O que é Aporte

Aporte

Aporte é um subsídio ou contribuição (financeira ou não). Veja o que são aportes em investimentos, financeiros e de capital.

O que é Aporte 

Aporte é um termo que significa subsídio ou contribuição. O tipo de aporte mais comum se trata de uma contribuição financeira, mas também pode ser uma ajuda utilizada para um determinado fim.

A pessoa que decide fazer um aporte pode fazê-lo mensal ou periodicamente. 

Um aporte pode ser de várias naturezas, algumas que extrapolam o âmbito financeiro, como é o caso dos aportes literários – contribuições dadas para realização de um livro ou de um estudo literário.

Nesse artigo, veremos os principais aportes no âmbito das finanças: aportes em investimentos, aporte financeiro e aporte de capital. 

Em investimentos de previdência privada, aportes iniciais são a primeira contribuição, que visa dar início ao plano. 

Banner will be placed here

Aporte em investimentos 

Um investidor pode realizar aportes ou aplicaçõs em investimentos financeiros. O objetivo nesse caso é obter lucros ou dividendos futuros, capazes de retornar valores maiores que aquele inicialmente investido. 

Além disso, ele pode ganhar através da variação de preços ou devido à taxas de juros prefixados ou pós-fixados.

O investidor deve realizar o aporte considerando o risco que se pretende assumir, quais são as garantias desejadas sobre o recurso aportado e o prazo para recuperação do valor.

Também deve estar preparado para associar os investimentos às suas estratégias de controle das finanças pessoais e seus objetivos de curto e longo prazo.

Pode-se fazer aportes em diversos tipos de investimento, como por exemplo:

Em muitas estratégias de investimentos, é sugerido que o investidor faça aportes mensais, ou seja, que faça aplicações mensalmente no mercado financeiro. De qualquer forma, é importante ter consistências nos aportes.

Aporte financeiro

O termo aporte financeiro também aparece para descrever financiamentos que empresas podem obter com instituições bancárias. 

Essas instituições, como bancos de varejo,  devem ser habilitadas para conceder crédito para esse tipo de negócio.

Em contrapartida, a empresa requerente do aporte deverá pagar taxas de juros e garantias, negociadas em contrato

Neste cenário, a instituição financeira não se torna uma investidora na empresa ou compra um percentual societário do empreendimento. Ou seja, ela não assume o risco do projeto, mas sim o risco do crédito concedido. 

Aporte de capital

Outra opção para empresas que buscam se financiar no mercado  é buscar pelo aporte de capital, mais recomendado para startups e empresas de pequeno e médio porte. 

Isso ocorre, porque para conceder aportes financeiros, os bancos pedem taxas de juros e garantias pouco atraentes para esse tipo de empresa, o que pode tornar inviável a realização de um projeto.

Startups e pequenas e médias empresas se vêem face a muitas incertezas. `Por isso,  a realização de projetos ou a concessão de empréstimos podem ser muito arriscadas.

Contudo, startups bem estruturadas e pequenas e médias empresas com muito potencial de crescimento podem atrair investidores que queiram fazer aportes de capital.

Esse tipo de investidor busca obter  um percentual societário no empreendimento. 

Realizar aporte de capital pode ser vantajoso para ambos lados: o empresário que recebe o aporte pode dar continuidade ao seu negócio ou realizar novos projetos, enquanto o investidor consegue alocar e rentabilizar o seu capital.

Quando o investidor decide investir em uma empresa desse tipo, ele leva em conta questões como potencial de retorno, organização financeira,  plano de negócios e o potencial de rentabilidade da companhia. 

Existem diversas formas de realizar um aporte de capital. As principais modalidades são: 

  • Investidor anjo
  • Venture capital
  • Private equity

O aporte de capital pode ser feito em três fases: inicial, de maturação e final. As fases se relacionam com o estágio em que se encontra a empresa, pois, para cada fase, há diferentes níveis de riscos para os investidores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE
[Nova]
[Nova]