A inflação alta não é exclusividade do Brasil. Economias mais desenvolvidas, como é o caso dos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá, também enfrentam níveis recordes de inflação.

Quando falamos em recessão, não estamos falando só da inflação, mas de uma retração do PIB (Produto Interno Bruto), a soma das riquezas de um país.

Com a queda significativa da atividade econômica, há uma queda no consumo e consequente na produção.

Esses períodos de instabilidade econômica costumam levar ao desemprego, falência de empresas, redução da qualidade de vida, entre outros.

Se você já investe ou quer se tornar um investidor, deve ter em mente que o mercado financeiro é cíclico e passa por grandes oscilações. 

Embora não seja possível prever quando haverá uma nova crise ou qual será sua duração, é preciso estar preparado para enfrentá-la.

Em vez de tomar decisões rápidas por medo e ansiedade, veja o que você deve fazer para se preparar para uma possível recessão econômica.

Quer Melhorar o Resultados dos Seus Investimentos? Fale um Consultor Gratuitamente.

1- Construa (ou reforce) sua reserva de emergência

Uma das primeiras coisas que você deve fazer para se estruturar financeiramente, seja em tempos de crise ou não, é construir uma reserva de emergência

Afinal, imprevistos podem acontecer em qualquer momento e comprometer seu orçamento.

Em períodos de euforia que antecedem a recessão, essa reserva se torna ainda mais essencial e mais do que nunca vira um “seguro de sua dignidade pessoal”.

Ter essa quantia para emergências vai te permitir, caso algo ruim te aconteça, como a perda do emprego, de sua fonte de renda ou problemas de saúde, você consiga, de forma organizada, se restabelecer.

Então, se você não tem uma reserva financeira, é hora de construí-la e, se já tem, é interessante pensar em dar uma reforçada.

Tenha reservada a quantia financeira correspondente a, no mínimo, 6 meses de seu custo de vida.

Sua reserva de emergência deve ficar alocada em investimentos seguros e com alta liquidez, como títulos do Tesouro Selic, CDBs (certificados de depósito bancário) de liquidez diária ou até contas remuneradas.

2- Evite dívidas

Contrair dívidas quase sempre não é bom. 

Se você já tem o costume de evitar dívidas o máximo possível, esse hábito é especialmente importante quando uma recessão pode estar se aproximando.

À medida que a inflação aumenta, os Bancos Centrais elevam as taxas de juros para desacelerar a economia e frear a alta dos preços.

Com isso, o crédito fica mais caro.

O resultado são juros de atrasos de contas mais altos e custos de empréstimos nas alturas.

Os milionários já estão se posicionando para uma recessão mundial.

Segundo Pesquisa de Milionários da CNBC, quase metade dos entrevistados dizem que estão adiando a compra de carros e casas e estão mudando seus comportamentos e planos de gastos.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

3- Tenha fontes adicionais de renda

Ter mais de uma fonte de renda é um dos grandes segredos dos ricos para enfrentar a instabilidade e fazer o patrimônio crescer ainda mais.

Ganhar mais é um importante pilar da independência financeira.

Pense bem: por mais que as medidas comentadas anteriormente te mantenham “financeiramente vivo” por algum tempo, no caso de perda da sua renda, não há reserva de emergência que dure para sempre.

Um bom controle de gastos pode te ajudar a manter as finanças, mas sem renda, mais cedo ou mais tarde você vai quebrar.

Por isso, uma das melhores formas de se preparar para uma recessão econômica mundial é desenvolvendo múltiplas fontes de renda.

Estas vão desde fontes de renda extra que envolvam algum tipo de atividade, até fontes passivas, originárias de seus investimentos e aluguéis.

A ideia é diversificar as fontes de renda, da mesma forma que se diversifica uma carteira de investimentos.

4- Invista em setores perenes

Independentemente do cenário econômico, alguns setores tendem a performar melhor que outros, inclusive em crises econômicas e recessões.

Trata-se das empresas de setores perenes, aquelas que fornecem produtos ou serviços de primeira necessidade que não são afetadas, ou são menos afetadas, pelos ciclos do mercado.

Em momentos de instabilidade econômica, as famílias costumam priorizar produtos essenciais, como alimentação básica, limpeza e higiene pessoal.

Da mesma forma, permanecem consumindo água, luz, serviços de comunicação e saneamento.

Por outro lado, adiam compras de carros, casas, deixam de consumir alimentos fora de casa, reduzem as viagens, etc.

Então, para se preparar para uma recessão econômica, tenha em sua carteira de investimentos empresas sólidas e já testadas pelo tempo que em setores mais perenes e estratégicos.

Quer Melhorar o Resultados dos Seus Investimentos? Fale um Consultor Gratuitamente.

5- Diversifique a carteira de investimentos

A diversificação de uma carteira é uma das melhores formas de equilibrar riscos e estar preparado para qualquer momento do mercado.

A alocação de ativos é uma estratégia que permite reduzir perdas e atingir melhor rentabilidade em qualquer cenário através da diversificação da carteira em diferentes classes de ativos.

Escolha ativos com baixa correlação como forma de compensar os prejuízos de um investimento com o lucro de outro.

Assim, o portfólio sofrerá menos impacto em uma recessão. 

A composição ideal de uma carteira de investimentos é uma questão bastante relativa e pessoal. Não existe apenas uma carteira que faça sentido para todas as pessoas.

Para montar um portfólio lucrativo e com menos riscos, a primeira coisa é conhecer o seu perfil de investidor.

Para saber o que fazer, responda essa pesquisa rápida e, baseado nas suas respostas, você receberá minha orientação profissional.

Leva menos de um minuto! Você não tem nada a perder, basta entrar neste link para a pesquisa.

Informe o DDD + 9 dígitos