Brasil tem 11 Novos Bilionários no Ranking da Forbes 2021
|

Brasil tem 11 Novos Bilionários no Ranking da Forbes 2021

Ao todo, são 65 bilionários brasileiros na lista dos mais ricos do mundo, sendo 11 estreantes.

Por
Atualizado em 07/04/2021

O ranking global dos bilionários da revista americana Forbes de 2021 tem 11 novos bilionários brasileiros. Das 2,7 mil pessoas, 56 moram no Brasil.

A lista dos mais ricos do mundo divulgada nesta terça-feira (6) considera apenas o país de domicílio de executivos e empresários.

Desta forma, bilionários brasileiros como Jorge Paulo Lemann, sócio da 3G Capital e sócio da cervejaria AB Inbev (ABUD34), não entram na lista brasileira.

Mesmo sendo o brasileiro mais rico, ele aparece na lista da Suíça, país onde reside.

O mesmo acontece com o bilionário Antônio Luiz Seabra, da Natura (NTCO3), que aparece como listado pelo Reino Unido. 

Quando essa divisão de domicílio é desconsiderada, a presença nacional na lista sobe para um total de 65 pessoas, sendo que 11 são novatos no ranking.

Mesmo com a pandemia que assolou o mundo e fez a economia do País recuar mais de 4% em 2020, o avanço do número de bilionários brasileiros foi grande.

Em 2020 haviam 45 brasileiros listados.

Os executivos e empresários listados em 2021 têm, no total, um patrimônio de quase US$ 220 bilhões, ante os US$ 127 bilhões registrados no ano passado. 

11 novos bilionários brasileiros

Onze nomes apareceram pela primeira vez na lista. Parte deles tem sua ascensão ligada ao crescimento de seus negócios, investimentos recebidos de fontes privadas ou a aberturas de capital (IPOs).

Cinco das caras novas estão ligadas ao setor financeiro.

Entre eles estão os herdeiros do banqueiro Joseph Safra, brasileiro mais rico da lista do ano passado e falecido em dezembro de 2020.

Os quatro irmãos passaram a constar na lista global da Forbes de forma conjunta, com uma fortuna combinada estimada em US$ 7,1 bilhões e a 358º posição no ranking dos maiores bilionários.

O segundo entre os brasileiros estreantes é David Velez, do Nubank, com US$ 5,2 bilhões e 539º no ranking geral.

Velez, no entanto, é nascido na Colômbia, mas como reside no Brasil, entra na lista pelo país.

O banco digital  recebeu um aporte de US$ 400 milhões em janeiro de 2021, em uma operação liderada pelo GIC, fundo soberano de Cingapura.

Uma abertura de capital também já está no horizonte da instituição financeira.

O terceiro estreante mais rico é Guilherme Benchimol, da XP, que aparece em 1205º na lista geral, com US$ 2,6 bilhões.

A XP abriu o capital na Nasdaq no fim de 2019 e teve forte crescimento no ano passado.

Outros estreantes na lista dos bilionários brasileiros incluem Ilson Mateus, o ex-garimpeiro que criou a rede de atacarejo Grupo Mateus (GMAT3) e que estreou na B3 ano passado.

A alta no valor de mercado de empresas listadas na bolsa no ano da pandemia também fez surgir novos bilionários.

É o caso da Magazine Luiza (MLGU3) que teve outros integrantes da família Trajano entrando na lista dos bilionários esse ano.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Veja a lista completa dos 11 brasileiros estreantes na lista de bilionários da Forbes:

1) Irmãos Safra

Posição no ranking geral: 358ª

Fortuna estimada: US$ 7,1 bilhões

Setor: bancário (banco Safra)

2) David Velez

Posição no ranking geral: 539ª

Fortuna estimada: US$ 5,2 bilhões

Setor: fintech (Nubank)

3) Guilherme Benchimol

Posição no ranking geral: 1.205ª

Fortuna estimada: US$ 2,6 bilhões

Setor: financeiro (XP)

4) André Street

Posição no ranking geral: 1.249ª

Fortuna estimada: US$ 2,5 bilhões

Setor: fintech (Stone)

5) Eduardo de Pontes

Posição no ranking geral: 1.299ª

Fortuna estimada: US$ 2,4 bilhões

Setor: processamento de pagamentos (Stone)

6) Fabricio Garcia

Posição no ranking geral: 1.517ª

Fortuna estimada: US$ 2,1 bilhões

Setor: varejo (Magazine Luiza)

7) Flavia Bittar Garcia Faleiros

Posição no ranking geral: 1.517ª

Fortuna estimada: US$ 2,1 bilhões

Setor: varejo (Magazine Luiza)

8) Fernando Trajano

Posição no ranking geral: 2.035ª

Fortuna estimada: US$ 1,5 bilhão

Setor: varejo (Magazine Luiza)

9) Ilson Mateus

Posição no ranking geral: 2.141ª

Fortuna estimada: US$ 1,4 bilhão

Setor: supermercado (Grupo Mateus)

10) Anne Werninghaus

Posição no ranking geral: 2.524ª

Fortuna estimada: US$ 1,1 bilhão

Setor: indústria de máquinas (WEG)

11) Maria Pinheiro

Posição no ranking geral: 2.674ª

Fortuna estimada: US$ 1 bilhão

Setor: supermercado (Grupo Mateus)

Banner will be placed here

Brasileiros mais ricos em 2021

Como a lista deste ano considera o país de residência, ficaram de fora os bilionários brasileiros Jorge Paulo Lemann (114º) e Eduardo Saverin (140º), entre outros.

Dos 56 residentes no Brasil na lista de bilionários da Forbes, o mais bem colocado é Marcel Herrmann Telles, um dos donos da Ambev (ABEV3), com uma fortuna estimada em US$ 11,5 bilhões, em 191º no ranking geral (39 posições acima do lugar que ocupava em 2020).

Em segundo está Jorge Moll Filho, fundador da Rede D’Or (RDOR3), cujo patrimônio saltou de US$ 2 bilhões para US$ 11,3 bilhões com o IPO da rede de hospitais.

Veja a lista dos cinco mais ricos do Brasil:

1- Marcel Herrmann Telles

Posição no ranking geral: 191ª

Fortuna estimada: US$ 11,5 bilhões

Origem: Ambev

2- Jorge Moll Filho

Posição no ranking geral: 194ª

Fortuna estimada: US$ 11,3 bilhões

Origem: rede de hospitais D’Or

3- Irmãos Safra

Posição no ranking geral: 358ª

Fortuna estimada: US$ 7,1 bilhões

Origem: herdeiros do Banco Safra

4- Dulce Pugliese de Godoy Bueno

Posição no ranking geral: 451ª

Fortuna estimada: US$ 6 bilhões

Origem: Amil

5- Alceu Elias Feldmann

Posição no ranking geral: 520ª

Fortuna estimada: US$ 5,4 bilhões

Origem: Fertipar

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE