Na próxima semana, serão divulgados os números da produção industrial de abril e ficará definido o preço por ação em oferta da Centauro.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Todo domingo, o TheCap analisa o Calendário Econômico brasileiro e mundial, junto com a Agenda do Mercado Financeiro, destacando os principais eventos que afetarão o mercado financeiro da semana.

Esses comentários sobres os destaques do mercado financeiro da semana de 31/05 a 06/06.

Produção Industrial

Na quarta-feira, 03/06, serão divulgados os números da produção industrial de abril. Antes disso, na segunda-feira, 01/05, sai o resultado do PMI do setor manufatureiro referente a maio.

Analistas acreditam que essas informações vão revelar mais sobre o impacto do isolamento social sobre a atividade econômica do que o PIB do primeiro trimestre, divulgado na sexta-feira passada.

O motivo é que as medidas só começaram a ser adotadas no último mês do trimestre, em março. Enquanto isso, em abril e maio já houve mais tempo para que elas mostrassem seus efeitos sobre a indústria.

Oferta de Ações CNTO3

Na quinta-feira, 04/06, ficará definido o preço por ação em oferta da Centauro (CNTO3). O IPO da empresa ocorreu há pouco mais de um ano.

Outras novidades referentes a ações podem surgir nessa próxima semana.

A Ambipar, empresa de gestão de resíduos e resposta a emergências que atua na prevenção de Covid-19, solicitou que a análise de seu IPO seja retomado.

Além disso, houve notícias recentes de que a Via Varejo (VVAR3) busca realizar um follow-on de R$ 5 bilhões.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Tensão no cenário nacional

Os investidores também devem estar atentos, nessa semana, ao desenvolvimento da tensão entre o governo do presidente Jair Bolsonaro e os outros poderes, especialmente o Judiciário, devido ao tom cada vez mais hostil contra o STF.

Ontem, 30/05, Bolsonaro publicou nas redes sociais que "tudo aponta para uma crise", comentando decisões recentes do Supremo, bem como do TCU e do TSE.

Além disso, grupos de oposição estão se organizando em torno de críticas comuns ao governo, como é o caso do Manifesto Estamos Juntos, o que aumenta o clima de insegurança política no país.

Tensão no cenário internacional

Não é apenas o cenário político nacional que os investidores devem acompanhar nos próximos dias.

No cenário internacional, manifestações populares tomaram os EUA em protesto contra eventos recentes colocando em evidência a desigualdade e o racismo no país.

Em várias cidades e estados, a população foi às ruas; houve queima de veículos, saques e confronto com a polícia. A resposta do presidente Donald Trump também deixou muitos insatisfeitos.

E os EUA também continuam aprofundando a ruptura com a China.

No final da semana passada, Trump anunciou o corte de repasse de verbas à OMS, acusando mais uma vez a Organização de atender aos interesses do país asiático, o qual teria dado direcionamentos errados ao mundo sobre o novo Coronavírus.