O que é AUM - Assets Under Management
SIMULE AGORA

AUM – Assets Under Management

O que é AUM – Assets Under Management. Significado, como funciona e para que serve.

O que é AUM – Assets Under Management

AUM, sigla em inglês para Assets Under Management, é um termo que representa o conjunto de todos os ativos, principalmente o valor geral de mercado desses, que uma instituição financeira possui ou administra.

Em outras palavras, o AUM, em português ativos sob gestão, mede o valor de mercado total de todos os ativos financeiros que uma instituição financeira administra em nome de seus clientes ou de si mesma.

Em alguns casos, AUM pode significar o valor total dos ativos que uma entidade administra levando em conta sua cartela completa de clientes, mas o mais comum é que seja especificamente de determinado cliente.

Essa modalidade de investimento é considerada de extrema eficiência em razão do alinhamento de interesses entre o consultor financeiro e o cliente, ou seja, os ganhos do consultor variam conforme o rendimento do cliente.

Banner will be placed here

Como funciona AUM – Assets Under Management

De forma geral, os ativos sob gestão incluem fundos que a instituição administradora pode mobilizar a fim de realizar transações de forma discricionária, isto é, conforme suas avaliações internas.

Dessa forma, a gestão dos ativos é delegada completamente à empresa credenciada pela CVM e o investidor atribui autoridade ao seu gestor.

Em segundo lugar, é importante ressaltar que o consultor ou gerente dos ativos cobrará uma taxa de pagamento de seus clientes. Esse valor, normalmente, serve como remuneração e como custo fixo da administração.

Essa taxa poderá tanto ser fixa e cobrada de forma geral do fundo quanto proporcional aos rendimentos, isto é, a partir de um percentual fixo ou variável, quanto fixa.

A instituição financeira que administra os títulos pode ser um banco, um fundo mútuo, um fundo hedge ou alguma empresa especializada, como corretoras, consultores ou empresas de capital de risco.

O AUM refere-se ao tamanho, quantidade e valor, podendo agregar o total de ativos gerenciados para um cliente específico ou incluir o valor total de ativos gerenciados para todos os clientes.

Para que serve o AUM – Assets Under Management

O AUM serve como uma forma de avaliação de uma empresa ou de um fundo, denotando que quanto maior e mais rentável ele for, maior é a capacidade de gestão e a confiança da administradora.

Assim, os ativos sob gestão representam o valor de mercado dos investimentos que uma instituição administra e, a partir desse valor, é possível avaliar qual delas gere melhor seus ativos.

Isso servirá, do ponto de vista da empresa de investimento, para atrair novos investidores, enquanto que para os investidores serão informações relevantes a fim de definir a melhor estratégia com seus ativos.

Como calcular o AUM de uma instituição

Os métodos utilizados para calcular os ativos sob gestão variam entre as diferentes empresas.

Enquanto algumas instituições incluem dinheiro em caixa e depósitos bancários no cálculo, outros se limitam a considerar os fundos de investimento discricionários.

Em segundo lugar, o AUM varia à medida que o dinheiro entra e sai de um fundo, o que confere um caráter diariamente flutuante ao AUM de uma empresa.

Por fim, o desempenho dos ativos, a valorização do capital e os dividendos reinvestidos aumentam o AUM de um fundo.

Portanto, existem vários fatores que podem alterar e aumentar os ativos sob gestão, o que inclui o número de dividendos pagos, o desempenho, a aquisição de novos clientes.

Por outro lado, fatores como perda de desempenho, redução nos fluxos de investidores e fechamentos de fundos podem diminuir o AUM de uma instituição.

Exemplo de AUM 

Pensemos em um fundo mútuo como exemplo. Suponha que a carteira do fundo mútuo tenha disponível R$ 500 milhões em ações, R$ 1 bilhão em títulos do governos e R$ 750 milhões em dinheiro.

Nesse caso hipotético, o valor total do AUM, logo dos ativos sob gestão, seria a soma desses valores: R$ 2 bilhões e 250 milhões de reais (R$ 2.250.000.000).

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE