O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou dois financiamentos para a operadora de logística marítima Wilson Sons, no valor total de R$ 345 milhões.

Os recursos são oriundos do Fundo de Marinha Mercante (FMM), operado pela instituição de fomento.

Os financiamentos serão destinados para "investimentos em manutenção e ampliação da frota de rebocadores do grupo, um dos maiores em atividade na costa brasileira", informou o BNDES, em nota.

Um dos empréstimos, de R$ 227,2 milhões, financiará a construção de cinco rebocadores.

Os modelos encomendados pela Wilson Sons foram projetados para "reduzir o consumo de energia, o que se alcança quando a demanda de potência (combustível) por tonelada de carga é menor", segundo o BNDES.

A segunda operação, de R$ 117,9 milhões, financiará a manutenção de 29 rebocadores que já integram a frota da operadora.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

O foco da manutenção desses rebocadores será também na melhoria da eficiência do consumo energético das embarcações.

"Os dois financiamentos aprovados pelo BNDES utilizam recursos do Fundo da Marinha Mercante, do qual o Banco é agente financeiro, e estão alinhados a objetivos do Plano Nacional de Logística e Transportes, uma vez que o uso de rebocadores mais eficientes racionaliza custos logísticos e de movimentação portuária no modal aquaviário", diz a nota do BNDES.

Fonte: Estadão Conteúdo.