Carrefour (CRFB3) Estima R$ 100 Bilhões em Vendas em 2024
| ,

Carrefour (CRFB3) Estima R$ 100 Bilhões em Vendas em 2024

O Carrefour (CRFB3) estima que a projeção de vendas brutas da rede no exercício social de 2021 será de R$ 60 bilhões.

Por
Atualizado em 24/09/2021

O Carrefour (CRFB3) divulgou nesta sexta-feira, 24, projeções de vendas exclusivamente para a unidade de negócios de atacarejo, da marca Atacadão.

De acordo com fato relevante da companhia, a projeção de vendas brutas da rede no exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2021 é de R$ 60 bilhões.

Banner will be placed here

A projeção de vendas brutas no exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2024 é de R$ 100 bilhões.

A companhia ressalta que os números são baseados na taxa de crescimento anual composta (CAGR) histórica do Atacadão, de 15% ao ano, verificada entre os anos de 2017 e 2020.

Além disso, a estimativa do ano de 2024 inclui o faturamento de 2020 da unidade de atacarejo do Grupo BIG Brasil, conduzida sob a marca Maxxi, cuja aquisição está sujeita à aprovação da autoridade concorrencial brasileira.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado do Carrefour no Segundo Trimestre de 2021

O resultado do Carrefour (CRFB3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 27 de julho, apresentou um lucro líquido de R$ 566 milhões, queda de -17,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda ajustado do Carrefour atingiu R$ 1,4 bilhão no 2T21, apresentando retração de -3,6% na comparação com o 2T20.

A margem Ebitda ajustada do Carrefour totalizou 7,8% no 2T21, apresentando retração de -1,2 ponto percentual na comparação com o 2T20. 

A margem líquida do Carrefour atingiu 3,0% no 2T21, apresentando retração de -1,1 ponto percentual na comparação com o 2T20.

As ações do Carrefour (CRFB3) acumulam alta de 0,06% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 9,70% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE