O que é Call de Fechamento

Call de Fechamento é o procedimento que anuncia e desencadeia o fim do pregão e, consequentemente, os minutos finais e as últimas negociações do dia na bolsa de valores.

Também conhecido como leilão de encerramento, a Call de Fechamento acontece repetidamente nos últimos cinco minutos que antecedem o término do pregão, a saber das 17h55 até às 18h.

Nesse pequeno intervalo, as negociações se intensificam e o pregão entra em um período particular que concentra um alto volume de operações nos instantes finais. No entanto, essa Call só permite determinados papéis.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona Call de Fechamento 

O objetivo principal da Call de Fechamento é definir o preço de ajuste dos contratos no momento final do pregão, o que permite que o fechamento de preços do dia seja mais transparente.

Dessa maneira, a Call de Fechamento possibilita as últimas negociações de alguns ativos e em seguida encerra de maneira mais justa o pregão.

Contudo, o processo em si das negociações funciona da mesma forma que o período normal do pregão. As regras de prioridade de preço e de ordem cronológica de registro da oferta continuam valendo.

Segundo informações disponibilizadas pela B3, a bolsa brasileira, o volume de negócios durante a Call de Fechamento é de 5% a 10% das operações realizadas em todo dia.

Essa comparação é destacável, haja vista que o período de pré-abertura dura quinze minutos e o de negociação dura seis horas e cinquenta e cinco minutos, enquanto a Call de Fechamento apresenta somente cinco minutos.

O volume se explica pois grande parte dos investidores adotam uma estratégia especial de negociar ativos no preço de fechamento.

Além disso, em razão da alta fragmentação dos mercados, a Call de Fechamento se tornou o único momento do dia possível para que os investidores recebam o benefício da liquidez centralizada, com estabilidade e transparência.

Tipos de papéis Call de Fechamento 

A Call de Fechamento restringe a negociação dos ativos, assim como o After Market, permitindo negociações somente com os ativos que fazem parte das carteiras teóricas dos índices da B3, como é o caso do Ibovespa.

Além disso, é comum que a B3 permita a entrada de determinadas ações, em geral que apresentam maior liquidez, desde que informando previamente o mercado, com no mínimo 30 minutos de antecedência. 

Regras Call de Fechamento

De acordo com o manual de procedimentos operacionais da B3, existem algumas regras exclusivas da Call de Fechamento.

  • O registro das ofertas não resultará em fechamento de operação
  • As ofertas estarão sujeitas aos túneis de rejeição tipo 1 (baseado no preço de fechamento, referência ou de ajuste) e tipo 4 (baseado na quantidade de uma única oferta)
  • É permitido registrar, alterar e cancelar ofertas, desde que observando os procedimentos relativos a leilões
  • A B3 poderá cancelar operações realizadas na abertura do call de fechamento, 
  • A B3 poderá iniciar novo call para ativos e derivativos com aviso prévio ao mercado

Dessa forma, a B3 consegue assegurar o principal objetivo dessa fase operacional: o fechamento dos ativos ou derivativos de forma transparente, seguindo as regras adotadas para a formação do preço teórico.

Horário de funcionamento mercado de ações

A Bolsa de valores tem um cronograma completo para os horários de negociação no mercado de ações, levando em consideração o tipo de mercado (a vista, fracionários, opções, etc) e o período.

Os períodos são divididos entre Cancelamento de ofertas, Pré-abertura, Negociação, Call de Fechamento e After-Market, cada um com sua especificidade.

Dentre eles, se destacam duas Calls, a de abertura e a de fechamento, que acontecem nos 15 minutos que antecedem e nos cinco minutos que finalizam o pregão, respectivamente.