Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), mais de 100 bolsas ao redor do mundo participam do evento de toque de sinos na abertura do pregão na segunda-feira.

O objetivo é aumentar a consciência sobre o empoderamento econômico das mulheres e as oportunidades no setor privado e incentivar a equidade de gênero.

É o sétimo ano consecutivo que o evento acontece simultaneamente nas bolsas de valores em todo o mundo e é o quinto ano consecutivo que a B3 participa do toque de campainha.

O evento “Ring the Bell for Gender Equality” – Toque de sinos para a equidade de gênero- é uma iniciativa da Sustainable Stock Exchanges Initiative (SSE) em conjunto com o Pacto Global, ONU Mulheres, International Finance Corporation (IFC), Women in ETFs (WE) e World Federation of Exchanges (WFE).

Neste ano, devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, o evento poderá ser acompanhado pela internet.

No painel, que ocorre entre 9h e 10h05 de segunda-feira (8), os convidados contarão suas experiências e benefícios de trilhar essa trajetória em busca de mais diversidade, além de reforçar o papel da liderança feminina para alcançar um futuro equânime mesmo diante do cenário de covid-19.

A igualdade de gênero é uma das 17 metas de desenvolvimento sustentável acordadas pelos Estados membros da ONU.

As bolsas de valores estão posicionadas de maneira única para influenciar seu mercado de uma forma que poucos conseguem.

A iniciativa do toque de sinos nas bolsas de valores ajuda a disseminar essa conscientização de equidade conectando-se com empresas, investidores e apoiando o desenvolvimento sustentável nos mercados de capitais.

B3 anunciará formas de auxiliar as empresas a avançarem na agenda de diversidade e inclusão 

Como parte da iniciativa, as bolsas de valores estão trabalhando com investidores e empresas para tomar medidas práticas para promover a igualdade de gênero.

Seja por meio de requisitos de listagem, documentos de orientação voluntários, produtos de investimento ou políticas internas e treinamento e conscientização.

Em março de 2020, 77 bolsas tocaram seus sinos pela equidade de gênero. Este ano, esperam-se mais de 100 bolsas de valores participando com parceiros locais hospedando eventos virtuais em todo o mundo.

Este ano, o tema das Mulheres da ONU para o Dia Internacional da Mulher de 2021 é: “Mulheres na liderança: Alcançando um futuro igual em um mundo COVID-19”.

Com isso, celebra os esforços de mulheres em todo o mundo na construção de um futuro mais igualitário e na recuperação do Pandemia do COVID-19.

Mulheres na B3

O número de mulheres que investem na bolsa de valores vem aumentando. Segundo dados da B3, a Bolsa brasileira, em 2020 o número de investidoras pessoa física saltou 118%.

Em fevereiro de 2021, eram 886 mil mulheres na B3. Porém, isso corresponde a apenas 26,5% do total de investidores pessoas físicas.