São muitos os fatores que refletiram na desvalorização do Ibovespa, como a variante Ômicron e o descumprimento do teto de gastos no país.

Tais acontecimentos aumentaram a percepção de risco dos investidores, levando o índice a registrar uma queda de -5,55% nos últimos 3 meses de 2021.

Gráfico do Desempenho do Ibovespa no 4T21
Gráfico do desempenho do Ibovespa no 4T21. Fonte: Google

As ações ficaram altamente subavaliadas pelo mercado, com uma relação preço/lucro na mínima dos últimos 13 anos, tornando a B3 uma das bolsas mais baratas no mundo.

Embora o Ibovespa tenha recuperado parte dessa perda registrada em 2021, o fato é que muitas ações estão sendo negociadas por um preço muito abaixo do que elas realmente valem.

Como já dizia o megainvestidor Warren Buffett: “Aproveite a oportunidade enquanto pode.”

Veja alguns dos fatores que contribuíram para a desvalorização do Ibovespa e, porque comprar bolsa aos 105 mil pontos.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Entrada de Capital Estrangeiro na B3

Mesmo com a queda do Ibovespa, os investidores estrangeiros aportaram R$ 29,2 bilhões na bolsa brasileira no 4º trimestre de 2021.

Vale ressaltar que os investimentos estrangeiros na B3 alcançaram a marca recorde de R$ 100 bilhões em 2021.

O movimento mais intenso foi constatado no 2º trimestre de 2021, quando os investidores estrangeiros aportaram cerca de R$ 46,8 bilhões na Bovespa. Veja no gráfico abaixo:

Gráfico do Fluxo Mensal de Investidores Estrangeiros
Gráfico do fluxo dos investimentos de estrangeiros na Bovespa. Fonte: B3

Além da menor cotação das ações blues chips, a estabilidade do risco-país atraiu os olhares dos investidores estrangeiros. 

O EMBI + Risco-Brasil calculado pelo banco JP Morgan para medir a situação do risco-país brasileiro, permaneceu próximo aos 300 pontos nos últimos 3 meses de 2021. Veja no gráfico a seguir:

Gráfico do EMBI Risco-Brasil
Gráfico do desempenho do EMBI + Risco-Brasil. Fonte: Ipeadata

Alta das Taxas de Juros

A escalada da taxa básica de juros no país foi um dos fatores que influenciaram na baixa do Ibovespa no 4º trimestre de 2021.

Em sua última reunião de 2021, o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou a taxa Selic para +9,25% ao ano, como medida de política monetária para controlar a inflação no país.

Isso desencadeou uma maior volatilidade na bolsa de valores brasileira, à medida que a alta na taxa básica de juros acaba impactando o prêmio de risco do mercado de ações.

O mesmo aconteceu no exterior, quando o Federal Reserve (Fed) sinalizou um aumento na taxa de juros nos Estados Unidos para este ano.

Tal fato, desencadeou um temor nos investidores brasileiros de uma fuga de capital estrangeiro de países emergentes como o Brasil.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Desvalorização do Real

O real foi uma das moedas que mais se desvalorizou em 2021, influenciado pelas incertezas do cenário político e econômico.

Um dos principais motivos da depreciação do real, foi o aumento do risco fiscal no país, causado principalmente pelo descumprimento do teto de gastos.

Um dos efeitos da alta do dólar, é a saída de capital estrangeiro, afetando o desempenho do índice acionário brasileiro.

Cabe lembrar, que grande parte do capital aplicado na bolsa brasileira é de investidores estrangeiros. 

Por este motivo, a entrada de capital estrangeiro na bolsa brasileira tem grande influência na valorização do Ibovespa. 

Bolsa Mais Barata do Mundo

Negociada aos 105 mil pontos, o Preço/Lucro (P/L) da bolsa de valores brasileira se encontra próximo de 8,0x, nível mais baixo em 13 anos.

Embora o desempenho dos indicadores econômicos tenha deixado os investidores cautelosos, os recentes dados das empresas do Ibovespa revelam que agora é momento de investir na bolsa brasileira.

A maior parte das empresas listadas na Bovespa entregaram resultados acima das expectativas no 3º trimestre de 2021.

Além disso, o lucro das empresas foi maior quando comparado com o período pré-pandemia, ou seja, a maior parte das empresas retomaram o crescimento de seus lucros.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Investir no Ibovespa é uma Ótima Oportunidade?

De fato, o mercado acionário brasileiro deve ficar mais volátil com a alta da taxa de juros, crescimento econômico mais lento e eleições presidenciais.

Em contrapartida, a bolsa brasileira chegou próximo ao seu fundo, sendo negociado atualmente aos 105 mil pontos, oferecendo um ótimo ponto de entrada.

Uma das maiores apostas para 2022, são as ações de commodities devido à valorização do preço do petróleo e do minério de ferro.

Além disso, grande parte das empresas listadas na B3 entregaram lucro acima das expectativas do mercado.

Isso demonstra o quanto as ações brasileiras estão baratas frente aos seus reais fundamentos.

Então, com toda certeza, investir no Ibovespa aos 105 mil pontos é uma ótima alternativa de investimento para este ano.

Para investir de forma segura teste seu perfil de investidor e invista de forma consciente.

Para quem deseja ir além, recomendo baixar meu e-book gratuito “As 3 Melhores Ações para Investir Hoje.”

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.