Eu acredito que a maioria das pessoas gostaria de viver de renda passiva. Não é mesmo?

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Atingir a independência financeira investindo em ações pagadoras de dividendos é possível.

No entanto, você tem que saber que não é um processo rápido.

A paciência é uma habilidade a ser desenvolvida para ter sucesso com este tipo de estratégia.

Com mais de 400 empresas listadas na bolsa de valores, não é fácil identificar empresas que pagam bons dividendos de forma recorrente e com perspectivas de crescimento.

Vou listar alguns pontos importantes a serem estudados antes de escolher as empresas, sendo fundamental saber como montar sua carteira de dividendos.

Seguindo esses passos, é possível reduzir consideravelmente a margem de erro na escolha das empresas e montar uma carteira de dividendos vencedora no longo prazo.

1) Entender a Política de Dividendos da empresa

É possível verificar a política de distribuição de proventos no estatuto da empresa ou no site de relações com investidores.

Essa informação pode indicar sobre a sustentabilidade do pagamento de proventos no futuro.

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

2) Busque Pagamentos em Períodos Diferentes

Sempre que possível, opte por investir em empresas com períodos de pagamentos distintos.

O ideal é receber os proventos diluídos ao longo dos meses do ano e não todo de uma vez só.

Seja para reinvestir os dividendos ou para cobrir suas despesas, é mais fácil se organizar recebendo proventos todos os meses do ano.

O investidor consegue essas informações verificando o calendário de pagamentos de dividendos passados das companhias.

A seguir podemos ver um exemplo de frequência de distribuição de dividendos.

Períodos de dividendos

Embora as distribuições passadas não garantem que as distribuições futuras serão nas mesmas datas, de modo geral as empresas costumam distribuir seus proventos com certa regularidade.

3) Identifique Potencial de Crescimento das Empresas

Identifique novos projetos e potencial de crescimento dos resultados das empresas.

Para que uma empresa consiga distribuir proventos consistentemente precisa ser lucrativa, ter uma forte geração de caixa e baixa necessidade de CAPEX.

É necessário identificar se a empresa possui novos projetos, qual o nível de investimento necessário para levar a frente essas iniciativas e entender se a geração de caixa não será afetada no futuro.

4) Entender o Grau de Alavancagem

O nível de endividamento da empresa deve ser sempre monitorado de perto.

Graus de alavancagem muito elevados, dependo do setor onde a empresa está inserida, podem indicar problemas para pagamentos de proventos futuros.  

5) Proventos Projetados

Não olhe só para o dividendo passado, mas lembre que o dividendo passado é bom para ter uma referência.

Sim, o importante para quem está investindo é o dividendo futuro, por isso é necessário projetar os dividendos dos próximos exercícios e futuramente comparar o projetado com o dividendo finalmente entregue.

Se há muita distorção entre sua expectativa e a realidade, reveja o seu modelo.

6) Diversificar Setores da Economia

Busque diversificar em empresas inseridas em diversos setores da economia.

Um setor que funcionou muito bem no passado pode não performar muito bem no futuro.

Isso pode acontecer devido a questões regulatórias, mudanças tecnológicas e até fatores extraordinários como guerras ou desastres naturais.

Quanto mais diversificada seja a carteira em termos setoriais, maior será a diluição dos riscos.

→ Você Tem o Mapa dos Dividendos Mensais? Baixe Grátis o Calendário de Dividendos.

7) Não Analise Só Dividend Yield e Payout

Sem dúvidas, os indicadores de dividend yield e payout são muito importantes para determinar se uma empresa é boa pagadora de dividendos ou não.

Porém, não devem ser analisados isoladamente.

Conhecer o grau de governança, qualidade da gestão, grau de alavancagem, índices de rentabilidade e eficiência aporta maior segurança na tomada de decisão sobre o investimento.

Na hora de escolher as empresas na carteira Seleção de Dividendos, prestamos atenção nos itens mencionados, além de outros indicadores e informações relevantes.

Só assim conseguimos entender quais são as melhores opções para construir uma carteira de dividendos com foco no longo prazo.

Quer saber mais sobre como investir em ações pagadoras de dividendos com maior segurança?

Junte-se a nós na carteira Seleção de Dividendos e monte uma carteira que gere renda passiva de forma recorrente.