Cemig (CMIG4) Venderá Ações da Light (LIGT3) em Oferta Pública
| , , ,

Cemig (CMIG4) Venderá Ações da Light (LIGT3) em Oferta Pública

A Cemig deixará de ser acionista na Light, empresa da qual já foi controladora e na qual possui atualmente 22,6% de participação.

Por
Atualizado em 07/01/2021

A estatal mineira Cemig (CMIG4) informou que seu conselho de administração aprovou a venda de cerca de 68,62 milhões de ações ordinárias detidas pela companhia na elétrica fluminense Light (LIGT3).

A operação será realizada em meio a uma oferta pública de ações a ser promovida pela Light, na qual a companhia buscará a distribuição primária também de 68,62 milhões de ações ordinárias, explicou a Cemig em comunicado nesta quinta-feira.

Banner will be placed here

Com o movimento, a Cemig deixaria de ser acionista na Light, empresa da qual já foi controladora e na qual possui atualmente 22,6% de participação.

O comunicado da Cemig confirma notícia publicada pela Reuters na véspera, com informações de fontes, segundo o qual a Light preparava uma oferta de ações de mais de R$ 3 bilhões, na qual a Cemig aproveitaria para vender seus papéis.

Como Lucrar no Mercado Financeiro Hoje? Baixe o Relatório “As 3 Melhores Ações para Investir Hoje”.

Resultado da Cemig no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da Cemig (CMIG4) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 13 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 545,3 milhões, contra um prejuízo R$ 281,8 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Cemig atingiu R$ 1,4 bilhão no 3t20, apresentando crescimento de 1.190,8% na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da Cemig totalizou 22,3% no 3t20, apresentando crescimento de 20,5 pontos percentuais na comparação com o 3t19. 

A Margem líquida da Cemig atingiu 8,5% no 3t20, apresentando crescimento de 13,1 pontos percentuais na comparação com o 3t19.

As ações da Cemig (CMIG4) acumulam alta de 0,98% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 9,02% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Reuters.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE