O que é CFA - Chartered Financial Advisor e como funciona

CFA – Chartered Financial Advisor

A CFA é uma certificação internacional destinada a quem deseja atuar como analista financeiro e de investimento.

O que é a CFA?

A CFA (Chartered Financial Advisor) é uma certificação internacional concedida pela instituição norte-americana CFA Institute, destinada a quem deseja atuar como analista financeiro e de investimentos.

As áreas de atuação do profissional detentor da CFA são bastante amplas, abrangendo empresas de investimentos, empresas de hedge, bancos, companhias de seguro, consultorias financeiras e muito mais.

O CFA assegura que o profissional tenha conhecimento avançado em técnicas e ferramentas financeiras.

Em 2019, cerca de 2.500 brasileiros se candidataram para realizar o teste nos três níveis oferecidos. 

Pela certificação ser aceita em vários países, os profissionais aprovados podem atuar em empresas internacionais.

Os profissionais certificados pelo CFA atraem a atenção das empresas pelo seu conhecimento avançado em finanças, comprometimento e ética de trabalho.

Como o mesmo teste é realizado no mundo todo, os profissionais brasileiros tendem a se igualar em nível de conhecimento com os estrangeiros, tornando mais justa uma disputa de emprego no exterior.

Banner will be placed here

Como se Tornar um Chartered Financial Advisor?

A realização das provas do CFA Institute é considerada bastante rigorosa com relação aos requisitos. Para a obtenção da certificação CFA o candidato precisa ser aprovado em três etapas subsequentes:

  • Aprovação nos três níveis do exame CFA;
  • Comprovação de 48 meses de “experiência profissional aceitável”;
  • Filiação ao Instituto CFA, incluindo uma declaração de conduta profissional.

A maior dificuldade para grande maioria dos candidatos é conseguir a aprovação nos três níveis de exames, os quais são:

  • Exame de nível I: Consiste em questões básicas de conhecimento e compreensão focadas em ferramentas de investimento, exigindo determinadas análises.
  • Exame de Nível II: Enfatiza análises com maiores níveis de dificuldade, em conjunto, com o foco na valorização de ativos.
  • Exame de nível III: Requer síntese de todos os conceitos e métodos analíticos em uma variedade de aplicações para gerenciamento eficiente de portfólio e planejamento de riqueza.

Os custos para a candidatura da certificação CFA variam do período e do nível da prova que o candidato irá se inscrever.

Para a prova de nível I, é cobrado uma taxa de inscrição única de US$ 450, que deve ser paga na primeira inscrição.

Caso o candidato deseje repetir a prova, são aplicadas as seguintes taxas:

  • Taxa de inscrição antecipada (paga entre Fevereiro e Março): US$ 700;
  • Taxa de inscrição antecipada (paga entre Março e Novembro): US$ 1.000;
  • Taxa de inscrição atrasada (paga entre Agosto e Setembro): US$ 1.450.

Os candidatos que desejam aumentar as chances de aprovação podem fazer os cursos preparatórios pela CFA Society Brazil.

No ano de 2020, o investimento para realizar o curso presencial de 38 horas/aulas foi de R$ 1.900.

Como é a prova para a certificação CFA?

Cada exame oferece seis horas para a realização da prova e devem ser efetuados em sequência.

As provas para cada nível são oferecidas todo ano, em junho, sendo que a prova para nível I acontece também em dezembro.

No Brasil, os candidatos podem realizar as provas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Todos os testes são elaborados e realizados em inglês.

Quanto ganha um profissional CFA?

A remuneração média de um profissional CFA é de US$ 51,0 mil dólares com menos de um ano de experiência e US$ 63,9 mil para profissionais com experiência de 1 a 4 anos.

Os profissionais com experiência de 10 a 19 anos possuem um salário médio de US$ 119,3 mil. Já os detentores da CFA com 20 anos ou mais de experiência ganham em média de US$ 147,2 mil.

Há uma estimativa de que, em todo o mundo, existem aproximadamente 160 mil profissionais certificados e cerca de 1.200 no Brasil.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE