Apesar de todas as dificuldades dos brasileiros para comprar a casa própria – burocracia, comprovação de renda, altas taxas de juros – o país, quem diria, está entre os que mais dão acesso à aquisição de imóveis no mundo.

O Brasil ocupa a 5ª posição no estudo da Compare the Market, que analisou os preços médios dos imóveis por metro quadrado e também a renda familiar das populações.

A renda média dos brasileiros é de US$ 12.701. São pessoas que tentam adquirir bens que custam, por metro quadrado, em média, US$ 1.151,71.

O índice de acessibilidade ficou em 9,1%.

O país mais acessível, de acordo com o levantamento, foi a Turquia. O preço por metro quadrado por lá é de US$ 736,12 e a renda familiar média, de US$ 18.302. Com isso, o índice de acessibilidade ficou em torno de 4%. Esse índice, quanto menor, melhor.

Mesmo tendo valores considerados salgados, os Estados Unidos aparecem em segundo lugar, com preço por metro quadrado de US$ 2.845,82.

→ Como Ganhar Dinheiro com Imóveis? Veja os 3 Melhores Fundos Imobiliários para Lucrar todos Meses

É que os norte-americanos registram uma renda média disponível que acompanha esse patamar, de US$ 45.284. A taxa de acessibilidade chegou a 6,3%.

O terceiro país mais acessível foi o México, com um índice de acessibilidade de 7,1%. O país tem algumas nuances que foram levadas em conta no estudo.

A renda média dos mexicanos é bastante baixa em comparação a outros locais, com uma média de US$ 13.965.

No entanto, oferece algumas das moradias mais baratas, com uma média de US$ 984,63 por metro quadrado.

Na África do Sul, quarta posição do levantamento, o valor por metro quadrado dos imóveis é de US$ 866,27, e a renda média das famílias é de US$ 11.592, com uma taxa de acessibilidade de 7,5%.

→ Como Ganhar Dinheiro com Imóveis? Veja os 3 Melhores Fundos Imobiliários para Lucrar todos Meses

“Tentar comprar um imóvel agora é mais difícil do que nunca, principalmente em razão da pandemia.

No entanto, os rendimentos anuais e os preços desses bens variam muito de um país para o outro e, portanto, não são más notícias para todos, especialmente para as nações que se classificam como mais acessíveis para comprar imóveis", diz Stephen Zeller, gerente-geral de seguro residencial e de conteúdo da Compare the Market.

Fonte: Valor Investe.