O que são Ativos Dolarizados
SIMULE AGORA

Ativos Dolarizados

O que são Ativos Dolarizados. Significado, como funcionam e quais suas vantagens.

O que são Ativos Dolarizados

Ativos Dolarizados é uma expressão cunhada no mercado financeiro para se referir aos ativos cotados e negociados em dólar, que normalmente estão vinculados à economia estadunidense.

Portanto, os ativos dolarizados são ativos internacionais que são monetariamente traduzidos na moeda estadunidense.

Esse tipo de ativo tem mostrado algumas vantagens nos últimos anos, a despeito de suas limitações no Brasil. Abaixo veremos como eles funcionam, quais suas vantagens e alguns exemplos.

Banner will be placed here

Como funcionam os Ativos Dolarizados

Os Ativos Dolarizados estarão sempre vinculados à economia estadunidense, no entanto, podem se ligar a empresas com sede nos EUA ou mesmo ao poder público desse país.

No primeiro caso, podemos destacar ações de empresas na NASDAQ, enquanto que no segundo podemos elencar os Treasuries, títulos de dívida emitidos pelo governo dos Estados Unidos e cotas de fundos de investimento desse país.

É possível investir em empresas com sede nos Estados Unidos negociando BDRs na bolsa de valores brasileira, isto é, papéis emitidos por empresas listadas em outras bolsas internacionais para a bolsa brasileira.

Outro possível método é abrir uma conta em uma corretora sediada nos Estados Unidos ou mesmo contratar uma gestora de ativos. Nos dois casos, profissionais especializados mostrarão os caminhos para investir em ativos dolarizados.

Os fundos de investimento no exterior, que possuem mais de 40% da carteira alocada em ativos internacionais, também são uma alternativa para investir em ativos dolarizados. 

Por fim, os ETFs, um grupo diversificado de ativos que são negociados como ações em uma bolsa de valores, também permitem esse tipo de operação. 

Nesse caso, basta comprar papéis do IVVB11, pois a IVV é negociada nos Estados Unidos, a Dow Jones, e segue o índice das 500 maiores empresas americanas, como Apple, Facebook e Amazon.

Quais as vantagens de investir em Ativos Dolarizados?

O dólar vem apresentando uma trajetória ascendente há algum tempo e suas projeções não indicam uma queda tão próxima. Em razão disso, alguns investidores têm optado por investir em dólares.

Essa estratégia tem se mostrado mais eficiente do que comprar diretamente os dólares, pois não depende da variação do valor da moeda e evita os riscos decorrentes dessa.

A principal vantagem por trás do investimento em ativos dolarizados é uma das máximas mais importantes do mercado financeiro: diversificação. Essa técnica é fundamental para uma carteira arrojada, eficiente e que oferecerá menores riscos. 

Especialistas costumam separar vários motivos para se investir em ativos dolarizados. Nesse sentido, elencamos as principais razões para colocar em sua carteira ativos que estão vinculados aos EUA.

O primeiro deles é a estabilidade e a segurança. Se, por um lado, o dólar é a moeda mais forte e segura do mundo, por outro lado, o Brasil tem um histórico de instabilidade política e econômica.

Em segundo lugar, o mercado americano dispõe de uma quantidade largamente superior ao mercado brasileiro com relação aos ativos disponíveis, principalmente de grandes marcas como Amazon e Apple.

Sair do mercado brasileiro e se lançar ao mercado americano significa deixar o 1% dos ativos globais em busca de investimentos em economias sólidas e desenvolvidas.

Em terceiro lugar, a diversificação geográfica de seus ativos também reduz seus riscos, especialmente se o Brasil sofrer algum tipo de crise econômica grave, ou mesmo reduzir seu PIB.

Por fim, um efeito importante dos ativos dolarizados em nossa carteira é a descorrelação entre eles e a economia brasileira e o Ibovespa. Historicamente, quando a bolsa brasileira cai, os ativos dolarizados se valorizam.

Portanto, com uma pequena porcentagem de sua carteira destinada aos ativos dolarizados você poderá se proteger de consequências adversas da economia brasileira e ainda disputar um mercado mais seguro e com mais rentabilidade.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE