O BTG Pactual (BPAC11) confirmou nesta terça-feira, 8, que sua oferta pública primária (follow on) com esforços restritos de distribuição foi precificada a R$ 122,01 por unit, com a conclusão do processo de Bookbuilding.

Considerando que cada Unit é formada por uma ação ON e duas PN, o preço por ação é correspondente a R$ 40,67.

Em fato relevante, o banco informa que foram emitidas 24.402.000 units, compreendendo 24.402.000 ações ON e 48.804.000 ações PN, considerando exercício integral do lote adicional.

Com isso, o banco movimentou um total de R$ 2,977 bilhões com a oferta, "valor este que corresponderá ao montante do aumento de capital do Banco". O valor ainda está sujeito à homologação, acrescenta o BTG.

De acordo com fontes ouvidas pelo Broadcast, precificada a R$ 122,01 por unit, a oferta do BTG atraiu uma demanda de seis vezes superior ao montante oferecido de units.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Resultado da BTG Pactual no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da BTG Pactual (BPAC11) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 11 de maio, O Banco BTG Pactual registrou um lucro líquido de R$ 1,17 bilhão no 1T21, apresentando crescimento de 53% na comparação com o 1T20.

Por sua vez, o lucro líquido ajustado do Banco BTG Pactual no 1T21 totalizou R$ 1,197 bilhões.

O índice de eficiência do Banco BTG Pactual totalizou 43% no 1T21, permanecendo estável quando comparado com o mesmo período de 2020.

O Índice de Basiléia é um importante indicador utilizado para medir a solvência das instituições financeiras, que na prática indica o risco de você investir no banco.

As ações do BTG Pactual (BPAC11) acumulam alta de 1,23% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 89,26% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.