O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira, 6, que espera resolver a alta dos combustíveis "nos próximos dias".

"Eu espero, nos próximos dias, tenho conversado com Economia, resolver essa questão aí", declarou.

Bolsonaro reuniu ministros do primeiro escalão em seu gabinete na semana passada para discutir a possibilidade de editar um decreto de calamidade pública e, assim, criar um subsídio aos combustíveis.

Na ocasião, o ministro da Economia, Paulo Guedes, convenceu o presidente a esperar mais um pouco e prometeu resolver a questão.

Ainda na entrevista, Bolsonaro voltou a criticar a Petrobras (PETR4) . "Tem uma ganância enorme.

Onde Investir no Cenário Político Atual? Baixe Grátis o Relatório “Os Melhores Investimentos com a Política Atual".

Lucro da Petrobras é algo exagerado", disse o presidente, que ainda reiterou críticas à política de preços da empresa.

"No meu entender, uma medida muito errada." Ele também atacou o desinvestimento na área de refino, ao suposto descumprimento da "função social" da companhia e disse esperar que não haja um novo aumento dos combustíveis. "Por mim, eu não aumentaria."

Resultado da Petrobras no Primeiro Trimestre de 2022  

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do 1T22, foram divulgados no dia 8 de Maio, apresentou um lucro líquido de R$ 44,8 bilhões no 1T22, alta de 3.409,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 77,7 bilhões no 1T22, apresentando crescimento de 58,8% na comparação com o 1T21.

margem líquida da Petrobras atingiu 31,6% no 1T22, apresentando crescimento de 30,1 pontos percentuais na comparação com o 1T21.

A ações da Petrobras (PETR4) acumulam queda de 0,98% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 55,07% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Contéudo.