O CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, continua acreditando no bitcoin (BTC) e comparou o recente crash das criptomoedas aos primeiros dias das indústrias de petróleo e automóveis.

O Bitcoin caiu mais de 70% de sua alta histórica de US$ 69.000 no outono passado, resultando em perdas de papel de mais de US$ 1 bilhão para a MicroStrategy, que detém cerca de 129.000 bitcoins. Mas a empresa de software empresarial não vai vender.

"Estamos aqui para o longo prazo. O Bitcoin vai sobreviver a todos nós", disse ele em entrevista à CNN , acrescentando mais tarde que "estamos testemunhando o nascimento de uma nova indústria". 

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Ele disse que há mais de 100 anos, milhares de empresas petrolíferas e automobilísticas foram lançadas, mas a maioria delas faliu.

"Muitos deles faliram - 99% - mas o resto é história. Temos carros, o negócio de petróleo é um grande negócio, mudou o futuro do mundo."

Saylor tem sido um grande defensor do bitcoin, levando a MicroStrategy a ser uma das maiores detentoras públicas do ativo. 

No início deste ano, a empresa emprestou mais de US$ 200 milhões de um banco de empréstimo de criptomoedas para adicionar mais tokens ao seu estoque, elevando seu total de bitcoins na época para US$ 6 bilhões.

Mas à medida que suas perdas relacionadas ao bitcoin se acumularam, o preço das ações da MicroStrategy caiu quase 70% desde o início deste ano e quase 16% no mês passado, chegando a US$ 170,93 na quarta-feira. 

"Estamos aqui para o longo prazo", disse Saylor à CNN. "É incorruptível, indestrutível, programável, dura para sempre."

Fonte: Business Insider