O que é Antecipação de Recebíveis

Antecipação de Recebíveis é uma linha de crédito oferecida por bancos e fintechs que permite que as empresas adiatem o recebimento de suas vendas.

A antecipação de recebíveis também é chamada de adiantamento de recebíveis ou desconto de duplicatas.

Por meio da operação, a empresa pode receber as receitas referentes às vendas a prazo, mesmo antes da cobrança ser feita ao cliente. 

Por exemplo, considere uma empresa que vendeu um produto parcelado em 12 vezes para um cliente. Ela pode ir ao banco e solicitar a antecipção desta conta à receber e obter todo o valor de uma só vez. 

Além de contas a receber, instituições financeiras oferecem serviços para adiantar pagamentos de cheques pré-datados e duplicatas.

Essa linha de crédito tem custos. É preciso verificar a taxa de juros descontadas do valor antecipado e o prazo que o empresário receberá.

Além disso, há outro risco:  se o cliente que fez a compra parcelada não honrar com suas obrigações, o banco responsável pela antecipação poderá:

  • Aplicar restrições à empresa que pediu a antecipação de recebíveis 
  • Exigir à  o pagamento dos valores em aberto
  • Exigir pagamento de multas e juros mais altos pela operação 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Fluxo de Caixa 

Para entender melhor para que serve a antecipação de recebíveis e como essa ferramenta pode ser uma aliada ou uma vilã de um negócio, é preciso entender melhor o que é o fluxo de caixa.

Para uma empresa, fluxo de caixa é um relatório que permite acompanhar o movimento de entradas e saídas de dinheiro do caixa da empresa. De forma simplificada, é a gestão do que se paga e se recebe.

Se o dono do negócio considerar apenas os valores das vendas, sem avaliar custos fixos e variáveis que delas decorreram, pode acabar enganando-se sobre a saúde financeira da empresa.

Estratégias que intensificam as vendas podem levar a impressão de que há dinheiro sobrando, mas é preciso ter atenção, pois com mais receitas também aumentam os custos

Além disso, é preciso considerar possíveis imprevistos, eventos futuros e gastos fixos na hora de avaliar a qualidade e estimar o caixa da empresa nos próximos meses. 

O relatório que considera estimativas para o fluxo de caixa no futuro é conhecido como fluxo de caixa projetado

Exemplo de Antecipação de Recebíveis

Para ilustrar, um exemplo em que a antecipação de receb´íveis pode ser útil: um empresário lança uma estratégia de marketing bem sucedida. As vendas são um sucesso e as receitas aumentam. 

Contudo, os custos também crescem. O empresário considerou os custos fixos, mas esqueceu dos custos variáveis, que aumentaram com as vendas. 

No mesmo mês, acontece um imprevisto. Ao analisar o fluxo de caixa, ele percebe que não terá dinheiro em caixa para honrar seus compromissos com seus fornecedores. 

Ele receberá no futuro as receitas das vendas que fez a prazo, mas no mês corrente, ele precisa encontrar uma solução para lidar com o aumento dos custos variáveis. 

Diante disso, ele pode recorrer a algumas estratégias. Ele poderia contrair um empréstimo, injetar mais capital próprio ou buscar uma instituição financeira para antecipar seus recebíveis.  

Antecipação de Recebíveis e Fluxo de Caixa 

A antecipação de recebíveis é uma estratégia de curto prazo, pois, com o dinheiro em caixa, a empresa pode evitar a contração de dívidas que poderiam se tornar uma bola de neve.

Nessa modalidade, a empresa paga juros menores do que na contratação de um empréstimo. Além disso, é mais fácil para o empresário, principalmente depois do boom de fintechs que atuam nesse setor. 

Contudo, é preciso ter cuidado na hora de antecipar os recebíveis. Estar munido de informações financeiras do negócio e da instituição financeira é fundamental para não fazer um mau negócio. 

Antecipar recebíveis não deve ser uma estratégia utilizada a todo momento, porque acarreta em gastos desnecessários. É preciso ter controle da empresa para evitar ficar sem caixa para cumprir com as obrigações de curto-prazo.