Resultado Suzano (SUZB3) 2019: Lucro cai 61% no 4t19
| ,

Resultado Suzano (SUZB3) 2019: Lucro cai 61% no 4t19

A Suzano divulgou seus resultados referentes ao 4T19, confira os destaques e se vale a pena investir na SUZB3.

Por
Atualizado em 03/04/2020
Avalie esse texto

Os resultados da Suzano (SUZB3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2019, foram divulgados no dia 12/02.

Veja neste artigo os principais destaques do resultado da Suzano do 4T19 e se a SUZB3 vale a pena investir. 

Confira o calendário de divulgação de resultados do 4T19 das empresas listadas na Bolsa de Valores e a análise das empresas que a equipe do The Capital Advisor está realizando.

Data da divulgação: 12 de fevereiro de 2020.

Sobre a Suzano

A Suzano Papel e Celulose é a maior produtora global de celulose de eucalipto e uma das 10 maiores de celulose de mercado. 

A Companhia atua nos segmentos de celulose de mercado, celulose fluff, papel, papel cartão e papel tissue.

Parte das operações da companhia são verticalmente integradas. A estratégia dá flexibilidade para ajustar a produção e as vendas com base nas mudanças de condições de mercado.

A Suzano possui sede em Salvador e sede administrativa na cidade de São Paulo. 

No âmbito internacional, a empresa mantém escritórios de representação na China e Inglaterra e controladas nos Estados Unidos, Suíça, Argentina e Áustria.

Ao todo são cerca dei 35 mil colaboradores, 11 unidades industriais com uma capacidade produtiva de 10,9 milhões de toneladas de celulose por ano, atendendo em torno de 35 mil clientes no segmento de papel.

As atividades da Suzano tiveram início em 1924, com Leon Feffer. A primeira fábrica é inaugurada em 1939. Em 1955 a empresa é pioneira no plantio de eucalipto.

Entre as décadas de 1960 e 1990 a empresa realiza aquisições e expande seus negócios. Nos anos 2000 se consolida como um dos maiores grupos brasileiros.

No 2012 a Suzano realizou sua oferta pública de ações. Já em 2017 migra para o segmento do Novo Mercado da B3, onde está listada com ações ordinárias (SUZB3). 

Banner will be placed here

Avaliação de Governança

A Suzano S.A está listada na Bolsa de Valores no segmento Novo Mercado, nível mais alto da B3.

EmpresaSUZANO S.A.
CódigoSUZB3
SubsetorIndústria E Comércio de Papel E Celulose
Segmento de ListagemNovo Mercado
Tag Along100%
Free Float25%
Principal AcionistaSuzano Holding
Sitewww.ri.suzano.com.br

O enquadramento de nível de novo mercado solicita que a empresa possua: 

  • Somente ações ON
  • No mínimo 25% das suas ações precisando estar em free float (podendo ter exceção para mínimo de 15% se o volume de negociação diária for superior a 25 milhões de reais);
  • Deve assegurar 100% de Tag Along
  • Teve publicar obrigatoriamente fatos relevantes e balanço em inglês
  • Conselho com no mínimo 3 membros; 
  • Deve publicar calendário de eventos corporativos;
  • Teve publicar obrigatoriamente um balanço em inglês;
  • Adesão a CAM.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Resultado da Suzano 4t19

A receita líquida da Suzano no 4T19 foi de R$ 7.049 milhões, representando uma redução em 2% frente ao 4T18. Desse total, 80% foi gerado no mercado externo.

A Suzano registrou um lucro líquido de R$ 1,14 bilhão, representando uma queda de 61% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O volume total de vendas de celulose e papel no trimestre foi de 3.288 mil toneladas, um aumento de 35% comparado ao 4T18.

O aumento ocorreu em função principalmente do melhor desempenho das vendas de celulose para a Ásia.

Gráfico receita líquida suzano 4t19
Gráfico receita líquida suzano 4t19. Fonte: Suzano.

Resultados Operacionais

As vendas de celulose subiram 40% se compararmos o 4T19 ao 4T18. A quantia saltou de 2.085 mil ton. para 2.920 mil ton. 

No ano, ocorreu uma diminuição da ordem de 6%, passando de 10.012 mil ton. em 2018 para 9.412 mil ton. em 2019.

Gráfico volume vendas celulose Suzano 4t19
Gráfico volume vendas celulose Suzano 4t19. Fonte: Suzano.

Segundo a empresa, a evolução da produção de papéis gráficos e embalagens de papel cartão na China somadas à continuidade do crescimento global da produção proporcionaram aumento de demanda de celulose na comparação do 4T18 com 4T19.

A Receita líquida de celulose foi de R$ 5.632milhões no 4T19, redução de 4% em relação ao 4T18.

Gráfico receita venda celulose suzano 4t19
Gráfico receita venda celulose suzano 4t19. Fonte: Suzano.
Gráfico receita de venda celulose Suzano países 4t19
Gráfico receita de venda celulose Suzano países 4t19. Fonte: Suzano.

Conforme a empresa, essa queda ocorreu em função do menor preço médio líquido em USD (-36%), parcialmente compensada pelo maior volume de vendas (+40%) e valorização do USD médio frente ao BRL de 4%.

No tangente ao Volume de Vendas do Papel, a variação do 4T18 frente ao 4T19 foi de 5%.

Gráfico volume de venda papel Suzano 4t19
Gráfico volume de venda papel Suzano 4t19. Fonte: Suzano.

No Brasil, as vendas de papel totalizaram 257 mil toneladas no 4T19, um aumento de 4% contra o 4T18.

Já a Receita líquida de papel foi de R$ 1.417 milhões no 4T19, maior em 4% comparado ao 4T18. 

Gráfico receita de venda papel Suzano 4t19
Gráfico receita de venda papel Suzano 4t19. Fonte: Suzano.
Gráfico receita de venda papel Suzano países 4t19
Gráfico receita de venda papel Suzano países 4t19. Fonte: Suzano.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Resultados Financeiros

Comparando o EBITDA Ajustado de Celulose do 4T18 que foi da ordem de R$ 3.119 milhões contra o resultado do 4T19 R$ 2.042 milhões a variação foi de 17% da Margem EBITDA Ajustado e 19% da Margem EBITDA Ajustado ex-Klabin

Gráfico margem ebitda ajustado celulose suzano 4t19
Gráfico margem ebitda ajustado celulose suzano 4t19. Fonte: Suzano.

Tal redução do EBITDA Ajustado da celulose no período é decorrente, segundo a empresa, dá queda do preço médio líquido de celulose em USD (-36%).

Essa queda foi parcialmente compensado pelo maior volume de vendas (+40%) e pela valorização do USD médio frente ao BRL de 8%.

Enquanto o EBITDA ajustado por tonelada de Celulose teve variação de -54% se comparado o 4T18 frente o 4T9

Gráfico ebitda ajustado suzano 4t19
Gráfico ebitda ajustado suzano 4t19. Fonte: Suzano.

Conforme relatório, a explicação desse fato se deve pela queda no preço médio líquido da celulose pelo maior CPV base caixa por tonelada, em função do efeito de giro nos estoques, valorização do USD vs o BRL, entre outros fatores.

A Geração de caixa operacional por tonelada do segmento de celulose foi da ordem de -59% se comprado o 4T18 e ao 4T19.

Gráfico geração de caixa celulose suzano 4t19
Gráfico geração de caixa celulose suzano 4t19. Fonte: Suzano.

Já o desempenho do EBITDA Ajustado do papel no 4T19 comparado ao 4T18 é de -2%. 

Gráfico margem ebitda ajustado papelsuzano 4t19
Gráfico margem ebitda ajustado papel suzano 4t19. Fonte: Suzano.

A explicação se dá pela redução no preço médio líquido (-1%) e maior CPV base caixa. Esses efeitos foram parcialmente compensados pelo maior volume de vendas (+5%), menor despesa administrativa e valorização do USD médio frente o BRL (+8%).

O EBITDA Ajustado do papel por tonelada na comparação do 4T19 contra o 4T218 foi de -6%

Gráfico ebitda ajustado papel suzano 4t19
Gráfico ebitda ajustado papel suzano 4t19. Fonte: Suzano.
Gráfico geração de caixa papel suzano 4t19
Gráfico geração de caixa papel suzano 4t19. Fonte: Suzano.

A geração de caixa operacional de papel por tonelada no 4T19 foi de R$ 925/t uma redução de 14% frente ao resultado do 4T18.

Endividamento do Suzano

Em 31 de dezembro de 2019, a dívida bruta da Suzano era de R$ 63.685 milhões. Desses, 90% dos vencimentos eram de longo prazo e 10% de curto prazo. 

A dívida em moeda estrangeira representou 71% da dívida total da companhia.

Ao comparar contra o 4T18, o aumento da dívida bruta que era de R$ 56.405 milhões em 2018 e passou para R$ 63.685 milhões.

O relatório da empresa afirma que essa alteração ocorreu em função das captações realizadas para a combinação de negócios com a Fibria e da variação cambial do período, segundo o relatório.

Gráfico histórico lucros gurarapes guar3 2019
Gráfico histórico lucros gurarapes guar3 2019. Fonte: GuiaInvest

Principais Indicadores Fundamentalistas

Veja abaixo os principais indicadores do Suzano S.A. para iniciar a sua análise fundamentalista da SUZB3.

Indicador09/201912/2019
Preço/Lucro (P/L)-18,0-19,0
Preço/Valor Patrimonial (PVPA)2,73,0
Dividend Yield (DY) %1,31,1
Valor de Mercado $45,4B53,5B
Lucro por Ação (LPA) $-1,8734-2,0862
Rent. Patr. Líq. (ROE) %-14,8%-15,6%
Margem Líquida %-11,4-10,8
Data Divulgação05/11/1912/02/20

* Indicadores com base na data de 12/02/20. Fonte: GuiaInvest

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Teleconferência de Resultados Suzano 4t19

Ouça a Transmissão da Teleconferência da SUZANO do 4T19. abaixo:

http://ri.suzano.com.br/informacoes-financeiras/central-de-resultados#2019

Documentos e arquivos dos Resultados da Suzano do 4T19

Para conferir os resultados de outros trimestres, em texto ou áudio, acesse a Central de Resultados da Suzano SA.

SUZB3 Vale a Pena? 

No quarto trimestre de 2019 a Suzano registrou um lucro líquido de R$ 1,14 bilhão, representando uma queda de 61% em relação ao mesmo período do ano anterior

Já o Ebitda da companhia no trimestre ficou em R$ 2,465 bilhões. Se comparado ao 4T18 o resultado ficou 31% menor.

Esse resultado, no entanto, não surpreendeu os analistas do mercado que já previam um valor parecido. 

Segundo a companhia o resultado refletiu a queda no preço líquido da celulose em dólar. 

O custo caixa de produção de celulose da Suzano no quarto trimestre chegou ao patamar de R$ 631 por tonelada, excluindo os efeitos de parada de manutenção.

A métrica foi 3% menor em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já as vendas da companhia no acumulado de outubro a dezembro de 2019 chegaram ao patamar de 3,2 mil toneladas.

Desse valor, 2,9 mil toneladas são provenientes da venda de celulose, enquanto o restante se originou a partir da venda de papel. 

Na comparação entre o 4T19 e o mesmo período de 2018, o valor das vendas teve uma alta de 35%. Esse resultado, segundo a companhia, foi impactado principalmente pelo melhor desempenho das vendas na Ásia. 

Resultados da Suzano 4T19

Confira abaixo os Resultados da Suzano do 4T19 na íntegra. 

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais