Parece que agora o mercado financeiro começa a viver um choque de realidade nesse novo paradigma de preços.

Com a inflação americana ainda subindo (e mais do que o esperado), o horizonte de taxas de juros segue subindo lá fora e, consequentemente, isso respinga por aqui.

Se criptomoedas e bolsa americana sangraram forte nessa segunda-feira (13), com a bolsa brasileira a realidade não foi diferente, ainda que tenhamos sofrido em menor magnitude.

Se no relativo a bolsa de valores brasileira tende a sofrer menos do que as bolsas estrangeiras, em termos absolutos a vida não deve ser nada fácil.

Sim, a bolsa brasileira está barata ainda e já está barata há muito tempo.

A questão é que seja por azar, seja por incompetência nossa, nos últimos 12 meses o mercado financeiro não tem ajudado.

Se por um lado é doloroso comprar ações nesse momento, por outro sabemos que justamente em momentos de embrulho no estômago é que temos grandes oportunidades.

Sem entrar em ilusões, o jargão popular do “caiu, comprou” não serve para o momento.

Tem coisa que já caiu 70% do topo e ainda está caro, assim como tem ação que mesmo aguentando firme o momento ainda segue barato.

A realidade é menos óbvia do que parece.

Não é porque a bolsa brasileira está barata hoje que ela começará a subir amanhã.

Temos oportunidades, mas há de se enfrentar a vida difícil.

Com os novos dados de inflação lá fora, quem tem posições em ações estrangeiras deverá passar ainda por um longo inverno.

Criptoativos nem se fala.

→Como Investir no Cenário Econômco Atual? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização no Brasil.

Há mais de uma década que não se vivia um ciclo de aperto monetário lá fora. 

Aqui no Brasil já estamos mais acostumados.

Federal Reserve (Fed) e o Banco Central do Brasil devem elevar 75 pontos as taxas básicas de juros hoje.

Até uma semana, a expectativa era de elevações de 50 pontos em ambos os bancos centrais, mas a realidade inflacionária se impõe.

Estamos vivendo um novo paradigma de preços!

Devemos nos comportar de acordo.

No atual momento, a renda fixa oferece uma boa recompensa para você não pensar, mas a renda variável oferece excelentes recompensas para quem quiser pensar um pouco.

Disciplina e paciência são os mantras do momento.