O BTG Pactual (BPAC11) anunciou nesta terça, 1º, a compra da Elite Investimentos, uma das corretoras mais tradicionais do Rio de Janeiro, fundada na década de 1980.

Foi a segunda aquisição do banco em uma semana - no dia 26 de janeiro, comprou a carteira de clientes pessoas físicas da Planner -, o que comprova sua proposta agressiva para elevar a plataforma de investimento para esse público.

As aquisições do BTG dão sequência a um início de ano bastante aquecido nesse mercado.

A XP comprou uma fatia da Suno e o banco Modal em janeiro. O Itaú Unibanco (ITUB4), por sua vez, ficou com 50,1% da Ideal, por R$ 650 milhões.

O Itaú possui ainda o direito de comprar mais 11,38% da XP, conforme o acordo celebrado há mais de quatro anos. 

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Sinergias 

Segundo o sócio responsável pelo BTG Pactual digital, Marcelo Flora, que comanda a plataforma de investimento, a aquisição da Elite é estratégica e traz ganhos de sinergia.

"A aquisição vai permitir unir a expertise dos funcionários e assessores da Elite com a estrutura de produtos, serviços e tecnologia do BTG, permitindo ganhar ainda mais escala, com diluição de custos, ganhos de eficiência, sinergia e produtividade", afirmou, em comunicado.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Para o sócio da consultoria Spiralem, Bruno Diniz, a transação do BTG reforça a consolidação das plataformas de investimentos no País.

"Vamos ver os players independentes e regionais na mira das plataformas", prevê o especialista. Ele citou o ganho de escala que será agregado ao BTG com a carteira de clientes da Elite.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da BTG Pactual no Terceiro Trimestre de 2021

O resultado da BTG Pactual (BPAC11) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 09 de novembro, registrou um lucro líquido de R$ 1,7 bilhão no 3T21, apresentando crescimento de 74% na comparação com o 3T20.

A receita total do Banco BTG Pactual atingiu R$ 3,8 bilhões no 3T21, apresentando alta de 55,0% na comparação com o 3T20.

O Índice de Basiléia do Banco BTG em setembro de 2021, totalizou 16,1%, apresentando retração de -1,2 ponto percentual na comparação com junho de 2021.

As ações do BTG Pactual (BPAC11) acumulam alta de 11,32% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 2,11% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.