Os resultados da Dexco (DXCO3) referente a suas operações do primeiro trimestre de 2022, foram divulgados no dia 27/04.

Veja neste artigo os principais destaques do resultado da Dexco do 1T22 e a análise fundamentalista da empresa.

Confira o calendário de divulgação de resultados do 1T22 das empresas listadas na Bolsa de Valores e a análise das empresas que a equipe do The Capital Advisor está realizando.

Leia até o final e descubra se a ação DXCO3 vale a pena.

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

Sobre Dexco

A Dexco é uma das maiores produtoras de painéis de madeira e louças e metais sanitários do Hemisfério Sul.

A companhia é controlada pela holding Itaúsa, que atualmente detém 40% das ações da Dexco.

As suas principais marcas chegam até seus consumidores pelas suas principais áreas de negócios, Madeira, Deca e Revestimento Cerâmicos.

Sua estrutura é composta por 5 unidades florestais e 16 unidades industriais no Brasil e 3 fábricas na Colômbia.

Veja aqui a análise de mercado da Dexco, o que a empresa faz, seus diferenciais competitivos e principais concorrentes.

Composição Acionária da Dexco

AcionistaONPNTotal
Itausa - Investimentos Itau S.A.36,5%0,0%36,5%
Outros29,7%0,0%29,7%
Companhia Ligna de Investimentos14,1%0,0%14,1%
Hermes Investment Management Limited5,0%0,0%5,0%
Schroder Investment Management Brasil Ltda.5,0%0,0%5,0%
Progresso Fundo de Investimento de Ações - Investimento No Exterior2,6%0,0%2,6%
Rudric Ith Participações Ltda1,4%0,0%1,4%
Andrea Laserna Seibel1,2%0,0%1,2%
Salo Davi Seibel1,2%0,0%1,2%
Alfredo Egydio Arruda Villela Filho0,7%0,0%0,7%
Ana Lúcia de Mattos Barretto Villela0,7%0,0%0,7%
Fip Ligna0,6%0,0%0,6%
Oes Participações S.A.0,4%0,0%0,4%
Fundo de Investimentos em Participações Ordem - Multiestratégia Ie0,2%0,0%0,2%
Ações Tesouraria0,2%0,0%0,2%
Hs Investimentos S.A.0,1%0,0%0,1%
Olavo Egydio Setubal Júnior0,1%0,0%0,1%

Avaliação de Governança

A Dexco está listada na Bolsa de Valores no segmento Novo Mercado, nível mais alto da B3.

EmpresaDexco S.A.
CódigoDXCO3
SubsetorMadeira e Papel
Segmento de ListagemNovo Mercado
Tag Along100%
Free Float30% (ON)
Principal AcionistaItausa S.A. (3.654%)
Sitewww.duratex.com.br/ri

A Dexco possui um free float acima de 25%, o que não representa nenhum problema de liquidez nas negociações das ações para o acionista.

A empresa possui um tag along de 100%, indicando que o acionista minoritário estará protegido se os controladores da empresa vendam sua participação na companhia.

Ambos indicadores ajudam na análise da governança corporativa da empresa, porém não dizem respeito à sua capacidade de geração de caixa ou à sua rentabilidade.

Agora chegou a hora analisar os resultados e os principais múltiplos da análise fundamentalista da companhia.

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

Resultado Dexco no 1T22

A Dexco apresentou um lucro líquido de R$ 223,7 milhões no 1T22, uma alta de 29,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Confira os principais destaques dos resultados da Dexco do primeiro trimestre de 2022:

Indicador1T224T21%1T21%
Lucro Líquido (R$)223,7 M581,0 M-61,5%172,7 M29,5%
Margem Ebitda (%)28,2%20,5%7,7 p.p.26,3%1,9 p.p.
Margem Bruta (%)34,9%35,1%-0,2 p.p.34,3%0,6 p.p.
Margem Líquida (%)10,5%25,8%-15,3 p.p.9,8%0,7 p.p.

Resultados Operacionais da Dexco no 1T22

Confira os destaques dos resultados operacionais da Dexco, referente às suas operações do 1T22, por divisão de negócio:

Madeira

A receita líquida da divisão Madeira totalizou R$ 1,3 bilhão no 1T22, apresentando alta de 23,5% na comparação com o mesmo período de 2021.

Esse desempenho foi favorecido pela implementação de preço e melhora do mix, levando a receita unitária ao avanço de 35,1% sobre o 1T21.

Vale ressaltar o maior preço dos insumos, principalmente no maior preço da ureia, que corresponde a uma significativa parcela dos custos da divisão.

O Ebitda ajustado da divisão Madeira atingiu R$ 359,0 milhões no 1T22, o que corresponde a uma baixa de -4,5% em relação ao 1T21.

Deca

A receita líquida da divisão Deca totalizou R$ 488,6 milhões no 1T22, apresentando alta de 5,9% na comparação com o mesmo período de 2021.

Impactada pela menor demanda por chuveiros elétricos, devido a maior sazonalidade no período, as vendas da divisão Deca recuaram -25,8% na comparação anual.

Para driblar os impactos, a companhia reposicionou os seus produtos no mercado e implementou a estratégia de pricing, elevando em 42,7% a receita unitária no período.

O Ebitda ajustado da divisão Deca totalizou R$ 72,4 milhões no 1T22, apresentando crescimento de 11,4% em relação ao 1T21.

Revestimentos

A receita líquida da divisão Revestimentos totalizou R$ 292,9 milhões no 1T22, apresentando alta de 36,8% na comparação com o mesmo período de 2021.

No entanto, o volume de vendas totalizou 5.363,6 mil metros quadrados vendidos no 1T22, registrando uma leve retração de -0,4% na comparação com o 1T21.

Embora houve retração nas vendas, a receita foi beneficiada pelo aumento de preço e aprimoramento do mix de produtos vendidos.

O Ebitda ajustado da divisão Revestimentos totalizou R$ 72,2 milhões no 1T22, alta de 31,4% em relação ao 1T21.

Celulose Solúvel

A Dexco anunciou o início das operações e processo de ramp-up da nova unidade de Celulose Solúvel da LD Celulose.

Foram investidos R$ 623,6 milhões, sendo que R$ 93,3 milhões foram realizados no 1T22, além do aporte florestal de 43,0 mil hectares, cujo montante totalizou R$ 487,0 milhões.

De acordo com o release, a LD Celulose impactou positivamente em R$ 26,3 milhões neste trimestre, dado os gastos com consultorias, variação cambial e estrutura da nova empresa. 

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

Resultados Financeiros da Dexco no 1T22

A receita líquida da Dexco atingiu R$ 2,1 bilhões no 1T22, apresentando alta de 20,5% na comparação com o 1T21.

O lucro bruto da Dexco atingiu R$ 742,9 milhões no 1T22, apresentando crescimento de 22,5% na comparação com o 1T21. 

O custo dos bens ou produtos vendidos totalizou R$ 1,4 bilhão no 1T22, apresentando crescimento de 19,5% na comparação com o 1T21.

O Ebitda da Dexco atingiu R$ 600,9 milhões no 1T22, apresentando crescimento de 29,3% na comparação com o 1T21.

A margem Ebitda da Dexco totalizou 28,2% no 1T22, apresentando crescimento de 1,9 ponto percentual na comparação com o 1T21. 

O resultado financeiro da Dexco totalizou um prejuízo de R$ 109,7 milhões no 1T22, apresentando crescimento de 460,2% quando comparado ao 1T21.

No 1T22, as despesas gerais e administrativas cresceram 28,3% em relação ao 1T21.

A margem bruta da Dexco atingiu 34,9% no 1T22, apresentando crescimento de 0,6 ponto percentual na comparação com o 1T21.

O lucro líquido da Dexco atingiu R$ 223,7 milhões no 1T22, apresentando retração de -61,5% na comparação com o 4T21 e alta de 29,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Gráfico do Histórico de Lucros Trimestrais da Dexco
Gráfico do histórico de lucros trimestrais da Dexco. Fonte: GuiaInvest

A margem líquida da Dexco atingiu 10,5% no 1T22, apresentando crescimento de 0,7 ponto percentual na comparação com o 1T21.

Para fazer uma análise do desempenho da empresa, quanto a empresa gera de retorno financeiro, avalie também outros indicadores de rentabilidade, como o giro do ativo e o Retorno sobre o Ativo (ROA).

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

Endividamento da Dexco

Os indicadores de endividamento da Dexco estão dentro da normalidade, apresentando uma dívida bruta / patrimônio líquido de 85,7%, acima da sua média dos últimos 3 anos.

Veja a evolução histórica dos últimos 10 anos do endividamento da Dexco:

Gráfico do Histórico de Endividamento da Dexco
Gráfico do histórico de endividamento da Dexco. Fonte: GuiaInvest

A dívida bruta da Dexco em março de 2022, totalizou R$ 4,7 bilhões, apresentando crescimento de R$ 850,2 milhões na comparação com dezembro de 2021.

A companhia apresentou uma estrutura de capital dentro da normalidade no trimestre, mantendo 68,5% da sua dívida no longo prazo e 31,5% no curto prazo.

Além do endividamento, lembre-se sempre de analisar os outros indicadores de estrutura de capital da empresa, como o endividamento geral, terceiros, composição e imobilização de recursos e não recorrentes.

Faça uma comparação do endividamento dos concorrentes da empresa, que estão inseridas no mesmo setor.

Por fim, avalie também os indicadores de liquidez que fazem parte do conjunto de índices financeiros, para  medir a capacidade financeira da empresa em satisfazer seus deveres junto a terceiros.

Indicadores Fundamentalistas da Dexco

Veja abaixo os principais indicadores fundamentalistas da Dexco para iniciar a sua análise dos fundamentos da DXCO3.

Indicador12/202103/2022Evolução
Preço/Lucro (P/L)6,66,3-4,5%
Preço/Valor Patrimonial (PVPA)2,02,00,0%
Dividend Yield (DY) %7,3%7,5%0,2 p.p.
Payout %48,4%47,0%-1,4 p.p.
Price Sales Ratio (PSR)1,41,3-7,1%
Valor de Mercado (R$)11,3 B10,8 B-4,4%
Ebitda (R$)2.603,7 B2.739,8 B5,2%
Lucro por Ação (LPA) $2,26782,33482,9%
Rent. Patr. Líq. (ROE) %30,1%32,3%2,2 p.p.
Margem Líquida %21,1%20,8%-0,3 p.p.
Liquidez Corrente1,4%1,3%-0,1 p.p.
Data Divulgação09/02/2227/04/22-

* Indicadores com base na data de 28/04/2022.  Fonte: GuiaInvest

Para aplicar todos esses filtros e fazer uma rápida análise fundamentalista, levei menos de 5 minutos com a ferramenta GuiaInvest PRO.

Você pode assinar a ferramenta com preço promocional e ainda receber gratuitamente o PDF “13 Ações do Corona Opportunity”, que são empresas de setores variados, com o Score mais alto de cada setor e que pagam bons dividendos.

Teleconferência de Resultados Dexco 1T22

Ouça aqui a Transmissão da Teleconferência da Dexco do 1T22.

Documentos e arquivos dos Resultados da Dexco do 1T22.

Para conferir os resultados de outros trimestres, em texto ou áudio, acesse a Central de Resultados da Dexco.

DXCO3 Vale a Pena?

A Dexco divulgou lucro líquido de R$ 223,7 milhões no 1T22, uma variação de -61,5% em relação ao 4T21 e crescimento de 29,5% em relação ao primeiro trimestre de 2021. 

O resultado corresponde a uma margem bruta de 34,9% contra 35,1% no 4T21 e 34,3% no mesmo período do ano passado. 

Já a margem líquida ficou em 10,5% no primeiro trimestre de 2022 contra 25,8% no quarto trimestre de 2021.

O destaque ficou para as divisões Deca e Revestimentos, que tiveram sua receita unitária favorecida pelo aumento de preços. 

Vale ressaltar o crescimento do Ebitda no período, mesmo em cenário de pressão nos custos das matérias-primas.

Os ativos totais atingiram o saldo de R$ 14,2 bilhões, aumento de 26,2% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior. 

O patrimônio líquido atingiu a soma de R$ 5,5 bilhões neste trimestre, valor 9,5% superior ao saldo no mesmo período do ano anterior.

Portanto, vejo as ações da Dexco como uma ótima alternativa de investimento.

Se você quer investir nas melhores ações pagadoras de dividendos e que estão sendo negociadas com DY acima do mercado, garanta a sua vaga na minha Carteira Seleção de Dividendos e receba o meu acompanhamento pessoal.

Veja o dinheiro entrando na sua conta sem você precisar trabalhar mais para isso. É o seu dinheiro trabalhando para você e não você trabalhando pelo dinheiro.

Press Release da Dexco 1T22

Confira abaixo os Demonstrativos Financeiros do Resultado da Dexco do 1T22 na íntegra.

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.