A BRF (BRFS3) investiu R$ 197,3 milhões em ações socioambientais em 2021, dos quais R$ 134,6 milhões em projetos de redução de impacto ambiental, segundo o Relatório Integrado de 2021 da companhia.

Em relação à meta que assumiu de se tornar NetZero até 2040, a empresa relatou que cerca de 90% do consumo de energia (combustíveis + eletricidade) foram provenientes de fontes renováveis no último ano, com redução, ainda, de 7,3% no consumo de água nas operações internacionais.

De acordo com o documento, a Política de Compra Sustentável de Grãos, que determina diretrizes para a rastreabilidade de 100% dos grãos provenientes da Amazônia e Cerrado, mostrou que a BRF teve 75% de rastreabilidade de grãos adquiridos de fornecedores diretos nestes biomas em 2021.

O relatório apontou, ainda, que por meio do convênio com o Banco do Brasil, onde foram disponibilizados R$ 200 milhões em limites de financiamento de crédito aos produtores, foi possível realizar a instalação de painéis solares em granjas de mais de 100.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da BRF no Quarto Trimestre de 2021

resultado da BRF (BRFS3) no quarto trimestre de 2021 (4t21), divulgado no dia 23 de fevereiro, apresentou lucro líquido de R$ 964 milhões no 4T21, uma alta de 6,9% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda ajustado da BRF atingiu R$ 1,6 bilhão no 4T21, apresentando crescimento de 6,3% na comparação com o 4T20.

margem Ebitda ajustada da BRF totalizou 12,3% no 4T21, apresentando retração de -1,5 pontos percentuais na comparação com o 4T20.

margem líquida da BRF atingiu 6,8% no 4T21, apresentando retração de -1,1 pontos percentuais na comparação com o 4T20

As ações da BRF (BRFS3) acumulam cotação de queda de 8,48% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 37,21% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.