A Berkshire Hathaway (BERK34) de Warren Buffett atingiu valor de mercado recorde de US$ 700 bilhões esta semana. Enquanto a maioria dos CEOs estaria estourando o champanhe, Buffett pode ter sentimentos contraditórios sobre a conquista.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O lendário investidor caçador de pechinchas está ansioso para gastar cerca de metade dos US$ 149 bilhões em caixa da Berkshire, mas ele tem lutado para encontrar negócios nos últimos anos. 

As ações subiram para níveis recordes, e as empresas de private equity e empresas de aquisição de propósito específico (SPACs) estão precificando as aquisições.

Com falta de opções, Buffett tem aumentado as recompras de ações

A Berkshire recomprou um recorde de US$ 25 bilhões de suas ações em 2020 e provavelmente ultrapassou esse número no ano passado. 

No entanto, o investidor enfatizou que só comprará de volta ações a um preço abaixo de sua estimativa conservadora do valor intrínseco da Berkshire.

“É difícil errar quando você compra notas de dólar por 80 centavos ou menos”, disse Buffett em sua carta de 2012 aos acionistas .

Se as ações da Berkshire ultrapassarem o teto de preço de Buffett para recompras, ele poderá ser forçado a refrear ou interromper suas recompras, fechando uma avenida importante de gastos para ele.

O investidor estimou o valor dos negócios da Berkshire em cerca de US$ 700 bilhões durante a assembleia de acionistas da empresa no ano passado, sugerindo que ele pode não ver mais suas ações como uma pechincha.

No entanto, há motivos para acreditar que Buffett dá mais valor à Berkshire. 

O chamado "Oráculo de Omaha" disse a seus acionistas em 2008, quando o valor de mercado da Berkshire era de cerca de US$ 200 bilhões, que a empresa poderia teoricamente ser adquirida pelo triplo desse montante.

"Não há garantia de que se alguém quisesse tentar uma aquisição de US$ 600 ou US$ 700 bilhões - e poderia ser muito maior do que isso se você se esforçasse - isso não poderia ser feito", disse ele.

Enquanto Buffett estava precificando um prêmio de aquisição, ele aparentemente considerou US$ 700 bilhões uma oferta justa pela Berkshire 13 anos atrás. 

Dado que os ativos líquidos de sua empresa quadruplicaram em valor para cerca de US$ 450 bilhões desde então, ele provavelmente valoriza a Berkshire muito mais hoje e pode não hesitar em recomprar suas ações nos níveis atuais.

Fonte: Business Insider