A CCR (CCRO3) divulgou nesta terça-feira, 10, seu boletim mensal de tráfego nas concessões rodoviárias que administra, além do braço de mobilidade urbana e aeroportos.

Nas rodovias, o tráfego total em abril cresceu 11,7%, frente a igual mês de 2021. Na comparação com mesmo período de 2020, a alta foi de 53,1%.

Sem a concessionária ViaSul e ViaCosteira, houve avanço de 14,2% em abril de 2022 sobre 2021 e de 56,9% na relação com 2020.

No mês passado, o movimento consolidado de carros de passeio cresceu 32,2% em relação a abril de 2021 e 111% na comparação com 2020. Sem ViaSul e Via Costeira, a alta foi de 31,6% sobre 2021 e de 108,6% ante 2020.

Na categoria comercial, houve queda de 2,1% em relação a 2021 e alta de 23,4% sobre igual mês de 2020.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Nas concessões de mobilidade urbana, a CCR registrou aumento de 164,1% no movimento de abril de 2022 em relação ao mesmo mês de 2021, e um acréscimo de 379,3% sobre 2020.

Nos aeroportos, o movimento teve alta de 312,8% na comparação com abril de 2021 e alta de 6.080,1% em relação a igual mês de 2020.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da CCR no Quarto Trimestre de 2021 

resultado da CCR (CCRO3) no quarto trimestre de 2021 (4t21), divulgado no dia 24 de fevereiro, apresentou um lucro de R$ 182,6 milhões no 4t21, contra prejuízo de -R$ 12,3 milhões em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. 

Ebitda da CCR atingiu R$ 1,4 bilhão no 4t21, apresentando crescimento de 23,5% na comparação com o 4t20.

margem Ebitda da CCR totalizou 54,7% no 4t21, apresentando crescimento de 13,2 ponto percentual na comparação com o 4t20. 

Margem líquida da CCR atingiu 35,7% no 4t21, apresentando retração de -4,1 ponto percentual na comparação com o 4t20.

As ações da CCR (CCRO3) acumulam alta de 1,32% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 6,15% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.