Resultado Light (LIGT3) 2020: Lucro de R$ 167 M no 1t20
| ,

Resultado Light (LIGT3) 2020: Lucro de R$ 167 M no 1t20

Light divulgou seus resultados referentes ao 1t20, confira os destaques e se vale a pena investir na LIGT3.

Por
Atualizado em 09/05/2020

Os resultados da Light (LIGT3) referente a suas operações do primeiro trimestre de 2020, foram divulgados no dia 07/05.

Veja neste artigo os principais destaques do resultado da Light do 1t20 e a análise fundamentalista da empresa.

Confira o calendário de divulgação de resultados do 1t20 das empresas listadas na Bolsa de Valores e a análise das empresas que a equipe do The Capital Advisor está realizando.

Leia até o final e descubra se a LIGT3 vale a pena investir.

Sobre a Light

A Light S.A (criada em 1899, estatizada em 1979 e privatizada em 1996) atua nos segmentos de geração, distribuição e comercialização de energia, atualmente é uma das principais empresas integradas do setor de energia elétrica do Brasil. 

Sua área de concessão abrange cerca de um quarto do território do Estado do Rio de Janeiro, atendendo a mais de 4,5 milhões de consumidores em mais de 30 municípios fluminenses.

Em 2019, a Light realizou oferta subsequente de ações (follow on) pulverizando seu capital.

Como reflexo, a Light reduziu a participação acionária da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) para 22,58%. O FIA Samambaia corresponde a 15,01% e demais acionistas a 62,41%.

Composição acionária da Light S.A.

AcionistaONPNTotal
Outros62,40%0,00%62,40%
Companhia Energética de Minas Gerais Cemig22,60%0,00%22,60%
Samambaia Master Fundo de Investimento em Ações15,00%0,00%15,00%
Ações Tesouraria0,00%0,00%0,00%
Banner will be placed here

Avaliação de Governança

A Light está listada na Bolsa de Valores no segmento Novo Mercado, nível mais alto da B3.

EmpresaLIGHT S/A
CódigoLIGT3
SubsetorUtilidade Pública / Energia Elétrica
Segmento de ListagemNovo Mercado
Tag Along100% ON
Free Float67,2% ON
Principal AcionistaCemig e FIA Samambaia
Site http://ri.light.com.br/

A empresa possui um free float acima de 25%, o que não representa nenhum problema de liquidez nas negociações das ações para o acionista.

O estado possui influência na empresa por meio das ações em posse pela Cemig, atualmente 22,5%, se você não se sente confortável em ter o governo como sócio, talvez essa empresa não sirva para você.

A empresa possui um tag along acima de 80%, indicando que o acionista minoritário estará protegido se os controladores da empresa vendam sua participação na companhia.

Ambos indicadores ajudam na análise da governança corporativa da empresa, porém não dizem respeito da sua capacidade de geração de caixa ou de sua rentabilidade.

Agora chegou a hora analisar os resultados e os principais múltiplos da análise fundamentalista da companhia.

Resultado da Light no 1t20

A empresa apresentou um lucro líquido de R$ 167 milhões no 1t20, uma alta de 1,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Confira os principais destaques dos resultados da Light do primeiro trimestre de 2020:

Indicador1T191T20Evolução 
Lucro Líquido (R$)164 M167 M1,5%
Margem Ebitda (%)18,116,1-2,00 p.p.
Margem Líquida (%)5,25,80,59 p.p.

Resultados Operacionais da Light no 1t20

O setor de geração atingiu R$ 93 milhões no 1t20, apresentando retração de 38,3% na comparação com o 1T19.

Já o setor de comercialização atingiu R$ 6 milhões no 1t20 contra um resultado nulo no mesmo período do ano anterior.

Destacou-se o resultado do setor de distribuição, que teve um lucro de R$ 62 milhões, frente a um prejuízo de R$ 25 milhões no 1T19.

A melhora dono período é decorrente do ganho com a marcação à mercado das operações de swap das dívidas em moeda estrangeira.

Em março deste ano a empresa registrou resultado recorde na qualidade do serviço prestado, ficando em linha com as melhores e maiores distribuidoras do país. 

O DEC (12 meses) foi de 6,96 horas no 1T20, redução de 10,4% em relação ao reportado no 4T19, enquanto o FEC (12 meses) foi de 4,27x no 1T20, em linha com o resultado de dezembro/19.

 Ambos os indicadores estão abaixo do limite estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Resultados Financeiros da Light no 1t20

A receita bruta da Light atingiu R$ 4,7 bilhões no 1t20, apresentando retração de 11,7% na comparação com o 1T19.

A receita líquida da Light atingiu R$ 2,9 bilhões no 1t20, apresentando queda de 8,9% na comparação com o 1T19.

As despesas operacionais totalizaram R$ [2,5 bilhões] no 1t20, apresentando retração de 6,2% na comparação com o 1T19.

O Ebitda da Light atingiu R$ 466 milhões no 1t20, apresentando retração] de 19% na comparação com o 1T19.

A margem Ebitda da Light totalizou 16,1% no 1t20, apresentando retração de 2 pontos percentuais na comparação com o 1T19. 

O resultado financeiro da Light totalizou um prejuízo de R$ 56 milhões no 1t20, apresentando crescimento de 70,6% quando comparado ao 1T19.

O lucro líquido da Light atingiu R$ 167 milhões no 1t20, apresentando crescimento de 1,5% na comparação com o 1T19. 

Gráfico: Histórico de lucros trimestrais da Light. Fonte: GuiaInvest.

A Margem líquida da Light atingiu 5,8% no 1t20, apresentando crescimento de 0,59 pontos percentuais na comparação com o 1T19.

Para fazer uma análise do desempenho da empresa, quanto a empresa gera de retorno financeiro, avalie também outros indicadores de rentabilidade, como o giro do ativo e o Retorno sobre o Ativo (ROA).

Endividamento da Light

Os indicadores de endividamento da Light estão dentro da normalidade.

A dívida líquida consolidada no final do 1T20 era de R$ 6,721 bilhões, em linha com a posição registrada no 4T19, de R$ 6,750 bilhões.

Veja a evolução histórica dos últimos 10 anos do endividamento da Light:

Gráfico endividamento Light (ligt3) 1t20
Gráfico: Histórico Endividamento Light. Fonte: GuiaInvest

A dívida bruta da Light em março, totalizou R$ 8,2 bilhões, apresentando redução de 2,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

A companhia apresentou uma estrutura de capital dentro da normalidade no trimestre, mantendo da sua dívida em moeda nacional na ordem de R$ 6,3 bilhões e em moeda estrangeira R$ 2,8 bilhões.

Variação de -1,1% e 27% respectivamente quando comparado ao 1T19

Além do endividamento, lembre-se sempre de analisar os outros indicadores de estrutura de capital da empresa, como o endividamento geral, terceiros, composição e imobilização de recursos e não recorrentes.

Faça uma comparação do endividamento dos concorrentes da empresa, que estão inseridas no mesmo setor.

Por fim, avalie também os indicadores de liquidez que fazem parte do conjunto de índices financeiros, para medir a capacidade financeira da empresa em satisfazer seus deveres junto a terceiros.

Principais Indicadores Fundamentalistas

Veja abaixo os principais indicadores fundamentalistas do Light para iniciar a sua análise dos fundamentos da LIGT3.

Indicador12/201903/2020Evolução 
Preço/Lucro (P/L)5,42,2-59,3%
Preço/Valor Patrimonial (PVPA)1,20,4-66,7%
Dividend Yield (DY) %0,82,01,2 p.p.
Price Sales Ratio (x)0,50,2-60%
Valor de Mercado (R$)7,2 B2,9 B59,7%
Lucro por Ação (LPA) $4,36874,37680,2%
Rent. Patr. Líq. (ROE) %21,319,81,5 p.p.
Margem Líquida %9,910,20,3 p.p.
Data Divulgação12/03/2007/05/20

* Indicadores com base na data de 08/05/2020. Fonte: GuiaInvest

Para aplicar todos esses filtros e fazer uma rápida análise fundamentalista, levei menos de 5 minutos com a ferramenta GuiaInvest PRO.

Você pode assinar a ferramenta com preço promocional e ainda receber gratuitamente o PDF “13 Ações do Corona Opportunity”, que são empresas de setores variados, com o Score mais alto de cada setor.

Teleconferência de Resultados Light 1t20

Ouça a Transmissão da Teleconferência da Light do 1t20. abaixo:

Documentos e arquivos dos Resultados da Light do 1t20

Para conferir os resultados de outros trimestres, em texto ou áudio, acesse a Central de Resultados da Light.

LIGT3 Vale a Pena?

A Light (LIGT3) atua no setor de energia elétrica no Brasil, gerando, distribuindo e comercializando energia. Seu lucro líquido consolidado no trimestre foi de R$ 167 milhões, frente ao valor de R$ 164 milhões no mesmo período do ano passado.

No mercado de capitais, as ações da companhia (LIGT3) estavam cotadas a R$ 9,65 ao final de março deste ano.

O valor de mercado da empresa encerrou o trimestre em R$ 2,9 bilhões.

Em um primeiro momento, as ações da Light podem ficar pressionadas devido a aprovação de medidas que garantem a não suspensão do fornecimento por inadimplência de consumidores residenciais urbanos e rurais, além de serviços e atividades essenciais.

Mas cabe ressaltar que essas medidas não impedem cobranças de débitos vencidos, inclusive a negativação dos inadimplentes em cadastros de crédito.

Contudo, a empresa é consolidada em seu setor o que lhe proporciona maior capacidade de lidar com períodos prolongados de instabilidade como o que vivemos atualmente.

Se você quer investir nas melhores ações pagadoras de dividendos e que estão sendo negociadas com DY acima do mercado, garanta a sua vaga na minha Carteira Seleção de Dividendos e receba o meu acompanhamento pessoal.

Veja o dinheiro entrando na sua conta sem você precisar trabalhar mais para isso. É o seu dinheiro trabalhando para você e não você trabalhando pelo dinheiro.

Análise de Ações

DFP da Light 1t20

Confira abaixo os Demonstrativos Financeiros do Resultado da Light do 1t20 na íntegra. 

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE
[Nova]
[Nova]