O que são Bens de consumo

Bens de consumo é o nome dado a um certo produto que tem o objetivo de ser adquirido pelo consumidor final e ser consumido por ele na maioria das vezes.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Sendo assim, o consumidor não é uma empresa ou organização. O consumidor nesse caso, é uma pessoa comum, como você ou alguém que conhece da sua família ou círculo de amigos.

O principal motivo para a comercialização dos bens de consumo é satisfazer uma vontade imediata do consumidor. Ou seja, essa vontade acaba sendo a demanda.

Tais demandas podem ser produtos ligados à indústria alimentícia, da moda, transporte, enfim são várias possibilidades.

É importante ressaltar que os bens de consumo não se limitam somente à alimentos e bebidas. Mas também são produtos que facilitam nosso dia a dia e complementam nosso dia a dia.

Um exemplo de bem de consumo que está atrelado à identidade do indivíduo é um quadro decorativo para colocar no quarto com alguma frase de um pensador ou série televisiva.

Para entendermos melhor como funcionam os bens de consumo na sociedade, é importante nos atermos ao próximo tópico que fala melhor sobre isso.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Tipos de Bens de consumo

Os bens de consumo são divididos em três categorias: os bens duráveis, semiduráveis e os não duráveis.

É válido ressaltar que para criar essa classificação, foi definido como critério a necessidade de reposição de cada um dos itens em si.

Os bens de consumo duráveis são bens que possuem uma baixa necessidade de reposição.

Esse tipo de bem é composto por automóveis, imóveis, eletrodomésticos, entre outros bens que podem ser usados por um longo período de tempo.

Por sua vez, os bens de consumo semiduráveis são bens que também não precisam ser repostos com frequência.

Bens que se demonstram como semiduráveis são calçados e roupas, pois são bens que somente são trocados quando estão muito desgastados na maioria das vezes.

Por fim, os bens de consumo não duráveis são bens que precisam ser trocados diariamente pelo consumidor.

Exemplos de bens não duráveis são produtos alimentícios, como arroz e feijão, além de cigarros e bebidas alcoólicas.

Características dos bens de consumo

Os bens de consumo possuem algumas características que acabam definindo muito bem ele em relação a outras espécies de bens, como os bens comuns ou de capital, por exemplo.

Veja algumas das suas principais características:

  • Os bens de consumo, ou bens finais são tipos de bens ofertados aos consumidores para seu uso particular;
  • Como dito anteriormente, os bens de consumo são divididos em três categorias: duráveis, semiduráveis e não duráveis;
  • Bens de consumo podem ser definidos em diferentes categorias com base no comportamento do consumidor final.

Os principais pontos a serem ressaltados sobre os bens de consumo são esses, para uma melhor compreensão do uso dessa prática no mercado financeiro é importante acompanhar a leitura abaixo.

Marketing de Bens de consumo

Do ponto de vista econômico, os bens de consumo se classificam nas três categorias já citadas anteriormente.

Porém, do ponto de vista do Marketing,  os bens de consumo podem ser classificados em quatro categorias: conveniência, compras, especialidades e bens não procurados.

Todas as categorias citadas anteriormente são baseadas nos padrões de consumo do consumidor.

Os bens de consumo são os consumidos regularmente e se mostram sempre disponíveis para compra, tais como: cigarro, leite, arroz, etc.

Enquanto os bens de compra são os que envolvem uma maior reflexão do consumidor, como móveis e televisores.

Vale ressaltar que, os bens de consumo especiais são mais raros e considerados luxuosos, como jóias e casacos de pele, por exemplo.

Por sua vez, os bens de consumo não procurados estão sempre disponíveis, mas são comprados somente por alguns membros da sociedade. Um exemplo são os seguro de vida, que, apesar de sua importância, apenas uma parte das pessoas opta em contratar.