O que é Aquisição

Aquisição

Aquisição é um termo utilizado para descrever quando empresas são compradas por outras. Veja exemplos e mais.

O que é Aquisição 

Aquisição é um termo que significa ato, processo ou efeito de tomar posse de algo. 

No mundo das finanças, geralmente, é utilizado para se referir ao processo de transferência de posse de empresas – que podem ser de capital aberto ou fechado. Esse processo se chama aquisição empresarial. 

No âmbito das empresas, também é comumente utilizado o termo M&A (Mergers and Aquisitions, em inglês) ou F&A (Fusões e Aquisições), que também dizem respeito a áreas ou assuntos ligados a esse processo.

Valuation é uma etapa importante nesse processo. Trata-se de um estudo sobre a empresa negociada, feito a fim de estimar o valor de mercado da companhia.

Banner will be placed here

Como funciona Aquisição empresarial  

Aquisição empresarial é quando uma empresa compra outra empresa, de forma uma delas passar a ter controle da outra.  

Os ativos, direitos e obrigações acordados da empresa adquirida passam a ser de posse da compradora.

O processo de aquisição empresarial demanda alto grau de investimento, boa governança e atenção ao processo de integração entre ambas empresas, que pode ser bem complexo.

Aquisição de empresas de capital aberto e fechado

Uma empresa pode optar por adquirir uma outra empresa de capital fechado. No geral, esse tipo de aquisição é mais comum, pois há muitas vantagens neste processo.

Comprar empresas de capital fechado e pequeno porte, com bom potencial de crescimento e estratégia alinhada com os objetivos da compradora pode ser uma boa oportunidade para dominar ou se destacar no mercado. 

Além disso, empresas maiores se aproveitam de crises ou de situações de instabilidade para adquirir empresas de alto potencial, que por razões diversas se encontrem à beira da falência, a baixo custo. 

Já para o caso de empresas de capital aberto, as razões para aquisição podem ser similares: a oportunidade de fazer um bom engócio a baixo custo.

Contudo, para a compra de empresas de capital aberto,  é necessário que as operações sejam autorizadas pelo governo e por órgãos competentes, de acordo com o artigo 255 da Lei das Sociedades por Ações.

Atualmente, a aquisição de empresas precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). O objetivo é evitar uma concentração setorial, monopólio e a concorrência de preços.

Aquisição de empresas amigável e hostil 

As aquisições podem ocorrer de formas amigáveis e hostis. Na aquisição amigável, os executivos da empresa que será vendida veem como uma boa oportunidade o processo de venda.

Na aquisição hostil, as compras ocorrem por um mercado aberto e contra a vontade do conselho de administração da empresa-alvo.

Nesse caso, as aquisições hostis só podem ocorrer para empresas de capital aberto, pois se dá através da compra de ações da empresa. 

Tipos de Aquisição 

Aquisição de uma empresa pode ser feita com diferentes níveis de cessão de controle. São eles: 

  • Parcial: aquisição de 10 até 49% do capital 
  • De controle: aquisição de mais de 50% do capital 
  • Total: quando há aquisição de 100% do capital

Exemplos de Aquisição

Em 24 de dezembro de 2020, a XP Investimentos anunciou a aquisição da empresa Riza M&A, uma empresa independente de assessoria financeira focada em fusões e aquisições.

De acordo com a XP, esse processo de aquisição estava em consonância com a sua estratégia de reforçar o ecossistema de investment services.

Em 2020, foi negociado aquisição da rede móvel da Oi, a quarta maior operadora de telecomunicações do país.

A empresa será adquirida pelas outras três principais operadoras do país (Tim, Vivo e Claro). Cada uma das compradoras comprará as ações de uma sociedade, contendo a sua parte negociada dos ativos.

Em 27 de outubro de 2020, o CADE aprovou sem restrições a compra da Easynvest pela Nubank.

Essa foi a terceira aquisição feita pela Nubank, que já havia adquirido a consultoria de tecnologia Plataformatec e a  empresa americana de software Cognitect.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE