O que é Angel Investor

Angel Investor

O que é Angel Investor. Significado, conceito, para que serve e como funciona.

O que é Angel Investor

Um investidor-anjo é um investidor que tende a aplicar o seu capital em projetos pequenos que tem uma grande chance de se tornarem bem sucedidos.

Além do profissional aplicar seu capital nesses negócios ele também acaba passando um pouco do conhecimento que possui sobre o âmbito empresarial, se tornando uma espécie de mentor.

Por conta dele apresentar características muito nobres, acaba recebendo a alcunha de Angel Investor, ou investidor-anjo.

Vale ressaltar que, não vale o investidor-anjo ter somente seu conhecimento atrelado ao negócio, é necessário que ele acumule recursos e os administre de forma inteligente para minimizar riscos.

Banner will be placed here

Objetivo do Angel Investor

O investidor-anjo possui a função de oferecer suporte para o crescimento da empresa, oferecendo dessa forma ajuda financeira e administrativa para os investidores.

Vale ressaltar que o investidor-anjo costuma ser uma pessoa física, e aplica recursos no estágio inicial do negócio a ser desenvolvido pelo empreendedor.

Ele além de oferecer ajuda financeira e inteligente, também fornece auxílio aos investidores no processo por meio de sua rede de contatos, conseguindo ajuda, inclusive, de outros investidores.

O investidor-anjo oferece ajuda para startups e pequenas empresas, pois muitas vezes enxerga uma boa oportunidade de negócio, além disso, também pode haver o seu interesse em ajudar ideias inovadoras.

Função do Angel Investor

O maior destaque em relação ao investidor-anjo fica por conta do fato que ele agrega valor ao negócio, pois no fim das contas acaba unindo os recursos e a expertise do mentor.

No entanto, existe um limite para a participação do investidor-anjo no negócio, ele dá as dicas a respeito do empreendimento, mas não interfere na parte administrativa.

Em relação a isso, pode acabar havendo conflito entre as decisões dos investidores e as dicas que o investidor-anjo acaba oferecendo para os empreendedores.

Na prática, o investidor-anjo acaba entrando no projeto somente na fase de validação, quando ele já se encontra em andamento.

Vale ressaltar que, nessa fase o investidor-anjo ainda se mostra de grande importância, pois ele acaba sendo o responsável por trazer seus contatos para o projeto que está em desenvolvimento.

Investimento do Angel Investor

Por conta do investidor-anjo participar do processo embrionário de criação da empresa, é importante que ele tenha em mente que esse é um processo de médio a longo prazo.

Caso ele deseje minimizar os riscos durante o processo de investimento, é aconselhável que o investidor-anjo aplique de 5% do capital financeiro. Ao fazer isso, ele pode optar por ter ações preferenciais da startup.

Quando o investidor-anjo amplia a rede de contatos da empresa, a quantidade de investidores acaba aumentando, diminuindo o tempo necessário para mentoria.

No fim das contas, se o empreendimento acaba demonstrando um bom desempenho surgem mais rodadas de investimento, e o investidor-anjo que apoio o projeto em seu início geralmente possui vantagem nessa fase.

Saiba como se tornar um Angel Investor

O investidor-anjo que já possui experiência na área do empreendedorismo, costuma muitas vezes injetar capital financeiro por sua própria conta e risco.

Porém, uma outra forma de investir com segurança é através do grupo de anjos. Esta forma de investimento tem bastante potencial de crescimento no mercado por conta da taxa de juros.

Em relação ao investimento que o investidor-anjo faz, ele costuma ser feito de duas formas:

  • Investimento único, que ajuda a alavancar o negócio na maioria das vezes;
  • Aplicação contínua, que consiste em apoiar o negócio durante o seu estágio inicial.

Vale ressaltar que, para o investidor-anjo, o mais viável é que ele acabe investindo em mais de uma startup, pois no fim das contas acaba diminuindo os riscos de realizar um mau investimento.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE