Como Investir na Bolsa de Valores do Zero
|

Como Investir na Bolsa de Valores do Zero

Valor mínimo para investir em ações, taxa de corretagem e outras dicas para você ter sucesso desde o começo.

Por
Atualizado em 20/11/2020

Como investir na bolsa de valores do zero? Qual é o valor mínimo necessário? Essas são dúvidas comuns de quem está começando a investir.

Saber como investir em ações e todas as estratégias que envolvem esse mercado é essencial para não perder dinheiro.

Afinal, o investimento na Bolsa de Valores, quando utilizado de maneira correta, oferece boas opções para multiplicar seu patrimônio.

Se você quer ver seu dinheiro rendendo mais, continue a leitura e saiba como investir em ações do zero.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Qual o valor mínimo para investir em ações?

Um grande mito sobre investir na Bolsa de Valores é que é preciso dinheiro.

Na verdade, é possível investir com pouco dinheiro, pois não existe um valor mínimo para começar a investir em ações.

Em teoria, o valor mínimo para investir é o valor de uma única ação.

Porém, é preciso alguns cuidados.

Vamos supor que você deseja comprar ações de determinada empresa que estão sendo negociadas por R$ 8.

Na prática, para comprar uma ação bastariam os oito reais. Então, é só ir ao mercado fracionário e comprar.

Porém, toda vez que compramos ou vendemos ações é preciso pagar uma taxa de corretagem, taxa que as corretoras cobram toda vez que há uma negociação.

O custo da corretagem incide sobre cada operação realizada.

Por isso, antes de fechar com alguma corretora, analise as taxas cobradas.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Impacto da taxa de corretagem

A taxa de corretagem pode ser cobrada de duas formas:

  • Corretagem fixa;
  • Corretagem variável.

A corretagem fixa é um valor fixo cobrado independente do volume negociado.

Dessa forma, se você movimentar R$ 100, R$ 10 mil ou R$ 100 mil de uma vez, pagará o mesmo valor.

Na corretagem variável, é cobrada uma porcentagem sobre o volume negociado. Em geral, se cobra uma média de 0,5%.

Por isso, quando se investe com pouco dinheiro, pagará uma corretagem muito elevada nas suas operações.

Qualquer valor irá prejudicar o resultado dos seus investimentos.

Se você investir R$ 100 e a taxa de corretagem for de R$ 10, por exemplo, a taxa de corretagem corresponderá a 10% do valor investido, uma porcentagem muito alta.

Para quem tem pouco dinheiro para investir, a ideia é pagar o mínimo de corretagem possível.

Por isso, procure não pagar uma taxa de corretagem superior a 0,5% do valor negociado, independentemente se é uma corretagem variável ou corretagem fixa.

O ideal é não perder nada desse valor. Portanto, procure por corretoras com taxa zero. Já existem bastante corretoras que isentam os investidores da taxa de corretagem.

Taxa de corretagem é problema?

Não necessariamente.

No início, quando se tem pouco dinheiro, eventualmente o investidor irá pagar uma corretagem um pouco mais alta caso não opte por uma corretora taxa zero.

Porém, isso não será um problema caso tenha um planejamento de longo prazo para seus investimentos.

Ao longo do tempo, o valor tende a diluir e se tornar pequeno em relação ao patrimônio total investido em ações.

Porém, quando se tem a opção de não pagar essa taxa, melhor.

Mais dinheiro terá investido e mais irá acumular através dos juros compostos.

Banner will be placed here

Formas de investir com pouco dinheiro em ações

No mercado, há diversas alternativas para quem quer começar a investir e diversificar sua carteira mesmo com pouco dinheiro.

Além do mercado fracionário, no qual se compra ações unitárias na quantidade de 1 a 99 papéis, as outras formas de investir na bolsa de valores do zero e com muito pouco dinheiro são:

Fundo de ações

Existem fundos que permitem um investimento mínimo em torno de R$ 100.

Ao investir em um fundo, estará comprando cotas e investindo junto com outros investidores, em uma espécie de condomínio de ações.

A escolha dos papéis que compõem o fundo fica a cargo de um gestor profissional.

É necessário pagar apenas uma taxa de administração anual. Mais uma vez, fique atento às taxas cobradas que podem ser altas.

Clube de investimento

Esse tipo de investimento é muito parecido com o fundo de investimento, com a diferença que é um fundo particular.

Você pode se juntar com seus amigos e familiares e formar um clube de investimentos, porém, a gestão fica a cargo dos próprios cotistas

ETF

Resumidamente, um ETF é um fundo de índice, ou seja, um fundo que usa como base algum índice de referência da bolsa.

Por exemplo, o IBOV11, uma carteira de ativos que replica as ações do Ibovespa.

Assim, a rentabilidade do fundo acompanha o índice.

As cotas desse tipo de fundo podem ser adquiridas da mesma forma que você faria para comprar ações de uma empresa específica.

Basta entrar no home broker, plataforma de negociações da sua corretora, e inserir uma ordem de compra.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Qual a melhor forma de começar a investir?

Diferentemente do que ocorre na renda fixa, na renda variável é preciso uma boa dose de conhecimento sobre o mercado financeiro e muita análise antes de qualquer decisão.

Então, se você quer começar a investir, mas ainda se sente um pouco inseguro, pois nunca investiu em nenhum produto financeiro antes, recomendo que comece investindo no Tesouro Direto.

Investir em títulos públicos do governo é uma forma fácil e simples de começar a investir sem grandes riscos.

É também uma forma de se familiarizar com a dinâmica de enviar dinheiro para a corretora e fazer as compras dos seus títulos.

Pois nem é recomendado que quem nunca investiu comece investindo diretamente em ações.

Comece de forma bem conservadora para em um segundo momento, depois de ter criado a sua reserva de emergência, começar a diversificar uma parte da carteira no mercado de ações.

Se você ainda não sabe qual o seu perfil de investidor, faça aqui o teste online e descubra os melhores investimentos para você.

Veja também qual a porcentagem ideal para ter em renda variável, de acordo com seu perfil e objetivos.

Certamente se conseguir balancear a renda fixa com ações, terá uma rentabilidade muito mais interessante no longo prazo.

Aproveite e baixe grátis uma cópia do meu livro digital “Como Investir Começando do Zero” e aprenda a investir com sabedoria.

Segredo da Riqueza


O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE