Bull Market vs Bear Market: Diferenças e Impacto na Bolsa
| , ,

Bull Market vs Bear Market: Diferenças e Impacto na Bolsa

Saiba identificar as diferenças entre Bull Market vs Bear Market e Impacto na Bolsa de Valores (Bovespa).

Por
Atualizado em 05/05/2020
Avalie esse texto

Bull Market e Bear Market são expressões relacionadas aos movimentos de alta e baixa do mercado de ações. Saber o que fazer em cada um deles define o grande investidor.

O touro e o urso, além de representarem as tendências gerais do mercado, descrevem o estado geral da economia e o emocional do investidor.

Se você acompanha as notícias do mercado financeiro provavelmente já se deparou com os termos Bear Market e Bull Market.

A renda variável alterna ciclos de alta e de baixa. Essas oscilações são nítidas ao longo da história.

O “mercado de touro” e o “mercado de urso” impactam a Bolsa de Valores de formas opostas. Mesmo assim, é possível aproveitar cada um desses ciclos para fazer bons investimentos.

Essa é a estratégia de grandes investidores de sucesso, como Warren Buffett.

“Não importa o quão sereno o dia pode ser, o amanhã é sempre incerto. Não deixe essa realidade assustar você”. – Warren Buffett

Então, você está pronto para entender a diferença entre Bull Market vs Bear Market e como aproveitar os melhores momentos para investir em ações?

Qual a diferença entre Bull Market e Bear Market?

As expressões bull market e bear market representam tendências opostas do mercado financeiro.

Bull Market é um mercado de alta, enquanto que Bear Market é um mercado de baixa.

Elas comumente se referem a estados da bolsa de valores, mas podem ser usadas para qualquer tipo de ativo ou mercado.

De uma forma geral, o Bull Market, ou “mercado de touro”, se refere a ciclos de alta no mercado.

O adjetivo “bullish” se refere a um momento bom da economia e altas sucessivas dos ativos.

Já um Bear Market, ou “mercado de urso” são os ciclos de baixa e “bearish” os momentos de pessimismo e queda nos preços dos ativos.

Apesar de serem opostos, o Bull Market e Bear Market estão intimamente ligados, sendo que um marca o início de outro.

Bull Market: Mercado de Alta

Bull Market significa mercado de alta.  É representado por um mercado em ascensão e otimismo por parte dos investidores.

O preço das ações tende a subir, a economia do país normalmente está forte e os níveis de emprego são altos.

Nesse momento, mais pessoas começam a investir em ações e se acredita que a tendência de alta continuará a longo prazo.

Bear Market: Mercado de Baixa

Bear Market significa mercado de baixa. É representado pela queda dos preços das ações e o pessimismo dos investidores.

A tendência é que os investidores vendam suas ações por medo, com isso, os preços das ações caem ainda mais.

Durante um mercado em baixa, a economia normalmente desacelera e o desemprego aumenta.

Banner will be placed here

Origem dos termos “Bull” e “Bear” Market

Existem algumas teorias de como surgiu as expressões em inglês que designam a tendência do mercado, Bull Market e Bear Market.

A mais famosa faz analogia ao ataque destes dois animais, o touro e o urso.

Enquanto os touros (bull) jogam suas vítimas para o alto com os chifres, a patada do urso (bear) vem de cima para baixo.

Estes movimentos podem ser comparados com a ascensão dos preços dos papéis durante o mercado em alta e a queda dos preços no mercado de baixa, respectivamente.

A origem do Bear Market também está ligada ao antigo provérbio do século XVII: 

“não venda a pele de um urso antes de pegá-lo”.

Isso porque, na época os caçadores vendiam a pele antes mesmo de pegar um urso.

Essa frase foi levada para o mercado acionário, onde os especuladores vendem a descoberto antes de pagarem por elas tentando lucrar com a queda no preço. 

Eram, portanto, chamados de “trabalhadores de pele de urso”, mais tarde reduzido somente a “ursos”.

Por outro lado, aqueles que esperavam que os preços subissem passaram a ser chamados de “touros”.

O touro, inclusive, virou um forte símbolo no mercado de ações.

Certamente você já viu o Touro de Wall Street ou Charging Bull como é chamado (“Touro em investida” em tradução livre).

A escultura do touro de bronze localizada Bowling Green, distrito financeiro de Nova York é considerada um símbolo de força e poder e amuleto de sucesso financeiro. 

Características do mercado de alta e de baixa

Os mercados financeiros tendem a seguir padrões cíclicos, influenciados pelo estado emocional dos investidores e do momento econômico nacional e mundial.

Dessa forma, embora o mercado de ações não seja a economia, ele reflete as preocupações e ansiedades em relação à economia.

A principal característica do mercado de alta ou de baixa é a direção dos preços das ações.

Porém, existem outros fatores a se destacar:

Oferta e Demanda 

Quando o mercado está em alta podemos observar uma forte demanda e fraca oferta de títulos.

Em outras palavras, há muitos investidores que desejam comprar títulos, mas poucos estão dispostos a vender

Como resultado, os preços das ações sobem.

Em um mercado em baixa, é o contrário.

Muito mais pessoas desejam vender do que comprar e os preços das ações caem

Emocional dos Investidores

A Bolsa de Valores é impactada diretamente pelo comportamento dos investidores.

Em um mercado altista existe um clima de otimismo, crença e ganância

Na esperança de obter lucro, mais pessoas investem em ações, o que leva a uma forte atividade de compra e aumento dos preços.

Durante um mercado em baixa, o sentimento é de medo, ansiedade e negação.

A queda dos preços gera uma sensação de pânico generalizada e os investidores começam a vender suas ações na esperança de minimizar o prejuízo.

Isso, por sua vez, causa um declínio ainda maior nos preços à medida que a saída aumenta.

Mudança na Atividade Econômica

As empresas cuja ações são negociadas nas bolsas fazem parte de uma economia maior.

É sabido que a economia e o mercado de ações e estão fortemente ligados.

Portanto, altas e baixas no mercado acionário estão ligadas a mudanças na economia.

Geralmente, ciclos de Bull Market estão ligados a um cenário econômico de otimismo, tais como:

  • Aumento do PIB;
  • Diminuição da inflação;
  • Queda dos juros;
  • Menor taxa de desemprego;
  • Aumento da lucratividade das empresas.

Já os ciclos de Bear Market estão associados a uma economia fraca e fatores como:

  • Diminuição do PIB;
  • Aumento da inflação;
  • Aumento dos juros;
  • Maior taxa de desemprego;
  • Acúmulo de dívidas em setores industriais.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Ciclos do Mercado

Os mercados são marcados por ciclos de expansão e de contração que fazem a bolsa variar do pessimismo ao otimismo.

Mercados em alta e mercados em baixa sempre existiram, por isso mesmo é que se chama renda variável.

Nesse processo, o investidor inteligente é capaz de aproveitar os períodos de altas e baixas para multiplicar seu patrimônio.

Basta observar a história dos mercados e verá que ele é cíclico.

A grande questão é que, como Warren Buffett costuma dizer:

O que nós aprendemos da história é que as pessoas não aprendem com a história.

Observe como a história se repete:

Em ciclos de alta, o sentimento é positivo. O país volta a crescer, o desemprego diminui, várias empresas têm resultados bons.

A imprensa começa a falar da bolsa de valores, as pessoas a veem como uma oportunidade de alcançar grandes lucros.

Mais pessoas começam a investir em ações e o preço dos papéis sobe.

Conforme os preços continuam subindo, o sentimento é de mais otimismo e impulsiona o mercado ainda mais.

Nessa fase as ações já custam mais que dobro da época do pessimismo.

Tomados por um forte senso de ganância o mercado chega a fase de euforia e muitos investidores se tornam irracionais. 

Empolgados pelo crescimento do mercado, perdem a noção do valor real e acabam pagando valores muito altos por um ativo apenas por acreditarem que o mercado continuará subindo. 

O problema é que quando o preço aumenta demais, existe um ponto de pico considerado o ponto maior de risco financeiro.

Com a tomada excessiva de riscos o mercado começa a cair com força.

Essa queda é fruto de algum acontecimento imprevisível. Seja uma crise, ou até uma pandemia, como aconteceu recentemente.

gráfico do ciclo do mercado
Ciclo do mercado

Quando o mercado começa a mudar de Bull Market para Bear Market, gera sentimentos de ansiedade, negação e pânico.

Com a bolsa caindo, muitos investidores começam a vender suas ações. 

À medida que os preços caem ainda mais, a onda de vendas fica mais forte.

O indicador VIX alcança valores altos, indicando uma grande volatilidade no preço das ações causada pelo medo generalizado.

Quando o mercado chega no seu ponto mais baixo, os grandes investidores enxergam uma ótima oportunidade de comprar ações abaixo do seu valor intrínseco.

Essa é a estratégia do Value Investing, utilizada por gigantes do mercado acionário como Warren Buffett e Benjamin Graham.

Eventualmente, a tendência de baixa acaba, o mercado se estabiliza e inicia-se um novo ciclo de otimismo.

Veja, por exemplo, os períodos de Bull e Bear Market da Bolsa dos Estados Unidos.

tempo de duracao do bull market vs bear market bolsa americana
Tempo de duração do bull market vs bear market. Fonte: First Trust

Como ganhar dinheiro no Bull Market e no Bear Market

A melhor estratégia para lucrar na Bolsa de Valores é continuar aportando todo mês em ações de boas empresas.

Tanto mercados de alta quanto de baixa são passageiros.

Como ninguém consegue prever com exatidão quando o ciclo vai mudar, o ideal é ter cautela.

No longo prazo as probabilidades estão do lado investidor.

Portanto, investidores que utilizam da análise fundamentalista e possuem uma boa alocação de ativos se dão muito bem independentemente do período.

No mercado em alta, aquele que aproveitar o início da tendência se beneficia do aumento dos preços das ações.

No entanto, são nos momentos mais agudos que investidores inteligentes se posicionam para fazer verdadeiras fortunas. 

Existe uma citação famosa atribuída ao Barão de Rothschild que diz:

Compre quando houver sangue nas ruas. Mesmo que o sangue seja seu.

E Warren Buffett também disse algo semelhante:

Seja ganancioso quando os outros estão com medo e seja medroso quando os outros são gananciosos.

Ou seja, vá contra a manada.

Seja em um mercado em baixa ou em alta, grandes investidores fazem o oposto do que todo mundo está fazendo.

A melhor estratégia para lucrar no Bear Market é manter a calma e ter paciência.

Quando o mercado está em baixa o pessimismo impera.

Com o medo generalizado, mais pessoas querem vender suas ações na esperança de reduzir prejuízos, o que pode gerar prejuízos ainda maiores.

Por outro lado, investidores do Value Investing encontram boas oportunidades para adquirir ações com preços descontados.

Como é difícil cronometrar o fundo do mercado o ideal é comprar ações ao longo do Bear Market.

Mas não comprar já pensando em vender para lucrar com a alta do preço das ações, mas sim, comprar ações de boas empresas com descontos no seu preço.

Sendo assim, a forma mais sensata de encarar a compra de ações é pensar que o prazo desse investimento é indeterminado (buy and hold). 

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Conclusão

Os termos Bull Market e Bear Market são usados ​​para descrever o desempenho das bolsas de valores, seja quando estão valorizando ou depreciando. 

O mercado de renda variável varia. Assim, tem seus ciclos de alta e de baixa. Essa é a dinâmica da bolsa de valores.

O mercado acionário é determinado pela economia e mais ainda pelas atitudes dos investidores.

Portanto, crises financeiras, pandemias, preços em queda, pânico generalizado e notícias assustadoras são coisas que vão acontecer de tempos em tempos.

Assim como economia animadora, preços em alta, otimismo e recorde de lucros.

O que se vê é que não importa o momento do mercado, o investimento em ações tende a apresentar retornos positivos em horizontes de longo prazo.

Não esqueça de diversificar os seus investimentos, fazendo uma alocação de ativos de acordo com o seu perfil de investidor, você pode descobrir o seu com esse teste online e receber gratuitamente uma carteira de ativos.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais