Bitcoin (BTC) é o "ouro digital"? Embora a criptomoeda seja frequentemente descrita como uma alternativa ao ouro, seu comportamento histórico sugere que está mais intimamente relacionada às ações.

Muitos investidores foram atraídos para o setor de criptomoedas com o objetivo de obter exposição a retornos não correlacionados a classes de ativos tradicionais, como ações, títulos e metais preciosos, além de se proteger contra o aumento da inflação.

Mas analistas do site Business Insider ilustram através de dois gráficos que descrevem o desempenho relativo em meio às recentes correções do mercado de ações, que o bitcoin está mais positivamente correlacionado com as ações do que alguns podem pensar.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

O primeiro mostra que quando as ações caíram quase 20% no quarto trimestre de 2018, o bitcoin caiu até 50%, enquanto o ouro foi negociado quase 8%. 

A volatilidade do mercado foi desencadeada por um Federal Reserve agressivo e preocupações de desaceleração do crescimento econômico devido às tarifas comerciais. 

ouro ações bitcoin em 2018
Fonte: Koyfin / Business Insider

O segundo mostra o comportamento dos ativos no início da pandemia do COVID-19, em 2020, quando o bitcoin novamente caiu quase 50%, enquanto as ações caíram até 34%. 

Em meio à venda dos ativos de risco, o ouro provou mais uma vez sua posição como um ativo de refúgio.

ouro bitcoin ações 2020
Fonte: Koyfin / Business Insider

Atualmente, em meio a um declínio no mercado de ações, o bitcoin caiu 17% enquanto o ouro está estável. 

Segundo a publicação do Business Insider, os dados são claros que, por enquanto, o bitcoin é menos uma proteção contra a inflação e, em vez disso, é um ativo de risco volátil que se sai bem quando as ações vão bem e vice-versa.

A analista técnica Katie Stockton, da Fairlead Strategies, destacou esse fato em uma nota na sexta-feira.

"A correlação entre o bitcoin e o benchmark de alto crescimento ARKK ainda está em ~60% no acumulado do ano, contra ~14% no preço do ouro, lembrando-nos de categorizar bitcoin e altcoins como ativos de risco em vez de refúgios seguros", disse ao Insider. 

Uma razão pela qual o ouro atua como um porto seguro confiável em meio à turbulência do mercado é que ele tem uma história de milhares de anos de retenção de alguma forma de valor. 

Enquanto isso, o bitcoin acaba de comemorar seu 13º aniversário.

Quando se trata de investimento baseado em evidências, os investidores valorizam mais os dados.

Analistas do Business Insider concluem que o ouro tem os dados para respaldar sua posição como um ativo de refúgio, enquanto o bitcoin ainda não. 

Mesmo assim, a moeda digital é uma alternativa para a diversificação do portfólio que deve ser considerada dependendo do seu perfil de investidor e objetivos.

Fonte: Business Insider

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.