O que é Auditoria Financeira

Auditoria Financeira é um processo no qual um auditor analisa, revisa, examina e avalia todas as atividades relacionadas com a área de gestão de recursos financeiros de uma empresa, como diretoria financeira e tesouraria.

Dito de outro modo, a Auditoria Financeira é um conjunto de atividades destinadas a analisar a consistência dos fatos e das informações registradas pela área financeira e que impactam diretamente a economia do negócio.

Uma Auditoria Financeira pode ser executada por uma auditoria externa ou interna, isto é, atendendo as necessidades da administração da empresa ou atestando ao mercado que a empresa preza por transparência.

Independentemente da forma, uma Auditoria Financeira poderá ajudar a reduzir ou eliminar erros e fraudes, controlando de forma mais eficiente seus recursos e se afirmando de maneira confiável ao mercado.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona uma Auditoria Financeira

O principal objetivo de uma Auditoria Financeira é certificar que os valores físicos existentes estão em conformidade com os saldos registrados na conta bancária, no caixa e nos registros financeiros.

Assim, a Auditoria Financeira verifica se o dinheiro disponível na empresa está em quantidade correta e se ele está sendo bem aplicado. Para isso, os setores financeiros da empresa serão auditados.

Uma boa Auditoria Financeira envolve cinco passos: a) mapear os processos; b) identificar os riscos; c) identificar os controles internos; d) testar os controles internos; e) analisar os resultados. Vejamos brevemente cada passo.

O início de qualquer auditoria perpassa uma mapeamento dos processos existentes no setor financeiro, listando e identificando as práticas financeiras executadas pela empresa.

Para isso, o auditor terá que examinar o fluxo de caixa, o pagamento de fornecedores, a cobrança de clientes e a administração das contas, ou seja, tudo que é de responsabilidade do departamento financeiro.

Em seguida, será necessário analisar cada um dos registros a fim de estudar como as atividades estão sendo feitas, expondo suas inconsistências e seus potenciais riscos.

O terceiro passo consiste em identificar se a empresa apresenta algum sistema de controle interno que minimize ou corrija os riscos existentes. Os tipos de controles internos são variados e cada ferramenta tem uma função específica. 

Tendo todos os controles internos em mãos, o próximo passo consiste em testá-los. O objetivo dessa etapa é checar se os controles estão funcionando de forma eficiente ao reduzirem os riscos.

Para finalizar todo esse processo, o auditor irá reunir todas evidências obtidas e colocar em seu relatório final de auditoria o resultado. Se constatado algum problema, o auditor terá que apontar onde está o erro.

Qual a diferença entre Auditoria Financeira e Contábil?

Para muitas pessoas, inclusive para indivíduos envolvidos com auditorias, auditoria financeira e auditoria contábil são sinônimos, contudo, essa informação não procede.

Embora a raiz seja a mesma, isto é, a análise de tudo que foi feito, comparando com as normas legais, os procedimentos são ligeiramente diferentes, ainda que muitas das vezes estejam interligados.

Por um lado, a auditoria contábil diz respeito à avaliação das demonstrações contábeis, bem como sua adequação às normas do CFC.

De outro lado, a auditoria financeira busca analisar a situação financeira geral da empresa, mas com especial foco para todos os controles financeiros dessa.

Para que serve uma Auditoria Financeira

O principal benefício de uma Auditoria Financeira é a segurança dos saldos registrados nas contas, o que garante que os valores são reais e que procedem de operações legais.

Mas uma Auditoria Financeira eficaz será capaz de encontrar falhas no controle interno das finanças, auxiliando a empresa na geração de relatório mais precisos.

Com esses dois benefícios virá um terceiro: a segurança de seus colaboradores e investidores. Se determinada empresa se preocupa em auditar e controlar sua situação financeira, com certeza ela se sairá melhor no mercado.

Portanto, uma análise de investimento adequada, com o intuito de escolher uma opção rentável, requer relatórios verdadeiros e atualizados da empresa. Nisso, uma Auditoria Financeira vem bem a calhar.