A BR Distribuidora (BRDT3) realizou nesta sexta-feira (18), a liquidação total de uma dívida de 161,8 milhões de reais referente ao Novo Plano de Equacionamento de Déficit (PED), negociado em julho com o fundo de pensão Petros, informou a companhia em fato relevante.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Embora houvesse acordo para parcelamento do montante em 15 anos, a empresa disse que avaliou a quitação da dívida como oportuna em meio a uma recuperação macroeconômica no Brasil.

“Continuamos observando uma gradual retomada em nossos volumes e um reaquecimento nas atividades industriais, comerciais e de serviços”, disse a companhia.

“Aliado com a nossa atual estável geração de caixa e nível de endividamento, avaliamos oportuno antecipar o pagamento em vez de realizar parcelamento em 15 anos que seria corrigido anualmente pela meta atuarial”, acrescentou.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da BR Distribuidora no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da BR Distribuidora (BRDT3) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 10 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 335 milhões, queda de 74,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da BR Distribuidora atingiu R$ 834 milhões no 3t20, apresentando crescimento de 1,8% na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da BR Distribuidora totalizou 3,9% no 3t20, apresentando crescimento de 0,5 ponto percentual na comparação com o 3t19. 

As ações da BR Distribuidora (BRDT3) acumulam alta de 0,19% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 21,18% nos últimos 12 meses.

Fonte: Reuters.